Governo suspende atendimento no SAC de Vitória da Conquista a partir desta segunda, 23


O Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) suspenderá, a partir de segunda-feira (23), os atendimentos em mais cinco cidades da Bahia, incluindo Vitória da Conquista depois do decreto de emergência feito pelo governo do estado. A medida é uma forma de prevenção para o novo coronavírus.

[VÍDEO]: Militantes de Bolsonaro dizem que vão ‘pegar coronavírus e espalhar para quem ficou em casa’


Moradores da cidade de Valença gravaram e compartilharam um vídeo em que um grupo de oito pessoas aparece reunido e afirmando que são “a galera do coronavírus”. A maioria do grupo aparece com camisas do Brasil, e um deles estampa uma blusa escrita “Bolsonaro 17”, em referência ao presidente da República. O homem que está filmando e aparece na frente dos demais chega a afirmar que eles vão pegar o vírus e sair espalhando entre as pessoas que ficaram em casa na cidade. (mais…)

Governo suspende transporte intermunicipal em Vitória da Conquista


 

Em razão da pandemia do coronavírus, o Governo do Estado publicou, neste sábado (21), o decreto nº 19.554, que determina a suspensão da circulação e saída de transportes, por 10 dias, em mais cinco cidades baianas, como medida preventiva contra a doença. A partir de 0h da próxima segunda-feira (23), está proibido qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans, nos municípios de Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Guanambi e Vitória da Conquista. A última chegada (desembarque) está prevista para 9h de segunda-feira. (mais…)

Covid-19 mata Lorenzo Sanz, ex-presidente do Real Madrid


Lorenzo Sanz, presidente do Real Madrid entre 1995 e 2000, faleceu este sábado aos 76 anos, sendo mais uma vítima do surto de coronavírus em Espanha.

O antigo empresário deu entrada no Hospital Universitario Fundación Jiménez Díaz, na capital espanhola, na passada terça-feira em estado crítico e acabou por não resistir à débil condição que apresentava, com febre, dificuldade respiratória e insufiência renal.

Enquanto dirigente máximo dos blancos, Lorenzo Sanz conquistou seis títulos, onde se incluem as Ligas dos Campeões de 1998 e 2000.

Fonte: Esporte Interativo

Bahia confirma 41 casos de Covid-19


Sete novos casos de Covid-19 foram confirmados pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) nas últimas 24 horas. Os novos casos são de Salvador (5), Prado (1) e Porto Seguro (1). Destes, 41 foram confirmados, 535 foram descartados e nenhum óbito. Todos os pacientes encontram-se em isolamento domiciliar, adotando as medidas de precaução respiratória e de contato.

Do total de confirmações, 23 foram em Salvador; 6 em Feira de Santana; 5 em Porto Seguro; 3 em Lauro de Freitas; 2 em Prado; 1 em Itabuna; e 1 em Camaçari. (mais…)

Sobe para 18 número de mortos pelo novo coronavírus no país


Subiu para 18 o número de pessoas mortas pela covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, no Brasil neste sábado (3) . O estado de São Paulo tem 15 mortes e o do Rio de Janeiro, três.

O aumento do número de mortos em São Paulo foi informado pelo secretário estadual de Saúde, José Henrique Germann, em coletiva de imprensa. De acordo com ele, seis mortes foram registradas de ontem para hoje: quatro mulheres e dois homens. Destes, cinco são idosos. O outro é um homem de 49 anos que tinha tuberculose.

A SES-RJ (Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro), por sua vez, confirmou a terceira morte por novo coronavírus no estado. Segundo as autoridades, o caso é de um idoso que morava em Petrópolis, na Região Serrana.
R7

[COVID-19]: Bolsonaro diz que Exército vai ampliar produção de cloroquina


O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado que os laboratórios químicos e farmacêuticos do Exército vão ampliar a produção de cloroquina, droga que está sendo testada para o tratamento da Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírusSars-CoV-2.

