[CONQUISTA]: Anavitória, Paulo Miklos, Lulu Santos e Pitty no segundo dia do Festival de Inverno Bahia


Foto: Laécio Lacerda

Muito pop rock, com direito ao romantismo da dupla Anavitória, foi a tônica do sábado (25), segundo dia do Festival de Inverno Bahia 2018 em Vitória da Conquista. As cantoras Ana Caetano e Vitória Falcão emocionarem os fãs com as músicas do seu álbum “O tempo é agora”. O show também marcou o encerramento de uma turnê. “Que alegria terminar essa turnê aqui na Bahia”, agradeceram. Além dos sucessos desses dois anos de carreira, Anavitória cantou também “Ai, amor”, novo single da dupla.

A segunda atração da noite, Paulo Miklos, ex-integrante dos Titãs, trouxe ao FIB canções do seu novo trabalho “A Gente Mora no Agora”. O primeiro trabalho da carreira solo traz parcerias com músicos de diversos estilos.  “Disco novo de quem tem história, mas tem muita fome de viver”, contou. O roqueiro abriu o show com “A Lei desse Troço”, single gravado com Emicida, e cantou sucessos como “Vou Te Encontrar”, trilha da novela global “O Outro Lado do Paraíso”. Hits inesquecíveis de sua fase Titãs, como “Pra dizer Adeus”, “Vossa Excelência” e “Sonífera Ilha”, também fizeram parte da apresentação. Durante o show, Miklos ainda homenageou Raul Seixas cantando “Aluga-se” e o cantor Sabotage, com a música “Um Bom Lugar”.

Foto: Caique Santos

Lulu Santos, terceira atração do sábado, garantiu que o público continuasse cantando em coro grandes hits que marcaram gerações. O artista emplacou um sucesso atrás do outro. Clássicos como “Toda Forma de Amor”, “Tempos Modernos”, “Apenas Mais Uma de Amor” e “Como uma Onda” continuam na ponta da língua da galera. Lulu apresentou também o seu novo projeto “Baby Baby”, que traz releituras de sucessos da grande Rita Lee, e cantou sua nova música “Orgulho e Preconceito”, que dedicou ao seu amor.

Por volta das 2 da manhã Pitty e sua banda subiu ao palco do FIB 2018 para encerrar a noite com um dos melhores shows de todo o festival. Performática, a cantora cantou sucessos, músicas do seu último disco e até mesmo um cover de Raul Seixas, “Metamorfose Ambulante”.  Em meio às pesadas guitarras, Pitty preparou um momento acústico dentro da apresentação, cantando, segunda ela, as músicas que fizeram parte de sua adolescência, quando ela ainda não era uma “pop star”.

Neste domingo (26) o terceiro e último dia do FIB terá Roupa Nova, Capital Inicial e a atração internacional, DJ Alok.

(Redaçao BCS com informações da Assessoria de Imprensa do Festival de Inverno)

[FOTOS]: Confira o primeiro dia do Festival de Inverno 2018


Uma noite que atendeu à diversidade de gostos musicais. De música romântica ao rock,  Fábio Jr, Biquini Cavadão e Luan Santana fizeram apresentações que deixaram não apena os fãs satisfeitos, mas também os que apreciam pontualidade, infra-estrutura e sonorização. O Festival de Inverno Bahia 2018 chega a sua 14ª edição.

A primeira noite foi marcada pela estreia no FIB de um dos maiores ícones da música romântica nacional: Fábio Jr. O ídolo cantou seus maiores sucessos como “Alma Gêmea”, “Pai” e “Sem Limites Pra Sonhar”. Simpático e bem à vontade, Fábio Jr interagiu muito com os conquistenses nos intervalos das apresentações, contando histórias de suas músicas e até de sua vida familiar.

A banda Biquini Cavadão agitou o público com grandes sucessos e anunciou o lançamento, ainda este ano, do projeto “Vou Te levar Comigo. “Nele vamos encontrar parceiros inusitados, com estilos e vivências diferentes das nossas, cantando as músicas do Biquini”, conta Bruno Gouveia, vocalista. Também previsto para o final de 2018, eles prometem um projeto em homenagem a Herbert Vianna. “Ele batizou a banda, foi fundamental para o surgimento do Biquini. Serão oito faixas celebrando esse talento de Herbert como compositor”, afirmou.

