[Covid-19/VCA]: ]: Servidores Penitenciários denunciam SEAP e Diretor do ‘Nilton Gonçalves’ ao MP; Entenda o caso


Conjunto Penal Advogado Nilton Gonçalves,

 

O Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado da Bahia-SINSPEB, entrou com uma representação junto à Promotoria de Justiça de Vitória da Conquista, contra o Secretário de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia e o Diretor do Conjunto Penal Advogado Nilton Gonçalves, pelo fato destes quererem implantar um setor de isolamento para apenados com sintomas ou positivados com coronavírus no Conjunto Penal Nilton Gonçalves de Vitória da Conquista.

De acordo com os servidores penitenciários, o Nilton Gonçalves mal tem condições de custodiar os presos que já abriga, quanto mais receber contaminados com a COVID-19 vindos de outro conjunto penal  Os policiais penais argumentam ainda que o isolamento que a proposta da SEAP é que o isolamento no Nilton Gonçalves sirva também para presos do Conjunto Penal de Vitória da Conquista que é uma Unidade terceirizada.

O SINSPEB  afirma que entrou em contato também com a Defensoria Pública, Tribunal de Justiça e Ordem dos Advogados do Estado da Bahia visando resguardar a saúde e a segurança dos Policiais Penais e demais servidores do Conjunto Penal Advogado Nilton Gonçalves.

Os representantes do SINSPEB aproveitaram a oportunidade de ida ao CPANG e entregaram máscaras e protetores faciais para todos os Policiais Penais e Servidores.

O SINSPEB cobra veementemente a Superintendência de Ressocialização Sustentável, informações acerca dos insumos como materiais de limpeza, álcool gel 70%, protetores faciais, máscaras, dentre outros, que foram doados para as Unidades Prisionais pelo Departamento Penitenciário Nacional-DEPEN há mais de 60 dias e que ainda não estão sendo disponibilizados.

O Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado da Bahia-SINSPEB, não aceita que assim como ocorreu no Conjunto Penal de Feira de Santana, os policiais penais, profissionais de saúde, terceirizados e apenados do CPANG tenham suas vidas e saúde postas em ricos. Por isso, os representantes do Sindicato estão desde ontem (27/07/2020), em Vitória da Conquista para apoiar e reiterar o compromisso de resguardar a saúde e a segurança dos seus filiados, como também para lutar por melhores condições de trabalho.

Nossa reportagem está entrando em contato com a SEAP e a direção do Nilton Gonçalves para ouvir os outros lados da situação.

Aguardem atualizações.

[Covid-19/VCA]: Mais 01 óbito confirmado, 05 em investigação e 124 novos casos ; Confira Boletim


Nas últimas semanas, praticamente todos os dias moradores de Vitória da Conquista estão morrendo de Covid. Nesta terça (28), faleceu uma  mulher de 77 anos, moradora do bairro Recreio, que estava internada desde o dia 19 de julho no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC).

Segundo a Secretaria de Saúde, ela era ‘portadora de Doença cardiovascular crônica’ e teve ‘complicações da Covid-19’. Este é o 47º óbito registrado por Covid-19 em Vitória da Conquista.

Também foram registrados os óbitos de cinco pacientes por suspeita de infecção pela Covid-19 – esses casos aguardam o resultado da investigação laboratorial.

Em 24 horas (de segunda para terça), foram confirmados 124 novos casos de pessoas infectadas pela doença no município, totalizando 2.333 casos confirmados, desde o início do trabalho de notificação que completou cinco meses. Além disso, mais 208 pacientes receberam alta e aumentou para 1.853 os recuperados da Covid-19. Outros 433 ainda estão doentes e correm risco de morte. Destes, apenas 20 estão internados e 405 em tratamento domiciliar.

3.570 casos que foram notificados com suspeita de Síndrome Gripal/Covid-19 estão sendo investigados e aguardam classificação final, dos quais: 3.305 possuem critérios de coleta para exame laboratorial ou Teste Rápido* e 265 aguardam resultado laboratorial de exame RT-PCR. Sendo que, destes casos em investigação, 2.592 recuperaram-se da Síndrome Gripal, 944 apresentam Síndrome Gripal leve e permanecem em tratamento domiciliar e 29 estão hospitalizados.

