Moradores da zona rural de Conquista vivem há 16 anos sem energia elétrica


A aposentada Rita de Cássia Ribeiro revela gastar mais de R$ 50 por mês em velas pois o povoado de Riachinho, no sudoeste da Bahia e onde ela vive, a energia elétrica ainda não foi instalada. O povoado fica ao lado do distrito de Inhombim, há cerca de 70 km de Vitória da Conquista, a terceira maior cidade da Bahia.

“De noite tem que dormir cedo. Não pode ver nada. A luz, só [serve] mesmo para iluminar para fazer as coisas, fazer a janta”, explicou a aposentada

Ainda de acordo com Rita, o local não tem energia há quase 16 anos. Por meio de nota, a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) informou que precisa de mais informações sobre os usuários para que a companhia avalie a situação e envie técnicos à localidade.

No entanto, de acordo com os moradores, profissionais da Coelba teriam ido ao povoado para fazer medições há cerca de dois anos. Na ocasião, pontos onde seriam construídos postes de luz foram instalados.

Ainda segundo os moradores, na ocasião, há dois anos, os profissionais da companhia informaram que em 60 dias a instalação estaria pronta, o que, segundo a população, não ocorreu.

Quando surgiu a possibilidade da chegada de energia elétrica na região, Rita de Cássia até comprou eletrodomésticos.

“Tenho geladeira, televisão, desde quando prometeu ligar a energia, eu falei: ‘eu vou comprar’. Aí estou até para vender para minha colega”, comentou a aposentada.

Aposentada relata gastar mais de R$ 50 por mês em velas em povoado que não tem energia elétrica na BA — Foto: Reprodução/TV Sudoeste

Aposentada relata gastar mais de R$ 50 por mês em velas em povoado que não tem energia elétrica na BA — Foto: Reprodução/TV Sudoeste

O presidente da Associação dos Pequenos produtores, Paulino Magalhães, também falou da expectativa dos moradores quando foram informados da possibilidade da instalação de energia no povoado.

“Como eles mediram, todo mundo ficou com aquela esperança grande, alguns compraram televisão, outros geladeira, naquela esperança de que com 60 dias eles iam botar a rede de energia”, comentou Paulino.

Os moradores ainda destacam que a falta de energia elétrica tem influenciado no abastecimento de água do povoado, já que as famílias dependem de um poço.

Porém, a bomba do poço, que era movida por um gerador à base de combustível, apresentou defeito. Os moradores não detalharam, no entanto, como isso aconteceu. A partir daí, um caminhão pipa da prefeitura tem ajudado no abastecimento de água para as famílias.

O produtor rural Pedro Celestino Paixão, conta que assim como os demais moradores, ele estava na expectativa de ter energia elétrica no povoado.

“Queremos energia para trabalhar, para o sustento e para manter a família. As escolas agora estão tudo online, os nossos aqui estão passando dificuldade, porque não tem como fazer o trabalho escolar, porque não tem energia”, relatou o produtor.

Segundo o produtor, é complicado trabalhar sem eletricidade. diante da situação, ele investiu em uma placa de energia solar, assim como alguns moradores da região. No entanto, quando o tempo fecha, a lâmpada fica acesa por pouco tempo.

“Fica difícil, porque a gente consegue até tirar [o leite], mas não tem como guardar para poder produzir o queijo, porque se produz em alta escala não tem para quem vender, não tem como armazenar. Então essa é a dificuldade nossa”, explicou Pedro.

MATÉRIA DO G1/TV SUDOESTE

Caminhoneiro é preso dirigindo embriagado na BR- 116 em Vitória da Conquista (BA)


A Polícia Rodoviária Federal flagrou nesta segunda-feira (12) o condutor de uma carreta transitando alcoolizado. A ação foi registrada por volta das 15h30, na BR 116, trecho do município baiano de Vitória da Conquista.

