Análise Ibope: “Supremacia” de Bolsonaro já não é mais uma realidade; Ouça


A mais recente pesquisa Ibope/Estadão/TVGlobo sobre a corrida presidencial, divulgada ontem (23), apresenta uma novidade: um raro movimento desidratação da candidatura de Jair Bolsonaro (PSL), que viu seus índices serem prejudicados em todos os parâmetros: votos válidos (de 59% para 57%), votos totais (de 52% para 50%), na pesquisa espontânea (de 47% para 42%) e rejeição (de 35% para 40%). Seu adversário no 2º turno, Fernando Haddad (PT), não apresentou uma subida consistente, mas pode comemorar especialmente uma queda de 6 pontos na sua rejeição, de 47% para 41%.

Para o jornalista Marcelo de Moraes, integrante do site BR18, o novo levantamento mostra que a ideia vendida pela própria campanha de Bolsonaro de que o resultado do 2º turno seria uma vitória avassaladora, já não é mais uma realidade. Ele ainda considera muito difícil uma reversão daqui até domingo e lembra que uma eleição faturada com “menos gordura” poderá trazer mais dificuldades no futuro para o candidato do PSL. Moraes é um dos convidados do episódio de hoje. Ouça no player acima.