Ocupação dos leitos – Nesta terça (28), foram disponibilizados mais 10 leitos de UTI na rede SUS do município, que agora conta com 145 leitos (75 enfermarias e 70 UTI) exclusivos para tratamento da Covid-19. Hoje, estão internados 85 pacientes de Vitória da Conquista e de mais outras 32 cidades.

[Conquista]: 20 Leitos Covid contratados no São Vicente estão ‘prestes a ser inaugurados’, afirma Prefeitura


A Prefeitura Municipal de Conquista divulgou uma nota afirmando que os 20 leitos clínicos contratados junto ao Hospital São Vicente estão prestes a ser inaugurados. “Nesta terça-feira (28), foram concluídos os últimos detalhes de acabamento do espaço anexo ao hospital que deve receber já a partir da próxima quinta-feira (30), pacientes com suspeita ou confirmação de infecção pela Covid-19”, diz a nota.

Ainda de acordo com a Secretaria de Comunicação do governo Herzem, além dos leitos contratados, o São Vicente está deixando disponível mais 12 leitos clínicos, totalizando 32 novos leitos.  A Prefeitura já havia contratado outros 30 leitos (20 clínicos e 10 de UTI) que estão em funcionamento desde o dia 08 de maio.

 

De acordo com o superintendente do Hospital São Vicente, Ricardo Alexandre, o hospital  está preparado para receber pacientes da Covid-19 em seus 32 novos leitos. “Desde que foi solicitado, fizemos o possível para realizar a construção desta unidade em cerca de 10 dias. Além dos 20 leitos contratados, o hospital irá dispor de mais 12 leitos, mediante às necessidades do município e para que a cidade não venha a parar e retroceder por conta da pressão hospitalar”, relata o superintendente.

[Conquista]: Servidores da Atenção Básica à Saúde fazem protesto após serem excluídos do adicional de insalubridade


Reprodução Blog do Anderson

 

Servidores municipais da Atenção Básica à Saúde (SUS) fizeram uma manifestação na porta da Prefeitura de Vitória da Conquista na manhã desta segunda-feira (27). O protesto pedia o adicional de insalubridade que foi concedido pelo prefeito Herzem Gusmão apenas aos servidores do SAMU 192 e do Centro de Atenção à Covid-19, preterindo o restante dos servidores da saúde.

No dia 21 passado, o prefeito assinou o decreto 20.400 (LEIA ABAIXO), dando o adicional de insalubridade apenas aos servidores estão na linha de frente do combate à pandemia, mas não contemplou a Atenção Básica.

“A porta de entrada do SUS merece tanto reconhecimento quanto o SAMU 192 e o Centro de Covid, que recebem merecidamente os 40% de insalubridade. Todos os pacientes encaminhados pra lá são referenciados pelas nossas unidades de saúde. Eu como técnica de enfermagem e vacinadora estou diariamente fazendo o meu papel e peço ao município que possa fazer o papel dele também”, disse uma servidora, que chegou a chorar.

No dia 25 de abril, a Câmara de Vereadores aprovou um requerimento que solicitava o adicional a todos os servidores da saúde, mas foi ignorado por Herzem. Atualmente 332 servidores da saúde estão com a covid-19.

Até o momento o prefeito não se pronunciou sobre o assunto.

CONFIRA A ÍNTEGRA DO DECRETO:

DECRETO N.º 20.400, DE 21 DE JULHO DE 2020.

Dispõe sobre a concessão de adicional de insalubridade em grau máximo para os servidores e empregados públicos municipais que estejam prestando serviços de atendimento a pacientes suspeitos ou portadores do Coronavírus.