A divulgação de estudos apontando para a eficácia da cloroquina, amplificada pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, levou a uma corrida de brasileiros para farmácias. O remédio sumiu de prateleiras em várias regiões do país, levando à Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) a restringir a venda da droga para pacientes com receitas pelos próximos 30 dias. Além disso, a exportação também foi proibida. (mais…)

[VÍDEO E FOTOS]: Conquistenses entram em longas filas para estocarem alimentos


Foto: Caique Santos

 

Na tarde deste sábado (21) uma enorme fila de carros e pessoas se formou no entorno do supermercado Assaí em Vitória da Conquista. Após o vazamento nas redes sociais do texto do Decreto da Prefeitura determinando o fechamento do Comércio, uma quantidade grande de pessoas correu ao supermercado para garantir seus estoques durante o isolamento social.

O Blog do Caique Santos foi lá conferir a situação. Veja o vídeo abaixo:

No início da semana, o Blog do Caique Santos registrou cenas semelhantes, mas com menos pessoas. O estudante de  Direito, Paulo Mafra,  entrevistado por nossa reportagem, afirmou que estava lá no intuito de estocar alimentos. “O motivo do estoque, pelo menos para mim e minha família, é porque achamos que o cenário aqui no Brasil vai ficar pior do que na Itália, visto que lá tem uma medicina de ponta e o Brasil ainda está caminhando, com vários problemas que a gente sabe, a gente acredita que vai ocorrer realmente um problema muito maior”, disse.

Foto: Caique Santos

 

Para  Carlos Bastos, empresário, a atitude de estocar é preventiva. “Eu prefiro prevenir e ir estocando minha alimentação. Os caminhoneiros também são seres humanos, estão sujeitos a contraírem a doença, tanto eles quanto os funcionários de mercado, Eu não acredito muito nas informações que o governo vem prestando devido a várias desinformações e contradições que o governo tem mostrado”;

A vendedora Karine da Silva, juntamente com colegas de trabalho, estavam de máscaras e também de carrinho cheio. “Estamos comprando para estocar, com certeza, ainda mais que nós trabalhamos com vendas e temos contato com muitas pessoas de fora, de toda a Bahia, então nosso medo é maior. Todo mundo está fazendo seus estoques em casa e daqui a pouco não vai ter recursos pra buscar de lugar nenhum”, diz

Foto: Caique Santos

 

Supermercados de São Paulo enfrentam desabastecimento

Fábio Queiróz disse que é preciso fazer diferença entre desabastecimento e não reposição. A falta de produtos em prateleiras conforme ocorreu nos dois últimos dias, segundo ele, ocorreu porque não deu tempo de repor os produtos diante da velocidade em que os consumidores pegavam para levar para a casa. “Algumas imagens de gôndolas vazias significam que a gente não tinha condição, de naquele momento, de tirar o produto do depósito ou da central de distribuição para a gôndola. As vezes a gente coloca o produto na gôndola e o consumidor pega como formigas no doce. Claro que vai acabar e vai ficar sem reposição. Não dá tempo”, disse.

O presidente da Asserj disse que a decisão de fazer estoque de alguns consumidores é nocivo, especialmente para a população de renda mais baixa, que fica com menos opção de compra e terá que enfrentar a falta de produtos. “O estoque tem que ser distribuído de forma equânime a toda a população. Se quem tem mais poder aquisitivo comprar muita coisa e porventura tiver um rompimento na cadeia de abastecimento, as pessoas de renda mais baixas podem ficar vulneráveis e desabastecidas”, disse.

 

Após vazar Decreto que fecha comércio, Prefeitura diz que ‘por enquanto’ não há nenhuma decisão


Duas horas depois do vazamento da minuta do Decreto 20.201 nas redes sociais, A Secretaria de Comunicação emitiu uma nota informando que “não existe nenhuma nova decisão legal a respeito das medidas de prevenção ao Coronavírus que não sejam os quatro Decretos publicados nesta semana: Decretos 20.190, de 16 de Março, 20.193 e 20.194, de 18 de março e o Decreto 20.198, de 20 de março do corrente ano”

A nota veio após o vazamento antecipado da minuta do Decreto 20.201 que determina a suspensão de funcionamento, pelo prazo de 14 (catorze) dias, de 21 de março a 04 de abril de 2020, do atendimento presencial ao público em diversos estabelecimentos comerciais e atividades.

No comunicado não fica claro se o documento é apócrifo ou foi redigido na Prefeitura.

Nossa reportagem questionou se haverá apuração do vazamento, mas até o momento não recebemos uma resposta da Secom.

