[OPINIÃO]: A gente não pode criar mais um preconceito


Por Cris Girardi, jornalista*

Cris Girardi, jornalista

 

Não queria escrever sobre isso! Não tenho competência, mas a “se a dor do outro não te comove, quem tá doente é você”! E me incomodou e muito. Sabe aquele ditado que diz “não faça com o outro o que você não quer que faça com você”? Pois é, ele serve claramente para exemplificar o que vou comentar/refletir.

A gente, infelizmente, já tem uma infinidade de preconceitos como a gordofobia, o racismo, o machismo, a discriminação social, o preconceito linguístico, a xenofobia, a homofobia, a aparência, a religião, com a idade, com os nordestinos, etc, etc… Ufaaaaaaa! E tantos outros que poderíamos elencar! E como essa lista é enorme não precisa você criar mais um preconceito! Mas de jeito nenhum!!!

Uma amiga me ligou e disse que sofreu uma série de discriminações, humilhações e foi até vítima de comportamentos agressivos na rua que ela mora quando souberam que ela estava com Convid-19. Ela ainda me contou do medo que sente dessas pessoas e como a sua saúde mental ficou abaladíssima depois de sofrer tudo isso. Ela ficou mais atormentada com esses episódios do que com os sintomas da doença já que ela ficou assintomática. (mais…)

Médicos relatam ereção de mais de 4h em paciente infectado pelo coronavírus


A infecção pelo novo coronavírus causa uma série de sintomas além de tosse, febre, cansaço e falta de ar —os mais comuns. Médicos de todo o mundo vêm notando um aumento de coágulos nos pacientes. A formação de coágulos e tromboses tem sido cada vez mais frequente, especialmente naqueles que evoluem para a forma grave da covid-19.

Um caso reportado no American Journal of Emergency Medicine traz o relato de um paciente francês de 62 anos que sofreu com priapismo —uma ereção dolorosa que durou mais de quatro horas. A ereção foi causada por sangue preso no pênis, que estava cheio de coágulos quando foi drenado pelos médicos.

Quando os coágulos bloqueiam artérias ou veias, podem desencadear infarto ou AVC fatais, mas os médicos acreditam que essa seja a primeira vez que o priapismo foi visto como um efeito colateral do coronavírus. O paciente passou duas semanas em um respirador mecânico.

No caso descrito, o homem sofreu priapismo de baixo fluxo —quando o sangue fica preso nas câmaras de ereção— em oposição ao priapismo de alto fluxo, causado por uma lesão (entenda melhor a diferença). O paciente estava sedado e, por isso, não conseguiu responder a perguntas sobre quanta dor estava sofrendo, mas sabe-se que a condição se torna extremamente dolorosa.

Uma bolsa de gelo foi colocada na área peniana. Após quatro horas de ereção persistente, os médicos sugaram o sangue do pênis usando uma agulha. Foi aí que descobriram “coágulos sanguíneos escuros”, que eles disseram ser o resultado de uma trombose induzida pelo coronavírus.

Os médicos chegaram a essa conclusão porque nenhuma outra causa alternativa de priapismo foi encontrada e o vírus já é conhecido por causar complicações na coagulação do sangue.

Eles escreveram: “A apresentação clínica e laboratorial em nosso paciente sugere fortemente priapismo relacionado à infecção por Sars-CoV-2.”

Qualquer forma de priapismo pode causar danos a longo prazo e, portanto, precisa ser tratada o mais rápido possível. Além de drenar o sangue do pênis, os médicos injetaram medicamentos no paciente para normalizar seu sistema nervoso e também para prevenir a coagulação do sangue.

Segundo o relatório, ele não teve mais qualquer episódio de priapismo após deixar o hospital.

Coágulos x coronavírus
Os médicos já sabem que, normalmente, quem entra para uma internação em UTI tem mais chance de desenvolver coágulos. No entanto, o que os especialistas têm encontrado em pacientes do novo coronavírus é diferente.

Uma das possibilidades levantadas para o problema é que o novo coronavírus utiliza receptores chamados de ACE2 para entrar no corpo humano. Esses receptores são geralmente encontrados no endotélio —uma espécie de tecido que reveste vasos sanguíneos (como artérias e veias) e a parte interna do coração e que tem influência no controle da coagulação do sangue.