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE VITÓRIA DA CONQUISTA, Estado da Bahia, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 75, XI, da Lei Orgânica do Município e com fulcro no artigo 71 da Lei Municipal 1.786, de 2011, que trata do Regime Jurídico Único dos servidores públicos municipais,

CONSIDERANDO a necessidade de se adotar medidas de ordem administrativa para o enfrentamento da emergência em saúde pública de importância internacional decorrente do Coronavírus (COVID-19);

CONSIDERANDO que alguns servidores municipais estão atendendo pacientes suspeitos ou portadores do Coronavírus e consequentemente estão expostos a esses agentes biológicos;

CONSIDERANDO o consenso internacional de que o Coronavírus é altamente contagioso, o qual requer um atendimento complexo e especializado;

DECRETA:

Art. 1º Os servidores e empregados públicos, lotados no Centro COVID-19, farão jus ao adicional de insalubridade em grau máximo, nos termos da legislação vigente,enquanto perdurar a situação de calamidade pública.

Parágrafo Único. Deverá ser tomado como termo inicial para a concessão do adicional o início da prestação efetiva do serviço no centro COVID.

Art. 2º Os servidores e empregados públicos, que atuam no SAMU 192 nos cargos/funções de médicos, enfermeiros, motoristas bem como os técnicos e auxiliares de enfermagem também farão jus ao adicional de insalubridade em grau máximo.

Parágrafo único. Deverá ser tomado como termo inicial para a concessão do adicional para os servidores de que trata o caput desse artigo a data de 01 de julho de 2020.

Art. 3º A Secretaria da Saúde deverá informar a Secretaria de Administração os servidores e empregados públicos que fazem jus ao adicional de insalubridade previsto neste Decreto.

Parágrafo único. O direito à percepção do adicional de insalubridade em grau máximo cessará com a eliminação das condições ou dos riscos que deram causa à decretação do estado de calamidade pública.

Art. 4º As despesas decorrentes da execução deste Decreto correrão à conta de dotações orçamentárias próprias, suplementadas, se necessário.

Art. 5º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, ficando revogadas todas as disposições em contrário.

Vitória da Conquista,21 de Julho de 2020.

Herzem Gusmão Pereira

Prefeito Municipal

 

 

[Covid-19]: Mais uma pessoa morre nesta segunda-feira (27) e total de mortos chega a 45


Uma paciente faleceu nesta segunda-feira (27), vítima da Covid-19 em Vitória da Conquista. O 45º óbito registrado é de uma mulher de 54 anos, moradora do bairro Zabelê, sem comorbidades, que foi estava internada desde o dia 10 de julho no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), onde veio a óbito hoje por agravamento do estado de saúde.

Em cinco meses de notificações de casos suspeitos de Síndrome Gripal/Covid-19, a Secretaria Municipal de Saúde registrou 2.209 casos confirmados no município. Hoje, mais 61 pacientes que testaram positivo recuperaram-se da Covid-19 e o número de recuperados subiu para 1.645. Ainda estão em fase de recuperação, 518 pacientes (30 internados e 488 em tratamento domiciliar).

Leitos de Covid prometidos pela Prefeitura no Hospital São Vicente ainda não estão disponíveis

Estão sendo investigados 3.944 casos notificados que aguardam classificação final, sendo que 3.802 possuem critérios de coleta para exame laboratorial ou Teste Rápido* e 142 aguardam resultado laboratorial de exame RT-PCR. Dos pacientes em investigação, 2.723 recuperaram-se da Síndrome Gripal, 1.198 apresentam Síndrome Gripal leve e permanecem em tratamento domiciliar, 22 estão hospitalizados e um paciente foi a óbito com suspeita de infecção pela Covid-19 – caso aguarda resultado da investigação laboratorial. (mais…)

Governo do Estado envia bolhas de contenção para Núcleos Regionais de Saúde de Conquista e outros municípios


Governo do Estado envia 90 bolhas de contenção para Núcleos Regionais de Saúde

O Governo do Estado enviou, nesta segunda-feira (27), 90 bolhas de contenção desenvolvidas pelo Senai Cimatec para os nove Núcleos Regionais de Saúde (NRS) da Bahia, localizados em Salvador, Feira de Santana, Alagoinhas, Ilhéus, Teixeira de Freitas, Juazeiro, Jacobina, Vitória da Conquista e Barreiras. A ação é da força-tarefa coordenada pelas secretarias estaduais do Planejamento (Seplan) e de Desenvolvimento Econômico (SDE).

