Luiza Audaz lança single e clipe de “Bahia-Flor”


Foto: Marcus P. Soco

 

Artista de Vitória da Conquista (BA), Luiza Audaz estreia como cantora solo, na gravadora Deck, após uma indicação de ninguém menos que Pitty, que a assistiu enquanto viajava pelo Brasil com a turnê MATRIZ. O single “Bahia-Flor” chega hoje aos aplicativos de música.

Ouça “Bahia-Flor” – Luiza Audaz (2020)

Em ritmo vibrante, que alinha percussões a batidas eletrônicas, Luiza homenageia suas raízes e a miscigenação afro-indígena. “Bahia-Flor” (Luiza Audaz) ovaciona em poesia a busca por libertação que atravessa gerações e se manifesta através da arte que resiste no caminhar do tempo. “Comecei a narrar como se estivesse vendo, pelo olhar de um menino, toda dor do deslocamento da África até aqui. ‘Bahia-Flor’, na verdade, é uma expressão alegórica de uma dor que também me atravessa pois sou fruto da miscigenação dos povos e me vejo como pedaço de África”, explicou a baiana sobre suas inspirações. A faixa, marcada por influências que vão de ritmos africanos a artistas como Thievery Corporation, foi produzida pelo duo Deep Leaks, que já havia trabalhado anteriormente com a cantora e compositora no single “Berimba Areia”. (mais…)

“Festival Pra Cantar Junto” reúne músicos conquistenses em lives


Assim como na maioria dos setores, a classe artística encontra-se com uma redução drástica em sua renda por conta da situação de emergência provocada pelo avanço da Covid-19 no Brasil. Em Vitória da Conquista não é diferente. Para alguns, que vivem exclusivamente da música, a situação é ainda mais complicada.

Pensando em uma solução, a Yellow Comunicação levantou a proposta de um festival de lives como um meio para arrecadação de fundos que ajudem a estes artistas – acostumados a fazer a alegria dos conquistenses em bares, restaurantes e casas de shows aos finais de semana, durante o período de distanciamento social. O “Festival Pra Cantar Junto” acontece entre os dias 23 a 26 de abril, com transmissão ao vivo pelo Instagram. (mais…)

Câmara se reúne com comerciantes para intermediar diálogo com Prefeitura sobre situação do comércio


Na manhã desta segunda-feira (20), a Câmara Municipal de Vitória da Conquista, por meio do presidente Luciano Gomes (PCdoB), e dos vereadores Rodrigo Moreira (PP) e Jorge Bezerra (SD), membros da Comissão Especial de Combate à Covid-19, se reuniu com uma comissão de comerciantes da cidade para buscar uma solução para a questão do comércio local, fechado desde o dia 21 de março, por força do Decreto 20.193 de 2020.

Os comerciantes solicitam um diálogo com o prefeito Herzem Gusmão e com o Comitê de Gestão de Crise para Enfrentamento da Pandemia Covid-19, sob a alegação de que a resistência do Executivo em ouvir os lojistas pode gerar uma crise econômica de altas proporções.   (mais…)


Acampamentos do MST doam 3,5 toneladas de alimentos orgânicos em Vitoria da Conquista


O Movimentos dos Trabalhadores Rurais Sem Terra realizaram uma campanha para ajudar e apoiar os baianos que estão sofrendo com a falta de alimentos em decorrência a pandemia do corona vírus. Por toda a Bahia, camponeses e camponesas estiveram empenhados na última sexta-feira (17) na entrega dos alimentos.

Em Vitória da Conquista ocorreu a distribuição de 3,5 toneladas de alimentos como aipim, banana, jaca, pimentão, quiabo, abacate, feijão, farinha, milho, laranja, maracujá e outros. As doações foram para a Casa do Amor (assistência para pacientes com Câncer), e para a Paróquia São Miguel e o Terreiro de Candomblé Ilé Asé Alaketu Omí Ogbá, que desenvolvem um trabalho social com famílias carentes.