Uma outra possibilidade que vem sendo bastante debatida é a questão da chamada “tempestade de citocinas”. Estas proteínas são conhecidas por enviarem mensagens às células e modularem o ataque organizado pelo sistema imunológico ao vírus invasor do organismo, criando uma condição inflamatória no corpo. Uma das respostas ao processo inflamatório é justamente o aumento da coagulação no sangue. (UOL)

Aeroporto de Vitória da Conquista retoma operação com aviação regular


Aeroporto Glauber Rocha é o terceiro aeroporto regional a retomar a operação (Foto: Manu Dias/GOVBA)

O aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, voltou a receber voos com aeronaves de grande porte. As atividades da aviação regular retornaram na última quarta-feira (01), após estarem suspensas desde março por conta da pandemia do novo coronavírus. A concessionária responsável e as companhias aéreas se adequaram as normas estabelecidas pelos governos Estadual e Federal como a medição de temperatura dos passageiros e a obrigatoriedade do uso de máscaras.

Inicialmente, o equipamento de Vitória da Conquista irá operar com aeronaves da Gol Linhas Aéreas que embarcarão com destino a Salvador e São Paulo. Os voos para Salvador acontecem às segundas, quartas, quintas, sextas-feiras e aos domingos com decolagem às 13h e às 17h35. As viagens para São Paulo serão feitas às segundas, quartas e sextas-feiras com partida às 17h. Em agosto, a Azul Linhas Aéreas também tem a previsão de realizar dois voos diários com desembarque em São Paulo.

“Na Bahia, o Glauber Rocha é o terceiro aeroporto regional a retomar a operação, assim como Ilhéus e Porto Seguro. Ainda este mês, o de Barreiras, no oeste baiano, será mais um a retornar as atividades com aeronaves de grande porte. De lá partirão voos com destino à Brasília e Salvador e as operações serão realizadas pela Azul e Gol, respectivamente” destaca Marcus Cavalcanti, secretário de Infraestrutura. (Fonte: Bahia de Valor)

Após abordagem, advogado é flagrado com 110.000 reais sem comprovação de origem na BR 116


No início da tarde desta sexta-feira (03), policiais rodoviários federais realizavam fiscalização de combate a criminalidade no KM 429 da BR 116, em Feira de Santana (BA), quando abordaram um veículo Toyota/ Etios, com 01 ocupante.

Inicialmente, foram solicitados os documentos de porte obrigatório, momento em que a equipe percebeu que um certo desconforto da ação policial por parte do motorista.

Os PRFs realizaram uma vistoria minuciosa no Etios, sendo localizada a quantia de R$ 110.000,00 (cento e dez mil reais) em dinheiro de origem imprecisa. As cédulas distribuídas em notas de cem e cinquenta reais estavam escondidas em sacolas.

Questionado, o advogado de 41 anos, apresentou informações desencontradas. No momento da abordagem, ele relatou que as embalagens, onde foi encontrado o dinheiro, seria um presente para um amigo. Logo após os policiais encontrarem as cédulas, o homem informou que o dinheiro seria entregue a um preposto em um hotel da cidade.

A ocorrência foi apresentada na Delegacia de Polícia Judiciária para os procedimentos cabíveis. Ele poderá responder pelo crime de lavagem de dinheiro, cuja pena varia de três a dez anos de prisão.

Prefeitura realiza testes para a Covid-19 nos funcionários da Viação Rosa


Na tarde desta sexta-feira (2), a Secretaria Municipal de Saúde realizou 100 testes rápidos nos motoristas, cobradores e demais funcionários da Viação Rosa para diagnóstico da Covid-19. A ação visa monitorar a situação de saúde dos trabalhadores que executam serviços essenciais na cidade e estão em constante contato com a população, como os profissionais do transporte coletivo urbano.

Após os funcionários da Viação Cidade Verde terem sido examinados na última segunda-feira (29), foi a vez dos funcionários da Viação Rosa realizarem pela primeira vez a testagem. De acordo com o técnico responsável pela testagem, o farmacêutico Pablo Maciel, essa é mais uma etapa do plano de ampla testagem, feito em acordo com o Conselho Municipal de Saúde. “Através da ampla testagem, conseguimos averiguar o cenário epidemiológico da cidade que será base para a adoção de medidas de controle”, explica o farmacêutico.