“Estamos enviando bolhas de contenção de forma sistemática para equipar as unidades de saúde que atendem pacientes com os sintomas da Covid-19, fortalecendo o combate à pandemia e oferecendo mais segurança para os profissionais que estão atuando na linha de frente, salvando vidas”, destacou o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.

As bolhas, confeccionadas com material acrílico transparente, visam reduzir os casos de intubação entre paciente portadores da COVID-19, bem como os riscos de contaminação entre os profissionais de saúde que trabalham na linha de frente de combate à pandemia.

Os Núcleos Regionais de Saúde têm a finalidade de acompanhar as atividades de regulação, vigilância sanitária, dispensação de medicamentos, bem como as ações relativas à Coordenação de Monitoramento de Prestação de Serviços de Saúde, Central de Aquisições e à Corregedoria da Saúde, contribuindo para o fortalecimento da gestão junto aos Municípios.

 

Leitos de Covid prometidos pela Prefeitura no Hospital São Vicente ainda não estão disponíveis


A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Diretoria de Regulação, em nota ao BCS, confirmou que ainda não foram instalados no Hospital São Vicente os mais de 20 leitos clínicos de Covid prometidos e anunciados pelo governo Herzem no último dia 15 de Julho. Os leitos eram para estar disponíveis desde o dia 20.

Segundo a nota, ainda não conseguiram finalizar os trâmites burocráticos e as adequações das instalações na unidade hospitalar.

Ocupação dos leitos – A rede SUS do município dispõe de 135 leitos (75 enfermarias e 60 UTI) exclusivos para tratamento da Covid-19. Neste momento, 84 leitos estão sendo ocupados por pacientes de Vitória da Conquista e de outras 29 cidades:

  • Ibicuí;
  • Jequié;
  • Firmino Alves;
  • Ubatã;
  • Maetinga;
  • Itapetinga;
  • Cândido Sales;
  • Carinhanha;
  • Mirante;
  • Itarantim;
  • Ibirapitanga;
  • Poções;
  • Mararani;
  • Caetité;
  • Anagé;
  • Cocos;
  • Jaguaquara;
  • Eunápolis;
  • Itabela;
  • Wenceslau Guimarães;
  • Iguaí;
  • Malhada de Pedras;
  • Planalto;
  • Nova Canaã;
  • Barreiras;
  • Tanque Novo;
  • Urandi;
  • Coribe;
  • Itambé.

De acordo com informações do último Boletim epidemiológico , 2.174 pessoas testaram positivo para a infecção no município, com 22 novos casos confirmados hoje. Desse total de casos, 1.584 estão recuperados e 545 pacientes seguem em recuperação (34 internados e 511 em tratamento domiciliar).

O número de casos descartados para Covid-19 chegou a 8.055, sendo que 2.859 pessoas apresentaram resultado negativo em exame RT-PCR e 5.196 em Teste Rápido. Outros 3.802 casos notificados com Síndrome Gripal estão sob investigação e aguardam classificação final – 3.698 possuem critérios de coleta para exame laboratorial ou Teste Rápido* e 104 aguardam resultado laboratorial de exame RT-PCR.

Dos pacientes notificados que aguardam classificação, 2.661 recuperaram-se da Síndrome Gripal, 1.118 apresentam Síndrome Gripal leve e permanecem em tratamento domiciliar, e 23 estão hospitalizados aguardando resultado laboratorial.

Clique para conferir o Boletim epidemiológico completo.

Secretaria da Educação da Bahia diz que não há previsão de retorno às aulas; Confira a nota


 

Uma nota divulgada pela Secretaria da Educação da Bahia (SEC) nesta segunda, 27, informou que ainda não está definido o retorno às aulas. De acordo com o governo Rui Costa, “as aulas só serão retomadas em condições de segurança, em consonância com o restante do país e seguindo as melhores práticas e experiências do mundo, de forma segura e sustentável e a definição do momento do retorno às aulas se dará a partir da indicação das autoridades de Saúde do Governo do Estado, no tempo adequado e seguindo os protocolos de segurança.

