Governo da Bahia vai suspender o pedágio sobre o terceiro eixo dos caminhões


O movimento nacional de caminhoneiros e carreteiros, que cobra do Governo Federal ajustes na política de preços dos combustíveis, foi recebido por representantes do Governo do Estado nesta terça-feira (29). Os onze motoristas autônomos estiveram na Secretaria de Relações Institucionais (Serin), onde receberam do Governo do Estado a garantia da suspensão da cobrança do pedágio sobre o terceiro eixo dos caminhões, quando vazios.

Outros pontos foram apresentados aos representantes do Governo Estadual, no entanto, as pautas são de responsabilidade do Governo Federal. Ainda foi reafirmado o compromisso de manter o diálogo de uma forma mais ampla, com uma mesa de negociações permanente.

Novo reitor da UESB é nomeado pelo governador Rui Costa


O governador Rui Costa assinou nesta terça-feira (29) o decreto de nomeação dos professores Luiz Otávio Magalhães e Marcos Henrique Fernandes para os cargos de reitor e vice-reitor, respectivamente, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

Eleitos com quase 62% dos votos, Luiz Otávio e Marcos Henrique têm o apoio majoritário da comunidade acadêmica da Uesb.Luiz Otávio e Marcos Henrique e vão cumprir o mandato de quatro anos, de 3 de junho de 2018 a 3 de junho de 2022.

Professor em Vitória da Conquista, o novo reitor já foi coordenador do Colegiado de História por duas vezes e diretor do Departamento de História. Já Marcos Henrique é professor do Departamento de Saúde, no campus de Jequié. O decreto de nomeação será publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira 30 de maio.

FTC anuncia retorno às atividades nesta quarta (30)


Por meio de nota a FTC de Conquista anunciou que as atividades acadêmicas retornarão normalmente a partir desta quarta-feira (30), mesmo com a greve dos caminhoneiros ainda ocorrendo.

Leia a íntegra da nota:. 

 

Informamos que a FTC (Unidade Vitória da Conquista) retoma plenamente suas atividades amanhã (30 de maio). Com isso, mantém-se previstas as aulas para os dias 1 e 2 de junho. Esta tomada de decisão compreende o movimento estabelecido pelos caminhoneiros do Brasil; no entanto, corroborando com o retorno das aulas de algumas instituições de ensino, a exemplo da UFBA Vitória da Conquista, e atentos ao cumprimento dos dias letivos – sobretudo em atenção aos prazos de 2ª chamadas e Provas Finais constantes no Calendário Acadêmico – convocamos todos para o retorno às aulas.

Temos em Vitória da Conquista 50% da frota de transporte urbano em funcionamento, postos de combustíveis em operação na região e o tráfego de ônibus intermunicipais se mantém em atividade.

A equipe da FTC está à disposição através dos canais oficiais da Instituição.

Conquista: Polícia escolta combustíveis e garante o transporte público


Os usuários do transporte coletivo de Vitória da Conquista deverão ter 100% da frota de ônibus nas ruas nesta terça-feira (28). O ‘furo’ na greve foi possível graças a uma parceria entre PRF, CIPE Sudoeste e Rondesp para escoltar os caminhões que transportam combustível de Jequié para Vitória da Conquista.

No começo da noite, passou a circular nos grupos de whatsapp um vídeo dos caminhões em comboio, passando pela cidade de Planalto, a 48 Km de Conquista,

A empresa Viação Vitória afirmou por meio de sua assessoria que irá rodar com 50% da frota e confirmando a chegada do diesel nesta madrugada colocará 100% no decorrer do dia. Já a Cidade Verde, que recebeu durante a tarde um carregamento vindo de Minas Gerais, confirmou operação normal já a partir do início da jornada. .

Taxistas, motoristas de aplicativos, motoboys, motociclistas e donos de veículos em geral aguardam com ansiedade a chegada dos combustíveis. A greve dos caminhoneiros continua.

 

Sinjorba repudia agressão à equipe da Rede Bahia


Leia a nota: 

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia protesta e repudia a agressão verbal sofrida por equipe da TV Subaé formada pela jornalista Poliana Rodrigues, pelo cinegrafista Leonel Alves e pelo operador Silvério Segundo, quando faziam matéria jornalística sobre a paralisação dos Caminhoneiros na região de Feira de Santana, bairro Cidade Nova. Os profissionais foram agredidos verbalmente por populares de identidades não informadas que, supostamente, fazem parte das manifestações. Essa agressão a integrantes da imprensa é um grave sintoma da violência que permeia a sociedade por atingir pessoas que são responsáveis por dar voz aos problemas desta mesma sociedade. O Sinjorba solicita o imprescindível apoio da Secretaria de Segurança Pública da Bahia para que providências sejam tomadas e o profissional de imprensa possa desemprenhar seu trabalho com liberdade e respeito ao público conforme rege
a Lei.