Leia o Comunicado da Prefeitura 

A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista vem a público informar que não existe nenhuma nova decisão legal a respeito das medidas de prevenção ao Coronavírus que não sejam os quatro Decretos publicados nesta semana: Decretos 20.190, de 16 de Março, 20.193 e 20.194, de 18 de março e o Decreto 20.198, de 20 de março do corrente ano.

Neste momento, o prefeito Herzem Gusmão, membros da gestão e de entidades ligadas à questão estão se reunindo para discutir as novas medidas que deverão ser tomadas.

Não há, por enquanto, nenhuma nova decisão discorrendo sobre fechamento de estabelecimentos comerciais.
O governo está empenhado em tomar medidas de prevenção e cuidado para a população de forma criteriosa, evitando prejuízos para todos os setores da comunidade conquistense.

É importante ressaltar que a população e a imprensa devem procurar apenas os canais oficiais da Prefeitura para se informar das ações e cuidados desenvolvidos pela atual gestão no tocante ao COVID-19.
Mensagens de internet e de grupos de WhatsApp não correspondem à realidade da situação nem dos fatos oficiais de governo.

Leia o Decreto 20.201 vazado e viralizado nas redes sociais ou baixe o PDF

Estabelece restrições complementares ao Decreto nº 20.190 de 16 de março de 2020 como medidas temporárias de prevenção ao contágio e enfrentamento da propagação decorrente do novo coronavírus (COVID-19)

O PREFEITO MUNICIPAL DE VITÓRIA DA CONQUISTA, Estado da Bahia, usando das atribuições que lhe confere o art. 75, inciso XI, da Lei Orgânica do Município, da Lei Federal nº 13.979, de 6 de fevereiro 2020, e demais disposições legais vigentes,

 

 CONSIDERANDO que a Saúde, nos termos da CFRB art 196, é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.  

 

 CONSIDERANDO que a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou pandemia de COVID-19 no dia 11/03,

 

 CONSIDERANDO que embora ainda não haja nenhum caso confirmado em nosso Município a confirmação em outras cidades do Estado, a confirmação de transmissão comunitária, o vertiginoso crescimento dos casos suspeitos, bem como a insuficiente cota de testes disponibilizada pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia faz com que seja necessária a tomada de ações para possibilitar o isolamento domiciliar de parte da população de nosso Município,

             

CONSIDERANDO  que a situação demanda o emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública, a fim de evitar a disseminação da doença,

          

CONSIDERANDO que o Governo do Estado publicou o Decreto nº 19.549 DE 18 de março de 2020, declarando a situação emergencial e todo território baiano,

 

CONSIDERANDO a Portaria nº 454, de 20 de março DE 2020 do Ministério da Saúde, que Declara, em todo o território nacional, o estado de transmissão comunitária do coronavírus (covid-19).

 

 CONSIDERANDO a recomendação da Confederação Nacional dos Dirigentes Logistas – CNDL,

 

       CONSIDERANDO o acompanhamento e as deliberações do Comitê Municipal de Enfrentamento ao COVID-19,   

DECRETA:

 

 

 Art. 1º. Para enfrentamento da emergência de saúde decorrente do novo coronavírus, fica determinada a suspensão de funcionamento, pelo prazo de  14 (catorze) dias, de 21 de março a 04 de abril de 2020, do atendimento presencial ao público nos seguintes  estabelecimentos comerciais e atividades:

 

             I – shopping centers, galerias e similares;

 

  • lojas de comércio varejista e atacadista;

 

  • restaurantes, bares, pubs e lanchonetes;

 

  • casas noturnas, lounges, tabacarias, boates e similares;

 

  • clubes, associações recreativas e similares;

 

  • – hotéis e hospedarias, para pessoas oriundas do exterior ou municípios com casos confirmados de coronavírus;

 

  • – teatros, casas de espetáculos e demais locais de eventos;

 

 VIII– quaisquer outros serviços privados de atendimento ao público, não expressamente excetuados no presente decreto.   

 

  • 1º. Os estabelecimentos comerciais deverão manter fechados os acessos do público ao seu interior.

 

  • 2º. Fica autorizado o funcionamento do comércio em geral, varejista ou atacadista, incluindo – se bares, restaurantes, lanchonetes e demais estabelecimentos de gêneros alimentícios, exclusivamente para atendimento de serviços de entrega (delivery), ou mediante prévio agendamento, que não implique em aglomeração de pessoas e desde que garanta a ausência de contato físico a distancia minima de um metro e meio do consumidor no ato de entrega.