Os policiais faziam fiscalização na rodovia, quando deram ordem ao caminhão com placas de Curitiba (PR). Durante a verificação, observou-se que o condutor apresentava sintomas de embriaguez e o mesmo foi convidado a efetuar o teste do bafômetro, que teve como resultado a concentração de 1,18 mg de álcool por litro de ar alveolar, índice 3 vezes superior ao que configura crime de trânsito.

O caminhoneiro foi autuado por dirigir sob influência de álcool cuja infração é gravíssima com o pagamento de uma multa no valor de R$ 2.934,70, além da suspensão do direito de dirigir por 12 meses. Se houver reincidência no período de um ano, o valor é dobrado e a CNH é cassada.

Na ação, também foram apreendidos 04 comprimidos de ‘rebite’, um estimulante que é muito utilizado pelos motoristas para dirigir por mais horas, sem descanso.

Diante disso, foi dada voz de prisão ao condutor e o mesmo foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil.

Pelo crime de conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool o autor está sujeito a uma pena de detenção de até três anos, multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor.

A PRF alerta sobre as consequências da combinação de álcool e volante e atua no policiamento ostensivo e preventivo, sendo priorizada a fiscalização de condutas de risco como ultrapassagens proibidas, alcoolemia ao dirigir, excesso de velocidade, dentre outras, com foco na redução de acidentes.

Prefeitura publica decreto que estende toque de recolher para 22h


A Prefeitura Municipal publicou nesta segunda-feira (12) o Decreto 20.929, de 12 de abril de 2021, que dispõe e institui novas medidas temporárias de prevenção ao contágio pela Covid-19 em Vitória da Conquista. O documento é válido de 13 a 26 de abril e estabelece que a partir das 22 horas está suspensa a locomoção ou permanência em vias, equipamentos, locais e praças públicas.

Dessa forma, templos religiosos, transporte público, bares e restaurantes, academias de ginástica, comércio de rua, shoppings centers, feiras livres e prestadores de serviços terão horários específicos para seu funcionamento:

transporte público coletivo – 05h às 22h;
prestação de serviços – 08h às 18h;
academias, com exceção de aulas coletivas – 06h às 21h;
comércio de rua – 09h às 19h (segunda a sexta-feira) e 08h às 12h (sábado);
bares, restaurantes e congêneres – até às 21h;
shopping centers – 10h às 20h;
serviços de delivery – até à 00h;
atos religiosos litúrgicos, com capacidade máxima de lotação de 30% – até às 22h.
Durante os finais de semana, fica terminantemente proibido o consumo de bebidas alcoólicas em vias, praças e locais públicos. Já as feiras livres, com quiosques e similares, poderão funcionar apenas para a venda de alimentos.

Homem armado com uma faca invade Embasa e fere 02 pessoas


Um homem armado com uma faca invadiu a sede administrativa da Embasa em Vitória da Conquista, na manhã desta segunda-feira (12) e atingiu 02 funcionários. Um vigilante sofreu um corte de faca nas mãos, outro funcionário, responsável pelo atendimento, foi atingido na barriga.

O colaborador que levou o corte na barriga foi resgatado pelo SAMU e levado ao hospital SAMUR, onde se encontra no centro cirúrgico.

O invasor foi detido e encaminhado para a delegacia de polícia .

Vacinação contra a Influenza começa nesta segunda-feira (12)


A Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, reforça a importância da vacinação contra a Influenza e informa que a mesma estará disponível a partir desta segunda-feira (12), nas 42 unidades de saúde do município, das 7h às 17h. A estimativa é que sejam vacinadas cerca de 85 mil pessoas dos grupos prioritários da campanha.

A campanha de Influenza coincide com a imunização contra a Covid-19 e o Ministério da Saúde não recomenda a aplicação das duas vacinas ao mesmo tempo. Por isso, a vacinação contra a gripe prioriza as pessoas contempladas no grupo prioritário e que ainda não foram vacinadas contra a Covid-19 ou que já foram anteriormente, mas respeitando o intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas.

A vacina influenza trivalente, produzida pelo Instituto Butantan, será utilizada para imunização do público-alvo. Este ano, para evitar aglomerações, a campanha não terá dia D. A vacinação será iniciada na próxima segunda (12) em todas as unidades de saúde da zona urbana e rural.