Confira as demais informações divulgadas pelo governo da Bahia sobre a volta às aulas:

– Os protocolos de segurança e o calendário de retorno às aulas serão debatidos com entidades e instituições pertinentes (UPB, UNDIME, UNCME, SINPRO, APLB, SINEPE, Conselho Estadual de Educação do Estado da Bahia, Fórum Estadual da Educação, Fórum de Gestores e universidades públicas e privadas, além de representações estudantis, seguindo a prática do diálogo, da colaboração e da construção coletiva.

– A Secretaria da Educação do Estado da Bahia adverte sobre a disseminação de notícias falsas. Um fragmento de documento interno, retirado de seu contexto, está sendo usado para desinformar a população, criando a falsa ideia de retorno iminente às aulas. Tal documento, um exercício meramente hipotético de calendário feito com os professores para construir, conjuntamente, as “Trilhas do Saber”, traz expressamente o aviso de que “até que os indicadores de monitoramento da COVID-19 se estabilizem no Estado, não há previsão de retorno” – trecho omitido propositadamente para induzir os leitores a erro.

 

[Covid-19/VCA]: 161 novos casos nesta sexta (24) e 17 mortes em 6 dias; Prefeitura nega descontrole


No Boletim epidemiológico desta sexta-feira (24), foram confirmados 161 novos casos de pessoas diagnosticadas com a Covid-19. Com isso, o número total de casos chegou a 2.111, sendo que 1.566 deles são de pacientes já recuperados, 503 que seguem em recuperação (29 internados e 474 em tratamento domiciliar) e 42 óbitos de pessoas residentes do município.

Após investigação, 7.803 casos notificados pela Secretaria de Saúde foram descartados para Covid-19 (2.617 por exame RT-PCR e 5.186 por Teste Rápido). Outros 3.923 casos de Síndrome Gripal ainda estão sendo investigados, dos quais: 3.603 possuem critérios de coleta para exame laboratorial ou Teste Rápido* e 320 aguardam resultado laboratorial de exame RT-PCR.

Boletim da Prefeitura omite detalhes sobre óbito ocorrido dentro de casa nesta quinta-feira (23)

Dos casos em investigação, 1.090 apresentam Síndrome Gripal leve e permanecem em tratamento domiciliar, 2.818 recuperaram-se da Síndrome Gripal e 14 estão hospitalizados. Além disso, a Secretaria aguarda resultado laboratorial de um paciente que foi a óbito por suspeita de contaminação por Covid-19.

[Covid-19]: Herzem promete Cloroquina, Ivermectina e Azitromicina

Na quarta-feira passada, em reunião em caráter de urgência pela  Câmara Municipal com o Comitê Municipal de Gestão de Crise da Covid-19 da Prefeitura Municipal para discutir o agravamento da pandemia no município, os representantes do prefeito prometeram que serão abertos 3 pontos fixos para a realização de testes rápidos no Centro Glauber Rocha para atender a Zona Oeste, Posto Régis Pacheco para atender a Zona Leste e Urbis VI (local a defirnir), no entanto, até o momento, nada foi feito.

[Covid-19]: Herzem promete Cloroquina, Ivermectina e Azitromicina


O número de mortes em pouco tempo de internação continua a crescer em Vitória da Conquista. Nesta quinta-feria (23), o ‘novo normal’ da cidade voltou a ser a quantidade absurda de mortos em um mesmo dia, 04 pais e mães de família. Diante dessa situação que exige medidas urgentes e eficazes para interromper as mortes, o prefeito Herzem Gusmão gravou um vídeo dizendo que vai pedir estoques de Cloroquina, Ivermectina e Azitromicina, medicamentos que não tem comprovada eficácia.

Sobre a falta de testes rápidos, a inoperância do Call Center e as causas das mortes em curto espaço de tempo nos últimos dias, o prefeito não disse nada. Em relação às 42 mortes, também ignorou, nem mesmo lamentando.