Para a cobradora, Mariana de Melo, os testes são uma forma de tornar o trabalho mais seguro:”É muito importante, pois podemos trabalhar de forma mais tranquila e passar essa segurança também aos usuários”, salienta.

Empresa Viação Rosa higieniza constantemente os ônibus

 

O gerente da Viação Rosa, Eduardo Brito, também reforça a importância do teste: “É uma forma de garantir que nosso trabalho, tão essencial à população, seja feito de forma mais segura”.

A Viação Rosa também investe forte na educação de seus colaboradores, através de palestras e cursos.

CONFIRA AS FOTOS FEITAS PELO RODOVIÁRIO DJALMA:

Salões de beleza e barbearias de Conquista sofrem alteração nos dias e horários de funcionamento; Confira


Atenção! A partir de agora, os salões de beleza, barbearias e outras atividades de tratamento de beleza passam a funcionar de terça a sábado, das 8h às 18h (horário comercial), conforme nova determinação do Comitê de Gestão da Crise da Prefeitura Municipal. Às segundas-feiras, estes estabelecimentos devem permanecer fechados.

Clique para ampliar e conferir como ficam os novos horários:

Essas empresas estão autorizadas a funcionar desde o último dia 8 de junho, de acordo com a segunda fase do Plano de Reabertura do Comércio.

Vale lembrar que todas as medidas de segurança e higiene, como a obrigatoriedade do uso da máscara, a oferta de álcool em gel para os clientes e o uso de materiais descartáveis e/ou esterilizados, estabelecidas no protocolo, estão mantidas.

Protocolo de Reabertura do Comércio Atualizado

Protocolo para Reabertura de Barbearias, Salões de Beleza e outras Atividades de tratamento de beleza

[URGENTE]: Estado revoga convênio de 30 leitos de Covid no IBR alegando irregularidades


O Governo do Estado da Bahia revogou o convênio de 30 leitos exclusivos para o atendimento ao coronavírus (Covid-19), sendo dez de UTI e 20 clínicos no Instituto Brandão de Reabilitação (IBR), instituição privada sediada em Vitória da Conquista.

Com isso a cidade fica com apenas 30 leitos com respiradores o que compromete todo o planejamento de reabertura do comércio e poderá resultar na decisão de fechamento total novamente.

De acordo com a Sesab, uma inspeção surpresa de auditores do Sistema Único de Saúde (SUS) do Núcleo Regional de Saúde do Sudoeste detectou que o Instituto Brandão de Reabilitação (IBR), em Vitória da Conquista, utilizou leitos exclusivos do SUS para pacientes que possuíam plano de saúde, o que fere a relação contratual existente com a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Ainda foram encontradas outras irregularidades como falta de EPIs e a não realização de testes para Covid nos profissionais. Algumas exigências previstas também não foram cumpridas, como adequação do fluxo interno e exclusivo para a UTI e atendimento de recomendações da Vigilância Sanitária. Como medida imediata, determinou-se a rescisão contratual dos 30 leitos dedicados ao coronavírus (Covid-19).

“É importante frisar que a unidade deve atender de maneira integral o disposto no contrato firmado, bem como executar 100% das ações ali dispostas, garantindo, entre outras questões, que todos os leitos contratados estejam disponíveis para utilização do serviço público de saúde. O contrato entre o poder público estadual e o hospital previa 30 leitos, sendo 20 clínicos e 10 de Terapia Intensiva”, diz uma nota enviado ao Blog do Caique Santos.

 Um levantamento completo está sendo realizado por auditores a fim de identificar o quantitativo total de pacientes com plano de saúde que utilizaram os leitos públicos. O processo seguirá para a Procuradoria Geral do Estado (PGE) a fim de que sejam adotadas as providências legais. Até o momento foi realizado um único pagamento no valor de R$ 960 mil.