As ações de solidariedade fazem parte do abril vermelho, que é um mês de luta e resistência pelas mortes dos 21 sem-terra do Eldorado dos Carajás, e dos militantes Fábio Santos (de Iguaí) e Marcio Matos (de Vitória da Conquista).

Houve ainda a distribuição de alimentos 10 grandes regiões da Bahia: Extremo Sul, Baixo Sul, Sul, Sudoeste, São Francisco, Oeste, Chapada Diamantina, Recôncavo, Norte e Nordeste.

Os alimentos vindos dos acampamentos e assentamento são produzidos sem o uso de agrotóxicos.

 

 


Bahia tem 1.377 confirmações de Covid-19


A Bahia registra 1.377 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 13,18% do total de casos notificados. Até o momento, 5.357 casos foram descartados e houve 47 óbitos, registrados nos municípios de Adustina (1); Araci (1); Belmonte (1); Feira de Santana (1); Gongogi (2); Ilhéus (3); Ipiaú (1); Itabuna (1); Itagibá (1); Itapé (1); Itapetinga (1); Juazeiro (1); Lauro de Freitas (5), um dos óbitos era residente no Rio de Janeiro; Salvador (23); Uruçuca (2); Utinga (1); Vitória da Conquista (1). Estes números contabilizam todos os registros de janeiro até as 17 horas desta segunda-feira (20).

O 47º óbito ocorreu no dia 15 de abril. Era uma mulher de 60 com comorbidades que estava internada em um hospital público em Salvador. Ela residia na capital baiana.

Ao todo, 351 pessoas estão recuperadas e 158 encontram-se internadas, sendo 64 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais. (mais…)

Município adquire 7 mil kits de teste rápido para Covid-19


A Secretaria Municipal de Saúde comprou 7 mil kits para teste rápido que irão ajudar no sistema de notificação da doença. Os testes têm registro na Anvisa e são importados, por isso, a previsão é de que o material chegue na cidade até o fim do mês de abril.

Os kits vão ser destinados, principalmente, aos grupos dos profissionais de saúde, gestantes e pacientes que tenham um indicativo de positividade maior para a presença do vírus e necessitem de uma resposta mais rápida. “Temos uma preocupação com os profissionais de saúde porque se eles têm a suspeita de Covid, perdemos apoio na linha de frente e, de certo modo, teremos um prejuízo para a assistência à população. Então, se o profissional faz o teste rápido e o resultado é negativo, eles serão liberados de volta ao trabalho mais rapidamente”, explica a secretária municipal de saúde interina, Ramona Cerqueira. (mais…)

Boletim epidemiológico: notificados 507 casos suspeitos de Covid-19 em Vitória da Conquista


Até às 17h desta segunda-feira (20), foram registrados em Vitória da Conquista 507 notificações de casos suspeitos de infecção pelo Novo Coronavírus408 já foram descartados e 23 casos foram confirmados laboratorialmente, sendo que 19 deles evoluíram para cura e 1 para óbito.

De acordo com informações da Secretaria Municipal de Saúde, outros 76 casos ainda estão sendo investigados: 23 aguardam resultado laboratorial e 53 aguardam coleta de amostra para serem encaminhadas para análise laboratorial.

A análise das amostras, bem como a divulgação dos resultados são feitas pelo Lacen Estadual, em Salvador, que transmite as informações à Vigilância do município por meio do sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL).

Os bairros Centro, Brasil, Recreio, Alto Maron, Urbis VI, Candeias, Primavera e Lagoa das Flores, foram as localidades que registraram casos confirmados de pacientes com Covid-19.