Confira quem faz parte dos grupos prioritários e as datas das três etapas de vacinação:

1ª FASE – a partir do dia 12 de abril: crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores de saúde

2ª FASE – a partir do dia 11 de maio: idosos com 60 anos ou mais e professores

3ª FASE – Do dia 9 de junho até 9 de julho: pessoas com comorbidades ou deficiências permanentes, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário, trabalhadores portuários, membros das forças de segurança e do exército, funcionários do sistema prisional, jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.


Governo prorroga toque de recolher e proibição de eventos e aulas presenciais em toda a Bahia


O Governo do Estado decidiu prorrogar o toque de recolher, a proibição das aulas presenciais e a suspensão de eventos em toda a Bahia. As medidas, que venceriam nesta segunda-feira (12), passam a valer até 19 de abril. A prorrogação será publicada ainda neste domingo (11), na versão on-line do Diário Oficial do Estado (DOE).

Também fica vedada a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, no período das 18h do dia 16 até as 5h de 19 de abril. No período das 20h às 5h, em toda a Bahia, segue restrita a locomoção de pessoas, sendo vedados a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas.

Segue proibida ainda, em todo o território baiano, a prática de quaisquer atividades esportivas coletivas amadoras até 19 de abril, sendo permitidas as práticas individuais, desde que não gerem aglomerações. Continua autorizado o funcionamento de academias e estabelecimentos voltados para a realização de atividades físicas, desde que limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade do local, observados os protocolos sanitários estabelecidos.

Transporte

A circulação dos meios de transporte metropolitanos deverá ser suspensa das 20h30 às 5h, até 19 de abril. A circulação dos ferry boats também será suspensa das 20h30 às 5h do dia 12 a 16 de abril, ficando vedado o funcionamento nos dias 17 e 18 de abril.

A circulação das lanchinhas fica proibida das 20h30 às 5h, até 19 de abril, limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade da embarcação nos dias 17 e 18 de abril.

Aulas presenciais e eventos

Continuam suspensas, até 19 de abril, as aulas presenciais nas unidades de ensino, públicas e particulares, ressalvados os estágios curriculares obrigatórios dos cursos da área de saúde.

Permanecem proibidos também os eventos e atividades, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas, como eventos desportivos coletivos e amadores, cerimônias de casamento, eventos recreativos em logradouros públicos ou privados, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica.

Saiba quais as principais mudanças no Código de Trânsito Brasileiro que começam a vigorar a partir desta segunda (12)


Nesta segunda-feira, 12 de abril de 2021, entra em vigor a Lei 14.071/2020, que altera o Código de Trânsito Brasileiro.

As mudanças afetarão diretamente a vida não só de motoristas como de instrutores de autoescola, que devem se preparar para evitar surpresas quando saírem às ruas.

Muitas coisas mudaram, e este artigo visa relatar o que isso pode alterar na vida de cada cidadão.

Foram mais de 50 alterações feitas no CTB, e aqui trazemos as mais importantes.

As mudanças aprovadas pelo Congresso e sancionadas pelo presidente da República vão desde a ampliação do prazo de validade da CNH e do limite de pontos para suspensão da carteira, até o prazo ampliado para identificação do infrator.

Veja a seguir as principais alterações: (mais…)

Luto: Dr. José Henrique Garcia Padre


 

Mais um grande Conquistense se vai; acaba de falecer, aos 62 anos, DR. JOSÉ HENRIQUE GARCIA PADRE – 14/01/1959 – 10/4/2021.

De família tradicional e Conquistense da gema, intrépido, inteligente e vocacionado para servir, ainda jovem, logo ao formar em medicina em 1984, a convite de Dr. Armênio Santos e com a concordância do então prefeito José Pedral, DR. JOSÉ HENRIQUE passou a fazer parte da equipe que revolucionou a saúde em Vitória da Conquista e que fez história na Bahia e no Brasil, na criação dos primeiros Agentes de Saúde Urbano e Rural do País.
Posteriormente assumiu a função de Secretário de Saúde de nossa Cidade, tendo participado da criação do Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde, onde também exerceu a direção.
Revolucionário do bem, Dr. José Henrique Padre foi um dos fundadores da ORTOMED e sem perder os vínculos com a terra, mudou-se para Jequié.