Irregularidades detectadas pela Sesab no IBR:

• Utilização de leitos exclusivos do SUS para pacientes que possuíam plano de saúde,

• Não disponibilizar EPIs aos profissionais de saúde e de higienização, seguindo as normativas e protocolos para atendimento aos pacientes com diagnóstico de Covid-19 na UTI e nas enfermarias.

• Não realizar testes rápidos periódicos (quinzenais) em todos os profissionais da unidade hospitalar, com especial atenção e prioridade aqueles que manejam os pacientes suspeitos ou com diagnóstico positivo de coronavírus.

• Não atender a necessidade de adequação do fluxo interno e exclusivo para a UTI COVID, transferindo os leitos de UTI geral para outro andar a fim de evitar infecções cruzadas e risco de contaminação de pacientes e profissionais.

• Não atender as recomendações da Vigilância Sanitária do Núcleo Regional de Saúde Sudoeste de apresentar o Plano de Contingência Hospitalar dentro das prerrogativas para as Unidades Hospitalares da Rede Covid Estadual.

Questionada sobre o assunto a Prefeitura de Conquista disse não ter sido comunicada pelo Estado.

Por meio de nota o IBR Hospital repudiou a nota publicada pela SESAB e a considerou como absurda e inverídica.

Para o IBR o governo Rui Costa está usando o hospital em uma cenário de disputas políticas que tem como resultado o sofrimento da população que necessita do atendimento médico e leitos anteriormente disponibilizados ao SUS.

Em relação aos pontos levantados pela Secretaria, contestou:

– O hospital possui 29 leitos  de UTI e disponibiliza 19 leitos para atendimento COVID-19, sendo 10 leitos SUS (conforme inicialmente contratado pelo Estado) e 09 leitos disponíveis para demais convênios e pacientes particulares. No momento da vistoria realizada existiam cinco pacientes SUS e quatro convênios internados na unidade. No relatório de inspeção o proposto não informou à SESAB os dez leitos vagos disponíveis naquele momento conforme documentado em relatório técnico da visita – sugestionando o uso indevido dos leitos SUS.

– Sobre o uso e disponibilidade de EPIS não consta no relatório notificação sobre a falta de equipamentos, uma vez que todos profissionais atuam corretamente paramentados tornando a informação inverídica. É importante salientar que deveriam ter sido designados vistoriadores oficiais, identificados e com conhecimento técnico sobre os leitos em isolamento que a unidade dispõe.

– A responsabilidade pela periodicidade dos testes cabe aos agentes públicos municipal e estadual. No período de contratação os profissionais foram testados nas seguintes datas: 29 de maio e 23 de junho respectivamente de acordo com registros do SCIH -Serviço de Controle de Infecção Hospitalar.

– O IBR Hospital atende a necessidade de fluxos exclusivos, com segurança e acesso restrito aos leitos preparados para receber qualquer doença infecciosa. Não há registros de contaminação cruzada de pacientes não-covid internados ao longo de todo período de atendimento.

 

 

[Urgente]: Tiros e muita correria em tentativa assalto a galeria Joaquim Correia na Lauro de Freitas


Por volta das 11h30 desta sexta-feira (03) uma tentativa de assalto a uma galeria no terminal Lauro de Freitas em Conquista, um dos locais mais movimentados do centro da cidade, causou pânico e correria. De acordo com uma testemunha, o bandido tentou assaltar uma empresa de empréstimos na Galeria Joaquim Correia e houve troca de tiros, não se sabe ainda se foi com a polícia ou seguranças da empresa.

Não há relatos de feridos e a diversas viaturas da Polícia Militar se encontram neste momento no local.

ESSA MATÉRIA ESTÁ EM ATUALIZAÇÃO

[Conquista]: Juíza notifica todos os hospitais para saber quantos leitos com respiradores existem no momento


Em entrevista ao Blog do Caique Santos nesta quinta-feira (02), a Promotora Guiomar detalhou o andamento da ACP e disse que a Juíza Márcia de Abreu Silva mandou notificar todos os hospitais da cidade para que estes informem quantos leitos de UTI com respiradores existem no momento.

