[CULTURA]: Espetáculo “R$ 1,99” retorna à Conquista


Um palco, um ator, uma paixão. Com esses três ingredientes, o ator Ricardo Castro apresenta seu espetáculo R$ 1,99,  no Centro de Cultura, dias 27, 28, 29 e 30 de Setembro, sempre às 20h. A produção local é de Adão Albuquerque. Escrito,dirigido, produzido e interpretado pelo próprio, a comédia traz à tona a discussão sobre o valor da arte e a situação financeira do país.

Durante a maior parte do espetáculo, Ricardo coordena, como um maestro, as reações do publico. Faz rir e faz pensar. Leva-nos a avaliar nossos comportamentos e conceitos, para depois amenizar, com seu texto inteligente e leve. Em seguida, volta a lembrar o papel da arte, a função do teatro que entretêm, instiga e mantem acordada nossa consciência. (mais…)

[CONQUISTA]: ONG promove atividades esportivas ao ar livre na Olívia Flores


Na manhã deste último domingo (09) a ONG conquistense LUTAR E VIVER mobilizou toda a comunidade de Vitória da Conquista para uma manhã diferente na tradicional na avenida Olivia Flores, mais conhecida como a “Orla Conquistense”. Os frequentadores da Olívia puderam presenciar e até participar de atividades esportivas diferentes, como aulas de Muay Thai e Jiu Jitsu. A criançada também se divertiu muito com o “pula-pula” enquanto seus pais angariavam conhecimentos esportivos das artes marciais,

A Instituição “ LUTAR E VIVER ” é uma associação civil sem fins lucrativos, filantrópica e de caráter assistencial, social e cultural. A sede é em Vitória da Conquista, na Rua Eduardo Daltro Nº 775 A, bairro Alto Maron. Lá são aplicadas diariamente aulas de Jiu Jitsu, Muay Thai e boxe para crianças, adolescentes, jovens, adultos e o pessoal da melhor idade, sem distinção de sexo, ideologia religiosa e classe social.

Quer saber como pode ajudar esse projeto a crescer ainda mais? Entre em contato através do e-mail [email protected] ou telefone 77 991501796

VEJA AS FOTOS:

Prefeitura afirma que “desativação de algumas escolas na zona rural não se deu de maneira arbitrária”


Prefeitura contesta vídeo gravados por moradores.

Por meio de nota à nossa redação, a Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista se defendeu da denúncia feita por moradores da Fazenda Retiro de que os mesmos foram induzidos a assinar uma petição para melhorar o transporte escolar, quando na verdade seria uma autorização para o fechamento da escola.

“A Secretaria de Educação fez a reunião com os pais dos alunos da Escola na Fazenda Retiro, Distrito do Pradoso, e a mesma está registrada em Ata. O assunto tratado foi a transferência dos alunos para a sede, onde seriam enturmados em suas respectivas séries. Foi exposta na reunião a preocupação da secretaria com a parte pedagógica e aprendizagem dos alunos. Para que não houvesse alguma dúvida pendente, a Ata foi lida e todos os presentes entenderam a situação”, diz a nota.

Ainda sobre o fechamento da escola, a nota diz que “a desativação (…) não se deu de maneira arbitrária. Ocorreu por meio de planejamento e estudos prévios de realocação dos alunos entre as unidades sedes dos distritos, com o cuidado necessário para que não houvesse qualquer tipo de prejuízo à qualidade do ensino prestado”, afirmou a PMVC. (mais…)

[VÍDEO]: Desfile de 7 de Setembro é marcado por protestos dos professores em Conquista


Herzem tenta ignorar protesto, mas olhar demonstra incômodo

O tradicional desfile de 7 de Setembro, data da Independência do Brasil, foi marcado pelo fervoroso protesto dos professores municipais. Logo cedo, os funcionários públicos se posicionaram em frente à tribuna de honra, reservada ao prefeito Herzem Gusmão, sua vice, Irma Lemos e demais autoridades convidadas pelo chefe do Executivo.