A última atração da noite, e uma das mais esperadas,  Luan Santana,  subiu pela segunda vez ao palco do FIB e cantou hits atuais como “Acordando o Prédio”, “Eu, Você, o Mar e Ela” e “Estaca Zero,  gravada com Ivete Sangalo. O cantor também relembrou sucessos que marcaram sua carreira como “Meteoro”, “Amar Não é Pecado” e “Sinais”. A apresentação ainda teve um momento funk com direito a execução de “Vai Malandra”, sucesso de Anitta. “Me apaixonei por Conquista mais uma vez”, disse Luan Santana ao final do show.

HOJE VAI ROLAR MUITO ROCK

Neste sábado, 25, a festa continua. Sobem ao Palco Principal Anavitória, Paulo Miklos, Lulu Santos e Pitty. Na Vila da Música a mistura de ritmos segue com Mania de Xote, Cainã Araújo, Seu Maxixe e Forró do Tico. E na Arena Eletro Rock a animação fica garantida com Elas Cantam Rock de A a Z, Balaio, Duo DJ Tom & DJ Loro Vudu e Duo DJ Arks & DJ Lapa.

 

CONFIRA AS FOTOS DOS FOTÓGRAFOS: CAIQUE SANTOS, LAÉCIO LACERDA E JACKSON SOARES

 

Com informações da Assessoria de Imprensa (VoceVê Comunicação)

 

Fábio Jr canta hits e faz sua estreia no Festival de Inverno Bahia 2018


O primeiro dia do Festival de Inverno Bahia 2018 começou pontualmente às 21h, com a apresentação de um dos maiores ícones da música romântica nacional: Fábio Jr. O ídolo estreou no FIB cantando seus maiores sucessos como “Alma Gêmea”, “Pai” e “Sem Limites Pra Sonhar”.

Simpático e bem à vontade, Fábio Jr interagiu muito com os conquistenses nos intervalos das apresentações, contando histórias de suas músicas e até de sua vida familiar.

Ainda hoje se apresentam a banda Biquini Cavadão e o cantor Luan Santana. O Festival de Inverno Bahia vaio até o domingo.

 

Feira de Santana (BA) contrata auditoria para analisar equilíbrio econômico-financeiro do contrato de concessão do transporte urbano


Prefeito de Feira vai na raiz do problema

O transporte coletivo em Feira de Santana passará por uma auditoria. Nesta terça-feira, dia 21 de agosto, o prefeito Colbert Martins Filho assinou contrato com a Deloitte Brasil Auditoria e Consultoria Empresarial, empresa que venceu a licitação para executar o trabalho. Caberá à Deloitte auditar os números do serviço de transporte da cidade do interior baiano, hoje prestado pelas empresas concessionárias Rosa e São João. Feira de Santana, segunda maior cidade do estado da Bahia, tem cerca de 630 mil habitantes.

O prazo para conclusão do trabalho da auditoria é de até seis meses, e seu objetivo é analisar o contrato mantido com as empresas de ônibus quanto à existência de desequilíbrio econômico-financeiro.

O representante da Deloitte no Brasil afirmou que a empresa vai requerer um detalhamento das duas companhias, com dados sobre o número de passageiros transportados, custo de combustível, pneus, entre outros. A partir das informações coletadas será possível avaliar se a atual tarifa (cobrada e projeta) permite equilibrar o contrato previsto em edital.

O custo da auditoria é de R$ 790 mil aproximadamente, e de acordo com o prefeito é um investimento que trará “custo-benefício relevante” para Feira de Santana.

No caso da Prefeitura de Conquista, a atitude de fazer uma auditoria deveria ter ocorrido logo no início do mandato do prefeito Herzem. Agora, com a prefeitura tendo extrapolado todos os gastos possíveis com assessorias desnecessárias e sendo advertida fortemente pelo MP e Tribunal de Contas, fica mais difícil para o governo, tendo em vista a Lei de Responsabilidade Fiscal.

(mais…)

STF decide que aposentados que precisam de cuidadores terão aumento de 25% – INSS vai recorrer da decisão


Entendimento do STJ é que adicional seja pago mesmo nos casos em que o aposentado recebe o teto do INSS
(foto: Antônio Cruz / Agência Brasil)

Uma ação que foi julgada na Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ), decidiu por 5 votos a 4, estender a todos os aposentados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que necessitam de cuidados permanentes um adicional de 25% em seu benefício. É importante lembrar que atualmente, somente aposentados por invalidez têm direito a esse pagamento

Para conseguir o acréscimo de 25%, o aposentado precisará comprovar que necessita de cuidados permanentes de terceiros. Com este julgamento, o adicional fica estendido às aposentadorias por idade e tempo de serviço.