“Ela mandou notificar todos os hospitais da cidade para que informem quantos leitos covid existem, ou seja, leito clínico com respirador, que não é UTI; quantos leitos de UTI com respiradores em cada hospital, HGVC, São Vicente, IBR e HCC e quantos leitos estão ocupados no dia de hoje. Ela pediu urgência-urgentíssima e acredito que com essas informações ela possa decidir, assim que receber as respostas dos hospitais, pelo fechamento, a depender dos leitos de UTI”, disse a Promotora.

Ainda de acordo com Dra Guiomar, a Juíza deu 15 dias para cada uma das partes envolvidas  se pronunciar. “Achei um absurdo, 15 dias é muito, vou entrar com a petição solicitando a redução de prazo”, afirmou.

O Ministério Público Estadual (MPE) deu entrada no dia 22 de junho em uma Ação Civil Pública (ACP) pedindo à Justiça o fechamento do comércio de Vitória da Conquista, em razão do aumento de Covid-19 e de óbitos.

A ACP foi ajuizada pela promotora Guiomar Miranda de Oliveira Melo, da 11ª Promotoria de Justiça, na 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Vitória da Conquista, que tem como titular a juíza Simone Soares de Oliveira Chaves, mas que no momento, por motivo de férias, está sendo substituída pela Juíza Márcia de Abreu Silva.

A promotora explica que seu objetivo é a retomada do isolamento social, com a determinação judicial de fechamento do comércio e outras atividades econômicas não essenciais, bem como o fechamento de templos religiosos.

Confira abaixo a íntegra da descrição da entrevista com a Promotora Guiomar Miranda

Na Ação Civil Pública a Juíza despachou e mandou que as partes autora, que são a Promotora Guiomar Miranda e a Prefeitura se manifestassem sobre os pedidos de intervenção de terceiros que entraram (CDL, Assivic, Sincomércio), entrou com intevenção de terceiro para ser ‘Amicus curiae’ da Prefeitura, contestando minha ação e contra o fechamento do comércio.

A Defensoria Pública entrou com a Petição de Litisconsórcio junto ao MP aceitando e defendendo o fechamento, inclusive de bares e restaurantes e não abertura de academias. A ANAJURE, Associação Nacional de Juristas Evangélicos, pediu para também, intervenão de terceiros para ser’Amicus curiae’ do Município, a favor da manutenção dos templos evangélicos abertos.

A Juíza deu 15 dias para cada uma das partes se pronunciar, achei um absurdo, 15 dias é muito, vou entrar com a petição solicitando a redução de prazo. Ocorre que na mesma decisão, ela fala que ela tinha despachado 02 ações,recentemente, com pedido de UTI para pacientes graves e ficou 15 dias oficiando os hospitais e não tinha vaga de UTI. Um dos pacientes veio a óbito, pois durante 15 dias não teve UTI para colocar esses pacientes.

Então ela mandou notificar todos os hospitais da cidade para que informem quantos leitos covid existem, ou seja, leito clínico com respirador, que não é UTI; quantos leitos de UTI com respiradores em cada hospital, HGVC, São Vicente, IBR e HCC e quantos leitos estão ocupados no dia de hoje. Ela pediu urgência-urgentíssima e acredito que com essas informações ela possa decidir, assim que receber as respostas dos hospitais, pelo fechamento, a depender dos leitos de UTI.

Covid-19 em Conquista: 02 mortes em 24h, 832 infectados e 540 recuperados; Confira Boletim atualizado


Nesta quinta-feira (2), foram registradas mais duas mortes de pacientes diagnosticados com Covid-19 em Vitória da Conquista. A 17ª vítima foi um homem de 65 anos, que possuía doenças preexistentes, morador do bairro Zabelê. Ele era acompanhado pelo monitoramento da Vigilância desde o dia 2 de junho e foi internado no Hospital São Vicente no dia 1º de junho, onde veio a falecer.

O 18º falecimento foi de uma senhora de 93 anos, moradora do bairro Petrópolis, que também possuía doenças preexistentes. Ela foi internada na última quarta-feira, 1º de julho, no Hospital Samur e faleceu hoje (2), após agravamento dos sintomas.

Mais 34 casos de coronavírus foram confirmados hoje, totalizando 832 pessoas infectadas em pouco mais de quatro meses de notificações. Ainda estão em recuperação 274 pacientes – 16 deles estão internados e 258 em tratamento domiciliar. (mais…)