Munidos de cartazes e até de uma gigantesca mala preta escrita “Fundeb”, os professores gritavam, “devolva meu salário, devolva meu salário”. O pedido inusitado tem a ver com o desconto de 50% na folha de pagamento dos funcionários públicos pelos 24 dias em que estiveram em greve.  A decisão pegou os educadores de surpresa, uma vez que a Juíza Simone Soares de Oliveira Chaves, em decisão interlocutória, não havia considerado a greve ilegal e o Sindicato do Magistério Público Municipal – SIMMP, já tinha aceitado repor os dias parados. “Pereira cortou o salário dos profissionais da educação, apesar da greve ter sido considerada legal, apesar da disposição da categoria em repor as aulas. Ele atropela de forma truculenta qualquer bom senso, é cruel, covarde e ilegal”, revoltou-se a presidente do SIMMP, Ana Cristina.

 

FUNDEB – PREFEITURA RECEBE QUASE 100 MILHÕES POR ANO

Prefeitura de Conquista recebe quase 100 milhões para gastar apenas com educação

Um outro tema do protesto dos professores é a o pedido de mais transparência na utilização dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – Fundeb. Este dinheiro é um fundo especial, de natureza contábil e de âmbito estadual, formado, na quase totalidade, por recursos provenientes dos impostos e transferências dos estados, Distrito Federal e municípios, vinculados à educação por força do disposto no art. 212 da Constituição Federal. Além desses recursos, ainda compõe o Fundeb, a título de complementação, uma parcela de recursos federais, sempre que, no âmbito de cada Estado, seu valor por aluno não alcançar o mínimo definido nacionalmente. Independentemente da origem, todo o recurso gerado é redistribuído para aplicação exclusiva na educação básica.

A verba do Fundeb varia mês a mês, justamente por se tratar da retirada de arrecadação de impostos específicos e que são variáveis ao longo do ano. Até o início de Setembro, já foi repassado esses valores para o município de Vitória da Conquista. As datas dos repasses são dias: 10; 20 e 30 de cada mês. Ou seja, no mês atual, o executivo recebeu apenas uma parcela, restando ainda duas a serem recebidas.

Por isso que a Secretária de Educação tem o segundo maior orçamento da prefeitura, ficando atrás apenas da saúde.A função do prefeito é gerenciar o fundo. “Não é possível destiná-lo como bem o aprouver. É verba carimbada e tem destino certo. É preciso muita fiscalização para que não haja desvio da verba. Vale ressaltar ainda que o FUNDEB não a única verba que compõe o financiamento da educação.O financiamento da educação conta ainda com a contra partida municipal de no mínimo 25 por cento de arrecadação de impostos municipais. Tem ainda o salário educação”, explica Ana Cristina, presidente do SIMMP.

Só no ano de 2018, a previsão é que a prefeitura receba quase 100 milhões de reais.

PROFESSORES PEDEM DOAÇÕES

O SIMMP, sindicato que representa todos dos professores e monitores de creches da rede municipal de Conquista, abriu contas no Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal para angariar doações aos professores. “Já temos a ADUSB (Associação dos Docentes da Uesb) e o Sindicato dos Bancários que vão doar uma quantia em depósito e outros sindicatos também vão doar”, disse a presidente do Sindicato e professora, Ana Cristina. Os professores colocaram caixas nos supermercados da cidade, pedindo alimentos para os professores e monitores que tiveram os seus salários subtraídos pela Prefeitura.

PREFEITO FECHA ESCOLAS NA ZONA RURAL

Logo em seu primeiro mandato, o prefeito e radialista Herzem Gusmão, também se indispôs com os moradores da zona rural. Sem consultar a comunidade nem entidades que representam a educação, decretou o fechamento de 8 escolas. O caso se tornou mais grave, quando um grupo de moradores da Fazenda Retiro, Distrito de Pradoso, na zona rural de Vitória da Conquista, gravou  um vídeo, protestando contra o fechamento da única escola que atendia às crianças da localidade.

No vídeo, pais de alunos denunciam que foram induzidos a assinar uma petição para melhorar o transporte escolar, quando na verdade seria uma autorização para o fechamento da escola. “A escola foi fechada ilegalmente. Ninguém sabia o que estava acontecendo. Eles vieram aqui com uma lista, para todo mundo aqui assinar, as mães, o pessoal, assinou, sem saber que era para fechar a escola, enganaram todo mundo aqui”, relata uma moradora que se identifica como Daniela.