Ainda de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, desde o dia 20 de março, a transmissão do novo coronavírus passou a ser considerada comunitária em todo o território nacional, e, por esse motivo, definições operacionais foram discutidas com o objetivo de orientar o serviço de Vigilância na identificação e notificação dos casos de Covid-19. Essas definições são orientadas por meio do Guia de Vigilância Epidemiológica Emergência de Saúde Pública de importância Nacional pela doença da Covid-19 e na Nota Técnica COE Saúde Nº 54 de 8 de abril de 2020, da Secretaria de Saúde do Estado.

A Secretaria Municipal de Saúde reforça a importância de que, neste momento, a população siga as orientações de distanciamento físico e isolamento social, mantendo os cuidados de higiene, evitando aglomerações e, caso apresente sintomas da doença, entre em contato imediatamente com uma Unidade de Saúde ou com o Call Center.

Call Center – A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza um Call Center para tirar dúvidas da população sobre a Covid-19 e atender pessoas que apresentem febre de início súbito, acompanhada de tosse ou dor de garganta ou dificuldade respiratória, na ausência de outro diagnóstico específico. Além disso, crianças com menos de 2 anos de idade, considera-se também como casos de Síndrome Gripal: febre de início súbito e sintomas respiratórios (tosse, coriza e obstrução nasal), caso também não tenha outro diagnóstico específico.

Contatos:

  • Telefones fixos: (77) 3429-7451/3429-7434/3429-7436
  • Celulares: (77) 98834-9988/98834-9900/98834-9977/98834-9911

[OPINIÃO]: Entendendo o momento político atual


Todas as medidas provisórias que Bolsonaro mandou ao congresso, Maia não colocou em votação, fazendo com que elas “caducassem” e tirando a agenda do presidente da pauta.

Pronto! A confusão começou aí. Ficou evidente que Maia estava apertando o Presidente e instituindo um parlamentarismo branco no Brasil.

Davi Alcolumbre é comandado por Maia, e isso eu posso afirmar por ter presenciado tal submissão, em reunião com os dois sob a bênção de ACM Neto,(à época, eu era advogado de um vereador da base do atual prefeito de Salvador), e tentava,ali, costurar a soltura do referido vereador.

Com a pandemia, Maia teve uma ideia de gênio, do mal,(a lá Antônio Gramsci). Ele aproveitou o pacote de ajuda que o Governo Federal propôs, de quase 88 bilhões aos Estados devido à diminuição da arrecadação do ICMS e ISS,em razão do isolamento social, e modificou a logística do pacote. A equipe econômica do Governo havia proposto essa ajuda, mas os Estados deveriam ter contrapartidas e direcionamento de gastos, além disso, a ajuda não ultrapassaria esse valor de 88 bilhões.

Maia e cúpula do DEM, o governador de SP e do RJ tiveram a seguinte sacada: Pegaram o projeto de ajuda e mudaram o formato,(o governo passaria a ajudar os municípios e Estados na medida de defasagem da arrecadação dos impostos, e isso sem valor de teto). Exemplo: A arrecadação da Bahia no ano passado foi de 80 milhões nesse mesmo mês e, neste ano, por conta da pandemia, está em torno de 40 milhões. Neste cenário,o governo federal iria completar a receita estadual com cerca de 30% da média do ano passado, isso por tempo indeterminado, até o fim desse problema, transformando,assim, o pacote em um seguro, sem ônus, apenas bônus.

O governo Federal veio a público e disse que isso é inviável, que o governo não tem esse dinheiro, e que, dessa forma, o Brasil vai quebrar, toda economia feita (programação para 10 anos) com a reforma da previdência irá para o ralo em um mês, tempo em que,se o projeto for aprovado,a dívida Brasileira irá ficar maior que o PIB. Alertou ainda que, da forma que o projeto passou na Câmara e possivelmente passará no Senado, irá se tornar um cheque em branco aos Governadores e Prefeitos ;esses não terão a obrigação de destinar os gastos; será um dinheiro livre, em época de campanha, sem contrapartidas e será uma verba da União que jamais será devolvida.