Na quarta-feira passada, em reunião em caráter de urgência pela  Câmara Municipal com o Comitê Municipal de Gestão de Crise da Covid-19 da Prefeitura Municipal para discutir o agravamento da pandemia no município, os representantes do prefeito prometeram que serão abertos 3 pontos fixos para a realização de testes rápidos no Centro Glauber Rocha para atender a Zona Oeste, Posto Régis Pacheco para atender a Zona Leste e Urbis VI (local a defirnir), no entanto, até o momento, nada foi feito e o Prefeito nem mesmo tocou neste assunto no vídeo.

.

CONFIRA A TRANSCRIÇÃO DA FALA:
Muitos médicos do Brasil defendem o tratamento precoce para a COVID-19. Inclusive, a Associação Médica Brasileira (AMB) emitiu uma nota em defesa da autonomia do médico em decidir por este tipo de intervenção. Aqui em Vitória da Conquista, mais de 150 médicos fizeram um abaixo assinado em defesa desse tratamento precoce e solicitando a disponibilização dos medicamentos na rede municipal.

Em defesa da autonomia médica e do acesso aos medicamentos, formamos um comitê de estudos para viabilizar o tratamento precoce e encaminhamos o pedido dos médicos conquistenses ao Ministério da Saúde. Estamos aguardando o envio das medicações solicitadas para garantir à população e aos profissionais de saúde mais um recurso no combate ao coronavírus.

Esta é mais uma ação da administração pública para avançarmos no enfrentamento desta pandemia e na luta pela preservação da vida.

#HerzemGusmão #HerzemPrefeito #VDC #VitóriaDaConquista

Publicado por Herzem Gusmão em Quinta-feira, 23 de julho de 2020

Conquista pede clemência e intervenção de outros poderes para explicar o que está ocorrendo. A Prefeitura continua negando ter perdido o controle da situação, mas não vem a público explicar os motivos do aumento diário de mortos. Não se sabe ao certo qual é o protocolo adotado pela Secretaria de Saúde do governo Herzem para tratar previamente as pessoas que possuem comorbidades e os que estão relatando sintomas. O Call Center não funciona. Não há testes-rápidos suficientes e muitos estão se queixando de estarem apenas sendo orientados a ficar isolados em casa esperando a visita dos agentes, que não dão conta.

Sobram leitos, profissionais, insumos, respiradores e DINHEIRO: morre muita gente.

O Blog do Caique Santos, o MP, Defensoria, Câmara de Vereadores e familiares dos mortos perguntam: O que está ocorrendo? Esse será o nosso “novo normal”? Quando o prefeito virá a público desejar os pêsames aos familiares? E a “grande imprensa”? Não questionam isso?

Enquanto isso a única vez que o Prefeito Herzem Gusmão veio a público foi para garantir aos empresários de Conquista que o comércio não vai fechar, “não iremos retroceder”.

A histórica frase do prefeito Fernando Gomes, de Itabuna, parece ter adeptos em todo o Brasil e em Vitória da Conquista, inclusive por muitos moradores: “O comércio vai abrir, morra quem morrer”.

Deus e a história cobrarão dos que hoje estão no comando e “não retrocedem” diante dos seus erros.

CONFIRA O BOLETIM DESTA TRISTE QUINTA-FEIRA, 23:

 

 

LEIA TAMBÉM:

[Covid-19/VCA]: ‘Comitê de Representação Civil’ montado por Herzem não apita nada

 

MP vai apurar falta de protocolo da Prefeitura no tratamento precoce da Covid-19

 

[Conquista]: Mulher de 43 anos com Covid-19 que morreu em casa buscou ajuda no hospital; Teste da Covid-19 só foi realizado após a morte

 

[Conquista]: Herzem mantém abertura do comércio; Final de semana registra 8 mortos de Covid-19

Vitória da Conquista: 8 pais e mães de famílias mortos neste final de semana pela Covid-19

Mesmo com 96% de UTI´s ocupadas Herzem garante que não revoga decreto de abertura do comércio e culpa Rui Costa: “Perdeu o controle”