ENTIDADES LIGADAS À EDUCAÇÃO EMITIRAM NOTA DE REPÚDIO AO PREFEITO DE CONQUISTA

Não foram apenas os professores e pais de alunos que rechaçaram a atitude da prefeitura.  Após o decreto do prefeito Herzem Gusmão que fechou 8 escolas na zona rural,  diversos Grupos e Foruns que representam os educadores da Bahia emitiram uma Moção de Repúdio contra o ato. De acordo com a nota, o prefeito cometeu “um crime que viola a Lei 12.960/2014” pois não houve manifestação do órgão normativo do respectivo sistema de ensino para considerar a justificativa apresentada pela Secretaria de Educação e então analisar o diagnóstico do impacto da ação..

A Moção ainda diz que era preciso o parecer do Conselho Municipal de Educação, que deveria analisar a legislação e as diretrizes educacionais pátrias, estadual e local, além de criar assembleia específica para discutir o tema nas comunidades envolvidas.

A prefeitura alegou que o fechamento se deu pela pequena quantidade de alunos e para conter gastos.

VEJA FOTOS DO PROTESTO

 

[VÍDEO]: Moradores do zona rural de Conquista protestam contra fechamento de escola e dizem que foram enganados


Moradores da Fazenda Retiro, Distrito de Pradoso, na zona rural de Vitória da Conquista, gravaram um vídeo protestando contra o fechamento da única escola que atendia às crianças da localidade. No vídeo, pais de alunos denunciam que foram induzidos a assinar uma petição para melhorar o transporte escolar, quando na verdade seria uma autorização para o fechamento da escola. “A escola foi fechada ilegalmente. Ninguém sabia o que estava acontecendo. Eles vieram aqui com uma lista, para todo mundo aqui assinar, as mães, o pessoal, assinou, sem saber que era para fechar a escola, enganaram todo mundo aqui”, relata uma moradora que se identifica como Daniela.

Os pais de alunos dizem que, entre outros motivos, a transferências compulsórias das crianças para o Pradoso gera transtornos por conta da deficiência do transporte escolar e da estrada quando em épocas de chuva. “Não tem transporte, fica uma semana com aula e duas, três semanas, sem aula porque o ônibus quebra. Quando chega no final do ano que ninguém passa de ano, eles falam que os alunos aqui são burros”, revolta-se Daniela. “O ônibus dos alunos não passa quando está chovendo, não passa de jeito nenhum, atola, aí fica os alunos sem poder ir para a escola”, diz outra mãe de aluno.

“O que aconteceu é que eles vieram aqui e enganou todas as mães, falando que não era para tirar a escola, mas para os ônibus vire pegar as crianças, só que as mães foi enganada e assinou. Eu sei que teve a primeira reunião, as mães não entendeu o que era a assinatura(…) aí teve outra reunião, aí veio, e pegou a assinatura de todo mundo, o pessoal sem entender assinou (…) encostou o ônibus aí e pegou todo o material da escola e o pessoal ficou revoltado porque é uma coisa que não pode acontecer, né?”, conta outro morador que não é identificado no vídeo. (mais…)

[ELEIÇÕES 2018]: Dr. João Aragão, Herling, Fabrício e Zé Raimundo participam de debate com empresários


O Movimento Pró-Conquistas realizou o 2º Café MPC Empresarial, nesta terça-feira (04), no auditório do Sincomércio, em Vitória da Conquista. A proposta foi reunir os principais candidatos a Deputado Estadual com domicílio eleitoral em Vitória da Conquista, lideranças setoriais e a sociedade civil, para dialogar e propor ações pertinentes ao desenvolvimento de Conquista e Região.