 

  • 3º. Excetuam – se da proibição de funcionamento de shopping centers, os mercados e supermercados nele localizado.

 

            Art. 2º. A suspensão a que se refere o artigo 1º deste decreto não se aplica aos seguintes estabelecimentos:

 

  • – serviços de saúde, farmácias, assistência médica e hospitalar;

 

  • – hipermercados, supermercados, mercados, feiras livres, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas e centros de abastecimento de alimentos, mediante controle de acesso para não gerar aglomeração de pessoa; 

 

  • – lojas de conveniência;

 

  • – lojas de venda de alimentação para animais;

 

  • – distribuidores de gás;

 

  • – lojas de venda de água mineral;

 

  • – padarias;

 

  • – geração, transmissão e distribuição de energia elétrica;

 

  • – tratamento e abastecimento de água;

 

  • – captação e tratamento de esgoto e lixo;

 

  • – processamento de dados ligados a serviços essenciais;

 

  • – segurança privada;

 

  • – serviços funerários;

 

  • – bancos e cooperativas de crédito;

 

  • – postos de combustível e

 

  • – outros que vierem a ser definidos em ato expedido pela Secretaria Municipal de Saúde.

 

 Art. 3º. Os estabelecimentos referidos no “caput” do artigo anterior deverão adotar as seguintes medidas: 

 

  • – intensificar as ações de limpeza;

 

  • – disponibilizar na entrada do estabelecimento e em lugares estratégicos de fácil acesso, álcool em gel aos seus clientes e funcionários;

 

  • – divulgar informações acerca da COVID-19 e das medidas de prevenção;

 

 IV- fazer a utilização, se necessário, do uso de senhas ou outro sistema eficaz, a fim de evitar a aglomeração de pessoas dentro do estabelecimento aguardando atendimento.      

 

            Art. 4º. Incumbirá às Secretarias municipais competentes fiscalizar o cumprimento das disposições deste decreto.

             

 Art. 5 º. O não cumprimento de qualquer das medidas estabelecidas no presente decreto caracterizar – se- á como infração à legislação municipal e sujeitará o infrator às penalidades  e sanções aplicáveis.

 

 Art. 6º – Os enterros e velórios deverão restringir a 10 o número máximo de pessoas simultaneamente, sendo que os velórios serão limitados em uma hora de duração, vedado a aglomeração de pessoas no entorno das dependências do velório. Também fica proibido o fornecimento e consumo de alimentos dentro do velório municipal, podendo ser oferecido pela empresa funerária somente o café, chá e os copos descartáveis, e observadas as recomendações de higienização do Ministério da Saúde. 

 

  • 1º – O Horário de funcionamento dos velórios no município serão das 6h00 até as 18h00.

 

  • 2º – Caso não haja o sepultamento até as 18h00, os velórios deverão ser fechados e reabertos somente no dia seguinte.

 

  • 3º – Fica vedada a realização de velórios em residências.

 

 Art 7 º. Fica a Secretara Municipal de Comunicação – SECOM responsável por difundir em seus canais a recomendação para que toda população busque permanecer em suas casas, bem como das medidas de precauções caso seja necessário o deslocamento para qualquer local, em decorrência de eventual urgência ou necessidade.

 

            Art. 8º. Os casos omissos serão dirimidos pela Secretaria Municipal de Saúde.  

 

            Art. 9º. Este decreto entrará em vigor na data de sua publicação, ficando revogadas todas as disposições em contrário.  

 

Vitória da Conquista,  21 de março de 2020.

 

 

Herzem Gusmão Pereira

 

Prefeito Municipal

 

 

 

 

 

 

 

 

Apresentador da Globo está na UTI, em estado grave, com coronavírus


O âncora Marcelo Magno, de 37 anos, foi diagnosticado com o novo coronavírus. Na tarde desta quinta-feira (19), a Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) confirmou três casos de coronavírus em Teresina.

O jornalista, que participa do rodízio de apresentadores do ‘Jornal Nacional’, está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular da capital. De acordo com o boletim médico desta quinta-feira (19), o apresentador da TV Clube teve uma melhora durante as últimas 24 horas e seu quadro é considerado grave. (mais…)