Como essa conta será paga? Através de empréstimos!
E como os empréstimos serão pagos? Através do aumento de impostos!
E quem pagará os impostos? Nós, contribuintes!

Com essa jogada, Maia conseguiu apoio de quase todos os governadores do Brasil.

O presidente pode vetar o pacote, mas o desgaste político estará instaurado e, ele, o presidente, ficará entre o desgaste político e a iminência de um impeachment ou quebrar o país.

Diante disso, manifestantes pediram a intervenção militar e ,ontem,o Presidente foi até uma dessas manifestações,em frente a um quartel em Brasília e deu um discurso no sentido de que estaria pronto para tudo que a Democracia o permitir fazer. O discurso foi recebido como uma bomba,mesmo o presidente tendo frizado a importância da harmonia entre os poderes. Diversos governadores se pronunciaram e os ânimos ficaram ainda mais acirrados.

O isolamento, além de questão de saúde, indiscutível, está sendo usado no Brasil como uma manobra política, gerando a discussão sobre a redução da arrecadação do ICMS e do ISS e pressionando a aprovação do pacote, consequentemente geraando o caos político ou Financeiro para empurrar Bolsonaro para fora do palácio do Planalto.

Essa guerra pelo poder, está desenhando momentos obscuros no Brasil.

Para relacionarmos o problema nacional ao nosso problema regional, basta analisarmos que trata-se de uma união do centrão com a esquerda, para manter o fechamento do comércio e impulsionar o caos político ou econômico.

Especificamente no caso de Vitória da Conquista, devemos nos lembrar que o mentor político de Herzem é ACM Neto, presidente do DEM, chefe de Maia e Alcolumbre.
Então, não espere a reabertura do comércio em Vitória da Conquista, ainda que gradativa e, tampouco, a melhoria do sistema de saúde ou a reabertura gradativa,como sempre defendi. Agora, não estamos mais falando apenas do combate ao vírus,mas estamos falando de uma guerra pelo poder e o fechamento do comércio, através dos isolamentos, social do povo e político do presidente, são as armas da vez.

Dr Léo Mascarenhas

[DECRETO]: Herzem mantém fechamento do comércio e obriga o uso de máscaras


A pressão dos comerciantes de Vitória da Conquista, que fizeram 03 carreatas na semana passada, não surtiu efeito. Neste domingo (19) o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, manteve a proibição da abertura do comércio considerado não essencial, liberando as óticas, por estarem relacionadas ao setor de saúde. Os escritórios e demais locais de prestação de serviços individualizados, a exemplo de serviços contábeis e advocatícios, poderão funcionar neste período mediante agendamento prévio.

“O decreto mantém o funcionamento dos estabelecimentos considerados essenciais. O restante do comércio permanece sem atendimento ao público”

Pelo Decreto 20.265, publicado hoje (19) no Diário Oficial do Município, a partir de quinta-feira, 23 de abril, todos os clientes só vão poder entrar em lojas, bancos e outros estabelecimentos com máscara. O mesmo serve para os usuários de ônibus, táxis e veículos de aplicativo. O cumprimento do decreto é de responsabilidade dos comerciantes e dos motoristas. Quem, por exemplo, não estiver de máscara, será impedido de entrar nos ônibus. (mais…)


Servidor do Hospital Geral de Ipiaú morre vítima de Covid-19


Foto: Redes Sociais

 

Morreu no início da noite desse sábado (18) no Hospital Couto Maia, em Salvador, o jovem Álvaro Jardim, de 26 anos. A informação foi confirmada por um familiar. Álvaro era funcionário do Hospital Geral de Ipiaú e foi diagnosticado com a covid-19 na semana passada. Após apresentar dificuldades para respirar, ele foi internado na ALA COVID do HGI, depois transferido para o Hospital Geral Prado Valadares, em Jequié, e por fim foi encaminhado numa UTI Aérea para Salvador. A morte precoce de Álvaro gera comoção na cidade. Não há informações sobre o sepultamento. (mais…)