Participaram do evento os candidatos: Dr. João Aragão, Cabo Herling, Jean Fabrício e Zé Raimundo. Coronel Esmeraldino e Lúcia Rocha também foram convidados, mas não compareceram. “O 2º Café MPC Empresarial vem dizer à comunidade que nós precisamos dialogar, reunir, debater, discutir, para que a gente possa entender o político e como usá-lo no desenvolvimento sustentável do município. Esperamos deles muito trabalho, honestidade, coerência no que estão fazendo, mas principalmente o entendimento com os vetores que desenvolvem o município”, disse Itamar Figueiredo, presidente do MPC. (mais…)

[ESTÁGIO]: Confira as vagas para Vitória da Conquista


O Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE oferece vagas de estágio para alunos de Vitória da Conquista. As vagas são válidas até quinta-feira (06). Maiores informações ligue 3003-2433 / (77) 3424-4714

 

– Ensino Fundamental – Vespertino ou Noturno (8º ou 9º ano) – 1 vaga

Sexo: Masculino

Idade: 14 a 16 anos.

Jornada:4 horas

Horário a combinar

 

– Ensino Médio  (Cursando 1º ou 2º ano matutino ou noturno) – 4 vagas

Sexo: Ambos (mais…)

[CONQUISTA]: Prefeito manda descontar dias de greve dos professores


Descontos chegam a 559 reais

Os professores da rede municipal de Vitória da Conquista tiveram descontados em seus contra-cheques os 24 dias de paralisação. A decisão pegou os educadores de surpresa, uma vez que a Juíza Simone Soares de Oliveira Chaves,  em decisão interlocutória , não havia considerado a greve ilegal e o Sindicato do Magistério Público Municipal – SIMMP, já tinha aceitado repor os dias parados.

O corte representou 50% do salário de boa parte da categoria. “Pereira cortou o salário dos profissionais da educação, apesar da greve ter sido considerada legal, apesar da disposição da categoria em repor as aulas. Ele atropela de forma truculenta qualquer bom senso, é cruel, covarde e ilegal”, revoltou-se a presidente do SIMMP, Ana Cristina.

PROFESSORES PEDEM DOAÇÕES

De acordo com Ana, o SIMMP pretende abrir contas no Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal para angariar doações aos professores. “Já temos a ADUSB (Associação dos Docentes da Uesb) e o Sindicato dos Bancários que vão doar uma quantia em depósito e outros sindicatos também vão doar”, disse. Os professores vão colocar caixas nos supermercados da cidade, pedindo alimentos para os professores e monitores que tiveram os seus salários subtraídos pela Prefeitura.

 

 

Orquestra Sinfônica da Bahia faz show com entrada franca em Conquista


Após passar por Camaçari, Alagoinhas, Santo Amaro, Valença, Jequié, Feira de Santana, Cachoeira e Ilhéus, a Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) encerra a 2ª etapa de sua circulação pelo interior do estado com a turnê “OSBA NA ESTRADA”, desta vez com um concerto em Vitória da Conquista, no dia 08 de setembro (sábado), às 19h00, Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, que completa neste mês de setembro 32 anos.

A apresentação acontece sob a regência do maestro Carlos Prazeres, atual regente titular e diretor artístico da Sinfônica da Bahia. O concerto conta com entrada gratuita e as senhas serão distribuídas na bilheteria do espaço apenas no dia do evento, a partir das 17h00. (mais…)

Em nota, Sindicato dos Agentes Penitenciários diz que governo da Bahia tem “sanha em terceirizar unidades prisionais”


Após a Operação “Condotieri” deflagrada pela Polícia Federal em Vitória da Conquista e que expôs os detalhes do funcionamento de  uma “organização criminosa” que utilizava o Conjunto Penal, Zona Azul, Prefeitura e Câmara de Vereadores para comprar votos em troca de nomeações para cargos, o Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado da Bahia – SINSPEB, emitiu uma nota à imprensa ressaltando que já havia alertado à sociedade e a Justiça sobre a prática.

O SINSPEB diz na nota que “especialmente em relação ao Conjunto Penal de Vitória da Conquista” a empresa vencedora participou do processo licitatório “mesmo estando submetida a medidas constritivas e expropriatórias em face de condenações na justiça do trabalho” e que “antes da inauguração do Conjunto Penal, o juiz da 7ª Vara da Fazenda Pública na capital havia concedido uma decisão liminar, na Ação Popular nº 0530025-45.2016.8.05.0001, proibindo ao Estado da Bahia que operacionalizasse o referido conjunto penal com trabalhadores que não fosse Agentes Penitenciários de carreira”.  (mais…)