CONQUISTA: População ocupa Terminal Lauro de Freitas


Os protestos dos caminhoneiros ganhou a adesão de estudantes, comerciários e população em geral. Na tarde desta sexta-feira (25) o Blog do Caique Santos foi o único veiculo de comunicação a registrar o início dos protestos. “Estamos aqui por nossa conta, não temos nada a ver com UNE, UBES ou qualquer outro movimento estudantil, somos alunos de diversos colégios”, disse uma estudante que preferiu não ser identificada.

“É uma mobilização de todos, apenas houve uma iniciativa por parte dos caminhoneiros. É uma nação que sofre, uma nação que grita, que não tem ninguém que nos apoie. Quem está nos matando é o governo, esse governo corrupto. não adianta ele usar uma emissora que é a boca dele pra mentir contra uma nação. Venham pra rua, não adianta ficar em casa, venham todos, não fique em casa, mesmo porque o gás vai acabar, a comida vai acabar”, disse Carmem Vieira, comerciante.

Amanhã na avenida integração a partir das 9h haverá uma manifestações das mulheres em apoio aos caminhoneiros.

URGENTE: Estudantes ocupam o Centro de Conquista em apoio aos caminhoneiros


Neste momento simpatizantes da Greve dos Caminhoneiros tomam o Centro da Vitória da Conquista e paralisam o trânsito. Os manifestantes afirmam que vão fechar o comércio e prometem colocar fogo em pneus na BR-116. O clima esquentou após o presidente Temer convocar as Força Armadas para retirar à força os caminhoneiros que obstruem as estradas.

Os caminhoneiros estão orientando aos grevistas que quando a polícia chegar, não façam nada e sentem no chão, em frente aos caminhões com as mãos na cabeça.

Mais informações a qualquer momento.

Caminhoneiros prometem fortalecer a greve e denunciam falso “acordo”


Um vídeo de caminhoneiros em Brasília repercute nas redes sociais. Na gravação eles denunciam a mentira do acordo divulgado pela Rede Globo e dizem que a greve continua. Os caminhoneiros afirmam que não vão dar nenhum “voto de confiança” para o governo e que só vão liberar as estradas quando todas suas reivindicações forem aceitas e formalizadas em Diário Oficial.

 

Veja o vídeo:

Globo e “representantes dos caminhoneiros” armam um teatro


“Uma notícia forjada com o intuito de atrair a atenção da opinião pública”, assim o dicionário define um factoide, artificio muito usado na imprensa mundial. Enquanto o Brasil aguardava o término da reunião entre governo Temer e Entidades que representam diversas categorias dos caminhoneiros, o site do Jornal O GLOBO, antes mesmo da co-irmã TV Globo, deu em primeira mão o resultado do longo encontro.

Sob a manchete “Governo e caminhoneiros chegam a acordo para trégua de 15 dias” a reportagem anunciava o fechamento de um acordo entre governo e caminhoneiros e uma ‘trégua de 15 dias” na greve dos motoristas das estradas do Brasil. Imediatamente a novidade repercutiu nos principais veículos da grande mídia e nos blogs, causando enorme revolta entre os caminhoneiros nas redes sociais, em especial nos grupos de Whatsapp.

Mesmo depois de terem entrado ao vivo na programação da TV Globo confirmando a mentira, os mesmos 03 representantes que fizeram o “ao vivo” na TV, gravaram um vídeo para as redes sociais desmentindo a informação do Jornal O GLOBO e da TV Globo. Em uma nova versão, eles afirmam que se comprometeram apenas em levar as propostas para que os caminhoneiros decidissem. Mesmo assim, se dizem “confortáveis” com as propostas e tentam convencer os caminhoneiros a aceitarem.

O vídeo está sendo compartilhado pelos caminhoneiros nas redes sociais. Muitos caminhoneiros estão chamando os sindicalistas de “traidores” e outros adjetivos.

 

 

Nas redes sociais caminhoneiros dizem que greve continuará


Logo após ser anunciado pela grande imprensa uma trégua de 15 dias na greve dos caminhoneiros as redes sociais ficaram em polvorosa. Diversos caminhoneiros de todo o Brasil afirmam que o acordo não tem validade sem a aprovação de todos e que a greve continua. Outros dizem que só vão parar quando sair no Diário Oficial os pontos noticiados.

Em coletiva de imprensa concedida na noite desta quinta-feira (24), o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, informou que, após uma reunião de mais de 6 horas com representantes da categoria dos caminhoneiros, foi fechado um acordo para suspender a greve, que dura desde segunda-feira (21), por quinze dias. (mais…)

Governo e caminhoneiros chegam a acordo para trégua de 15 dias


Após uma reunião que durou mais de sete horas, o governo aceitou uma série de reivindicações impostas por representantes dos caminhoneiros. Em troca, os trabalhadores deram quinze dias de trégua ao Palácio do Planalto. O governo propôs mantar a redução de 10% no valor do diesel pelos próximos 30 dias (15 a mais que o anunciado pela Petrobras). A diferença será compensada pelo Tesouro.

Além disso, assegura periodicidade minima de 30 dias para reajuste do preço do diesel na refinaria, também com compensação por parte da União à estatal. (O GLOBO)

 

Anfavea anuncia interrupção em toda a produção de carros no Brasil


A Anfavea acaba de anunciar que partir de amanhã, dia 25, todas as fábricas de veículos no Brasil estarão com suas linhas de produção paradas. De acordo com associação, a greve dos caminhoneiros afetará significativamente os resultados tanto para as vendas, quanto para a fabricação e exportação.

Segundo o comunicado, a indústria automobilística gera de impostos mais de R$ 250 milhões por dia. Por conta disso, a paralisação vai representar um forte impacto na arrecadação do País. (O GLOBO)

 

Conquista: Unidades de Saúde tem funcionamento reduzido


A Secretaria Municipal de Saúde informa que, nesta sexta-feira (25), em virtude da greve dos caminhoneiros e da falta de combustíveis nos postos, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Saúde da Família (USF) da zona rural não vão funcionar.

Já na zona urbana, o funcionamento das unidades vai até as 13h. A Secretaria Municipal de Saúde informa, ainda, que está solicitando ao Ministério Público os encaminhamentos necessários para garantir o abastecimento da frota de veículos que prestam o serviço de atendimento móvel de urgência e emergência, SAMU 192, bem como o abastecimento dos veículos que realizam o transporte das equipes de saúde.

Greve dos caminhoneiros: Embasa orienta população a economizar água


A Embasa (Empresa Baiana de Águas e Saneamento ) informou que a população deve economizar água e usá-la de forma racional até que a entrega de produtos químicos e de combustível, prejudicada pelos bloqueios nas estradas do País desde a segunda-feira (21), seja normalizada. Conforme a empresa, o protesto dos caminhoneiros dificulta entrega de insumos para a prestação dos serviços de água e esgoto.

“Por causa da iminente escassez de produtos químicos para a produção de água tratada, a empresa recomenda moderação no consumo de água e priorização de usos. Também, por conta de escassez de combustível nos postos, a empresa está priorizando a realização de serviços de manutenção programados e emergenciais que sejam mais urgentes e inadiáveis”, diz a nota.