Assumiu a Direção Médica do Trabalho da Industria RAMARIM, naquela Cidade, tendo também transferido e sedimentada a Clínica de Medicina do Trabalho – CESMT como uma das maiores Clinicas de Medicina do Trabalho da Bahia.

Caridoso e inquieto para fazer o bem e cumprir integralmente sua vocação de médico, Dr. Zé Henrique, como era carinhosamente chamado, dedicou-se à população de Jequié e Região no tratamento da COVID-19, principalmente às pessoas mais carentes, tendo tratado e orientado milhares delas.

Com tanta exposição aos doentes de COVID 19, após ser vacinado com a CORONAVAC em 08 de fevereiro, a partir do dia 10 começou a sentir efeitos diferentes e, no dia 12, vindo diretamente de Jequié, deu entrada no SAMUR onde permaneceu internado por 58 dias, tendo falecido hoje pelo efeitos orgânicos e principalmente pulmonares causados por esta terrível doença.

Vá em paz amigo nós médicos, amigos e cidadãos, os saudamos pela vocação e pelo sacrifício de verdadeiro herói no cumprimento do papel de médico, de homem caridoso e vocacionado para o servir e fazer o bem.

Com certeza DEUS reserva-lhe outras missões para interferir no pensamento e sentimento dos nossos dirigente para que tenha no exemplo de homens com você a abnegação para os valores que faz sentido na vida, A DECÊNCIA, A HONESTIDADE, O AMOR E A CARIDADE.

Seus amigos,
Dr. Armenio Santos, Dr. Fábio Ferraz, Dr. Isaac Nunes, Dr. Elpídio Luz, Paulo Luz, Stênio, Manoel Rocha, Reivaldo Fagundes, Zerenildo Rocha, Olivério Andrade, Paulo Cesar e Dudé.

 

Texto: Dr. Armênio Santos

Saiba se você tem direito ao novo auxílio emergencial


Trabalhadores já podem saber se foram incluídos no auxílio emergencial 2021.

Consulta

A consulta poderá ser feita pelo Portal de Consultas da Dataprev. Para isso, o cidadão deverá informar CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento.

Quem já recebe o Bolsa Família e inscritos no CadÚnico não estarão na lista da Dataprev já que, nesses casos, as parcelas serão depositadas automaticamente – desde que o beneficiário se encaixe nos critérios de elegibilidade do auxílio.

Depósitos

Segundo calendário divulgado pela Caixa, os pagamentos começam no dia 6 de abril para os trabalhadores que fazem parte do Cadastro Único e para os que se inscreveram por meio do site e do aplicativo Caixa Tem. Os depósitos serão feitos na conta poupança digital da Caixa, acessada pelo aplicativo Caixa Tem. O beneficiário do auxílio emergencial terá direito, primeiramente, à movimentação digital e, posteriormente, aos saques.

Para os beneficiários do Bolsa Família, os pagamentos começam em 16 de abril e seguirão o calendário de pagamento do benefício.

Números

Em 2021, serão pagos R$ 43 bilhões a 45,6 milhões de brasileiros que atendem aos requisitos exigidos. Do montante, R$ 23,4 bilhões serão destinados ao público já inscrito em plataformas digitais da Caixa (28,6 milhões de beneficiários), R$ 6,5 bilhões para integrantes do Cadastro Único do Governo Federal (6,3 milhões) e mais R$ 12,7 bilhões para atendidos pelo Programa Bolsa Família (10,6 milhões).

Critérios

Para conceder as quatro parcelas do auxílio emergencial este ano o governo definiu novas faixas de pagamento:

– Mulheres chefes de família: R$ 375

– Famílias com duas ou mais pessoas, exceto aquelas com mães chefes de família: R$ 250

– Auxílio para pessoas que moram sozinhas: R$ 150

Podem receber

– Famílias com renda per capita de até meio salário mínimo (R$ 550) e renda mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.300);

– Público do Bolsa Família poderá escolher o valor mais vantajoso entre os benefícios e receber somente um deles.