Cabe ressaltar que, o teto de benefícios do INSS é de R$ 5.645 reais. Com os 25%, o valor pago pode superar esse limite.

COMO SOLICITAR O BENEFÍCIO? (mais…)

[CONQUISTA]: MP notifica Herzem por contratação de assessorias jurídicas sem licitação; valores chegam a R$ 936 mil


O Ministério Público da Bahia emitiu recomendação na última terça-feira (21) ao prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), pela contratação de empresas de assessoria jurídica sem necessidade, nem licitação. A promotora Lucimeire Carvallho Farias recomendou  que Herzem “reconheça a nulidade dos contratos administrativos 006-20/17, 00720/2017 e 008-22/2017, firmados com os escritórios de advocacia FONSECA E MAIA ADVOGADOS ASSOCIADOS, ISMERIM ADVOGADOS ASSOCIADOS e CALMON E MAZZEI ADVOGADOS, respectivamente, promovendo a rescisão dos mesmos, de ofício, no prazo de 10 (dez) dias”.

O MP considerou “elevados”  os valores pagos pelo prefeito com o dinheiro público para as atividades desenvolvidas pelos escritórios de advocacia contratados, “estimados para o biênio 2017/2018 na ordem de aproximadamente R$ 936.000,00 (novecentos e trinta e seis mil reais)” e alegou que os serviços prestados pelas referidas empresas “correspondem às atribuições típicas da Procuradoria Municipal e dos Advogados Públicos e, portanto, não poderiam ser terceirizadas, mas, sim, exercidas por Procurador/ Advogados efetivo ou comissionados.” e disse que ainda que “as tarefas permanentes, contínuas, inerentes à atividade-fim da Administração devem ser realizadas de forma direta por meio de cargos, cujo provimento demanda a realização de concurso público”.

De acordo com o MP, os serviços de advocacia oferecidos pelas empresas terceirizadas podem ser realizados pelos advogados da própria prefeitura de Conquista. “O Município de Vitória da Conquista conta com quadro permanente de, aproximadamente, 25 (vinte e cinco) advogados públicos e procuradores municipais que exercem as mesmas funções objeto dos contratos acima mencionados, OU seja, de prestação de serviços de assessoria jurídica especializada nas á reas de Direito Previdenciário, Fiscal, Trabalhista, Administrativo, Eleitoral e Tributário, dentre outras funções comuns atinentes à área jurídica, não se mostrando essencial ou exclusivo os serviços contratados com os escritórios de advocacia, o que reforça a necessidade de um Ônus argumentativo mais rigoroso para demonstrar a singularidade do objeto ou serviço”, diz a recomendação.

EMPRESAS FORAM CONTRATADAS SEM LICITAÇÃO

O parecer do Ministério Público explica que “a caracterização de inexigibilidade de licitação para serviços advocatícios, é necessária, entre outras coisas, a presença de “singularidade do interesse público (caráter não ordinário e de absoluta excepcionalidade do serviço advocatício) que demande contratar escritório ou profissional com notória especialização”, porém, no caso da Prefeitura de Conquista, “a singularidade do objeto dos contratos de advocacia não foram demonstradas nos processos administrativos que decidiram pela inexigibilidade da licitação, especialmente em razão da ausência de qualquer atributo concreto; sendo que os objetos dos contratos referidos não pressupõe, por si só, complexidade que justifique a contratação direta”.

O MP deu 10 dias, a partir do recebimento da notificação, para que o prefeito Herzem se manifeste sobre a recomendação, “bem como envie, neste mesmo prazo, à 8 a . Promotor ia de Justiça de Vitória da Conquista, por escrito, as informações sobre as providências tomadas, ressalvando-se, desde já, que embora o atendimento desta recomendação não seja obrigatório, sujeita-se o órgão público, por intermédio do seu representante legal, a correções de natureza jurisdicional, especialmente na seara da improbidade administrativa”, diz o texto.

 

 

Festival Suíça Bahiana lança loja oficial e divulga programação


Banda Maglore

O Festival Suíça Bahiana (FSB) lançou na noite de ontem (22) sua loja oficial no Shopping Conquista Sul, em Vitória da Conquista. Na ocasião também foi divulgada, em uma coletiva de imprensa, a programação completa da sexta edição do evento, que acontece entre os dias 19 a 21 de outubro, no Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima.

Supercombo (ES), Maglore (BA) e Rubel (RJ), além da cantora argentina Cata Raybaud e das bandas chilenas Fiebre Séptica e La Pichanga, são alguns dos nomes que passarão pelos dois palcos do festival. O evento ainda vai contar com uma prévia com o rapper Rael, além de outros atrativos como festival de cerveja artesanal, vila gastronômica e Flash Tattoo.