Feira de Santana, 28/05/2018

Marly Caldas
Diretora regional do Sinjorba

Conquista: Golpistas vendem gás a R$ 120,00 e exigem depósito antecipado


Nas redes sociais, conquistenses alertam para um golpe oportunista que surgiu em meio à greve dos caminhoneiros. Diante da falta do gás de cozinha, pessoas estão anunciando a venda de botijões via whatsapp pelo valor de R$ 120,00. Se não bastasse o abuso do valor, os vendedores exigem o depósito antecipado em conta bancária.

O alerta é por conta de golpistas que se aproveitam da necessidade dos cidadãos e ficam com o dinheiro sem entregar a mercadoria. A Polícia Civil está sendo alertada para investigar tais práticas.

BA: Presidente da Assembleia Legislativa pede renúncia de Temer


Durante o evento da inauguração da Policlínica Regional de Feira de Santana, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Angelo Coronel (PSD), falou sobre a crise dos combustíveis no Brasil e pediu a renúncia de Michel Temer e demissão de Pedro Parente.

“Viajei pela BR-324 e não vi uma só carreta na pista. Ou seja, as concessões que o presidente Temer fez não surtiram efeito algum. Não há bloqueios, mas a paralisação continua. Só vamos ter uma solução para o problema com a demissão do presidente da Petrobras, Pedro Parente, e a renúncia imediata de Temer. Carmem Lúcia, presidente do Supremo, deveria assumir o Executivo e comandar o país para as eleições de 7 de outubro”, defendeu Coronel. (mais…)

[OPINIÃO]: Greve ou Lockout?


Por Eunice de Araújo Gomes (OAB/RS 84434 – COREN/RS 99270) *

Primeiro urge salientar uma coisa importante: Greve é fato social. Sendo fato social, as normas que regem os direitos de greve, sempre que se rompe o tecido social que torna a sua coercibilidade viável, tornam-se inócuas. O que quero dizer é que, sempre que houver grave distensão das forças sociais entre governo, forças produtoras, mercado financeiro, e trabalhadores, não adiantará proclamar este ou aquela legislação: a greve acontecerá.

Hoje estamos vivendo uma situação em que se destruiu (também por culpa própria e por culpa da base das categorias, mas não somente isto) a legitimidade e a força dos movimentos sindicais. As cúpulas sindicais foram, por décadas, capituladas por meio de “distribuição” de benefícios e valores, tornando-se, assim como a classe política, desacreditadas e distante de suas bases de sustentação. (mais…)

Federação de Policiais Federais apoia greve dos caminhoneiros


A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) divulgou, neste domingo (27), uma nota de apoio à greve dos caminhoneiros.

Leia a íntegra da nota da Fenapef:

“No dia 11 de junho de 2017, caminhoneiros e cegonheiros fizeram manifestações em várias rodovias brasileiras em apoio à Polícia Federal e ao combate à corrupção.

De lá pra cá, discutiram por diversas vezes sobre iniciar ou não um grande movimento nacional contra a absurda política de aumento de combustíveis implementada pelo Governo Federal.

A Federação Nacional dos Policiais Federais (FENAPEF) e suas entidades representativas nos 27 estados acompanham com atenção e muita preocupação o desenrolar das negociações entre representantes dos caminhoneiros e do Governo, em busca de uma solução que atenda aos anseios dos trabalhadores e da população brasileira. (mais…)

Temer manda PF caçar “infiltrados” entre caminhoneiros


Na busca de “fatos” para desmoralizar a histórica greve dos caminhoneiros, apoiada por boa parte da população brasileira, o governo Temer disse na tarde desta segunda-feira (28) que o governo vai “separar os infiltrados” na greve dos caminhoneiros.

“Temos informações que alguns ali não são caminhoneiros e se infiltraram no movimento com objetivo político. Nós estamos cuidando desse assunto para que a infiltração não afete a retomada imediata da atividade. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) conhece as estradas, conhece quem é líder e sabe das infiltrações políticas. Ela está mapeando. Com muita cautela vai separar quem é caminhoneiro e quem é infiltrado”— disse o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha.

E aí você diz, “mas ele não está falando da esquerda”. Textualmente não mesmo. Mas a primeira coisa que um governo faz para deslegitimar uma greve é acusar os manifestantes de estarem sendo manipulados por lideranças da oposição. Mas podem ser também da extrema direita.  No caso do governo Temer, a oposição é de toda a esquerda, mas a extrema direita pede intervenção.  E você, acha que os “infiltrados” são quem?

(Redação BCS com informações do O GLOBO)