– Trabalhadores informais;

– Desempregados;

– Microempreendedor Individual (MEI).

Não podem receber o auxílio

– Trabalhadores com carteira assinada e servidores públicos;

– Pessoas que não movimentaram os valores do auxílio emergencial e sua extensão em 2020;

– Quem estiver com o auxílio do ano passado cancelado;

– Cidadãos que recebem benefício previdenciário, assistencial ou trabalhista ou de programa de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família e do PIS/Pasep;

– Médicos e multiprofissionais;

– Beneficiários de bolsas de estudo, estagiários e similares;

– Quem teve rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019 ou tinha, em 31 de dezembro daquele ano, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil;

– Cidadãos com menos de 18 anos, exceto mães adolescentes.

– Quem estiver no sistema carcerário em regime fechado ou tenha seu CPF vinculado, como instituidor, à concessão de auxílio-reclusão.

* Colaborou Karine Melo

 

Edição: Graça Adjuto

Comissão de Saúde reivindica médicos e melhorias em postos de saúde


A Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Vitória da Conquista se reuniu nesta quinta-feira (8) com a secretária municipal de Saúde, Ramona Cerqueira, e com o secretário municipal de Administração, Kairan Rocha. A presidente da comissão, vereadora Viviane Sampaio (PT), apresentou um relatório com várias demandas cobradas pela população.

A falta de médicos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) foi uma das pautas dessa reunião. Segundo a vereadora, sete postos de saúde da Atenção Básica estão sem médicos. “A população dos bairros Vila Serrana, Conveima I, Urbis VI, Urbis II e distritos da Zona Rural estão enfrentando esse problema e ainda não há previsão de quando terão médicos em suas unidades”, afirmou a vereadora. O problema foi reconhecido pela secretária de Saúde. Ela explicou que a pasta está tendo dificuldade na contratação desses profissionais. “Realizamos recentemente um processo seletivo para contratação, mas dos 31 candidatos, apenas três compareceram. Muitos desistem da vaga para fazer residência ou por causa do salário”, explicou a secretária.

A infraestrutura dos postos foi outro assunto abordado pela Comissão de Saúde. Viviane Sampaio criticou as condições em que se encontram as unidades. “Os postos estão em condições precárias, com mato alto e carecendo de manutenção rotineira. Além de ser uma constatação da Comissão, essa demanda é também uma das principais queixas dos servidores e dos usuários do serviço”, afirmou. Sobre esse assunto, a secretária informou que essas demandas estão presentes em um levantamento realizado pelo Governo Municipal e que serão atendidas em breve.

A comissão de Saúde ressaltou também a suspensão das atividades odontológicas desde o início da pandemia e cobrou o retorno desse serviço para atender as demandas reprimidas. Ramona Cerqueira negou a suspensão das atividades odontológicas e disse que os consultórios estão sendo adaptados para esse retorno, previsto para acontecer ainda nesse mês. A gestora afirmou também que casos mais urgentes estão sendo encaminhados para o Centro de Especialidades Odontológicas.

A suspensão do adicional de insalubridade dos profissionais que atuam na recepção dos postos de saúde fez parte da pauta tratada com o secretário de Administração, Kairan Rocha. A vereadora Viviane pediu explicação para esse corte. Kairan explicou que esse adicional era na verdade uma gratificação e que o pagamento aconteceria até que o local de trabalho desses servidores fosse adequado para atender as normas sanitárias de prevenção à Covid-19, o que já aconteceu. Ele informou que, na época, essa medida foi definida com os servidores juntamente com o sindicato da categoria. Disse ainda que esses servidores não atendem aos pré-requisitos para receber o adicional de insalubridade.

A Comissão de Saúde é composta pela vereadora Viviane Sampaio (PT), Ricardo Babão (PCdoB) e Dinho dos Campinhos (PP).