“Desta vez ampliamos o número de atrações internacionais e a ideia é fortalecer ainda mais esse link com a América Latina. Foi surpreendente o número de bandas chilenas e argentinas que demonstraram interesse em tocar no festival e tenho certeza que a identificação com o público do sertão baiano será grande”, afirmou o produtor e curador Gilmar Dantas. (mais…)

[ARTIGO]: O preço e o valor da educação


Por Ana Cristina*

A Educação tem um preço alto. Este custo se apresenta em duas perspectivas, cujo ônus assombra o Estado, seu virtual garantidor: por um lado é valor, é ferramenta de reflexão e autonomia, mecanismo de liberdade e, portanto, objeto de economia do poder público; por outro, é valorada, custosa, necessita de altos investimentos de ordem pecuniária e, portanto, objeto de economia do poder público. Com estes contingenciamentos, em pouco tempo os governos têm desprezado uma série direitos conquistados árdua e lentamente ao longo de anos de história. E Vitória da Conquista segue firme esta triste tendência.

Em 17 de agosto de 2018, através do Decreto 18.832, a prefeitura, sem qualquer justificativa, desativou 8 escolas situadas na zona rural do município. Em seguida, emitiu nota oficial em que alegava um “número reduzido de alunos matriculados”; que os estudantes freqüentes seriam realocados para escolas nucleadas da sede dos distritos; e asseverava, por fim, que continua “mantendo a qualidade de ensino e otimizando os gastos públicos”. Não bastasse o atraso que representa o Decreto, as contradições na justificativa apresentada posteriormente transforma a emenda pior do que o soneto. (mais…)

Alunos do Distrito de Bate Pé estão sem aulas por falta de transporte para levar professores


Fanpage mantida por moradores informa faz denúncias

Desde segunda-feira (20) alunos de todas as séries da Escola Eurípedes Peri Rosa, Distrito de Bate Pé – 33 km do perímetro urbano de Conquista- estão sem aulas“As aulas continuam suspensas, pois falta transporte para levar os professores de Conquista para Bate-Pé”, relatou uma moradora que preferiu não ser identificada.

Nas redes sociais, a comunidade mantém uma Fanpage no Facebook com informações sobre a situação das crianças em Bate Pé. “Que vergonha. o prefeito não vê isso ,ninguém faz nada, um absurdo”, protestou nas redes sociais a moradora Rosangela Correa.

“Já virou brincadeira, as crianças como sempre prejudicadas. Cadê o prefeito, os deputados, que só enxerga a estrada e lembra do povo da zona rural em época de política? Agora é hora de muitos aparecerem pra só prometer. Não passa de promessa, quem vive de promessa é Santo, se eu fosse os moradores não dava ouvido pra político nenhum mais, porque depois que passam as eleições, eles ficam como sempre esquecidos de novo”, desabafou Graziele Oliveira na Fanpage da cidade.

OUTROS POVOADOS COM PROBLEMAS

Ainda na página mantida pela comunidade, alguns cidadãos denunciam a precarização e a falta de transporte escolar em mais  outras regiões:

 

 

 

 

Na semana passada o prefeito Herzem Gusmão decretou fechamento de 8 escolas da zona rural alegando pouca quantidade de alunos e redução de despesas.  Sobre o Distrito de Bate Pé, nossa reportagem solicitou um posicionamento da Secretaria de Educação na manhã de ontem (22), mas até o momento não recebemos resposta alguma.

[CONQUISTA]: Estado lança o projeto ‘Escolas Culturais’ nesta sexta-feira (24)


O projeto Escolas Culturais será lançado na cidade de Vitória da Conquista (a 518 km de Salvador), nesta sexta-feira (24), no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, às 9 horas. Implantado pelo Estado da Bahia, este projeto objetiva promover o protagonismo estudantil, além de reconhecer e requalificar a escola como um espaço de circulação e produção da diversidade cultural do Território de Identidade onde está inserida. A iniciativa vem sendo desenvolvido em 85 escolas estaduais.

O projeto é resultado de parceria entre as Secretarias da Educação, de Cultura (SECULT), de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e Casa Civil. O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, que participará do lançamento, disse que “o projeto potencializa as experiências artísticas e culturais já existentes nas unidades escolares e fomenta novas ações, inclusive, de estímulo ao empreendedorismo, criando uma interação entre a escola e o Território”. (mais…)