[ELEIÇÕES 2018]: MPC promove sabatina com candidatos a deputado domiciliados em Conquista


O Movimento Pró Conquistas realiza o II Café Empresarial MPC no dia 04 de setembro, terça-feira às 08h. O evento acontece no auditório do Sincomércio, Rua 10 de Novembro, 720 / Recreio.

De acordo com Itamar Figueiredo, presidente do Movimento Pró Conquistas, serão convidados apenas candidatos com domicílio eleitoral em Vitória da Conquista, que serão sabatinados por empresários de diversos segmentos do município.

O MPC pretende dialogar com os candidatos para conhecer as propostas em relação à economia e o desenvolvimento sustentável da cidade, além de articular interesses das principais entidades representativas do setor empresarial da região sudoeste e transformar isso em ações.

Candidato ao senado, Jaques Wagner declara patrimônio de 3,3 milhões


Foto:Arisson Marinho/AGECOM

Em quatro anos o patrimônio do candidato ao senado, ex-governador da Bahia e ex-ministro Jaques Wagner (PT) cresceu 400%.  Wagner declarou patrimônio de R$ 3,3 milhões, valor quatro vezes maior que o declarado  em 2010. Naquele ano, Wagner foi reeleito governadorbaiano.

A nova lista de bens inclui o apartamento de Jaques Wagner no 13º andar do luxuoso edifício Victory Tower, no Corredor da Vitória, calculado em R$ 1,6 milhão, R$ 748 mil em aplicações financeiras diversas e R$ 438 mil em ações na Bolsa de Valores. O ex-ministro declarou ainda a posse de dois apartamentos no Rio de Janeiro, de R$ 25 mil cada, fruto de herança do pai, Joseph Wagner. (mais…)

PT apoia “golpistas” e revolta suas próprias bases no nordeste


Em uma disputa eleitoral, a “boa memória” não costuma ser algo presente na hora de fechar alianças e mágoas e dessabores do passado são deixados de lado em troca de um bom número de votos. No entanto, isso tem causado mágoa em alguns políticos da região Nordeste ligados ao Partido dos Trabalhadores, que têm se queixado da união do partido com alguns nomes que votaram, em 2016, a favor do Impeachment da então presidente da república Dilma Rousseff, os apelidados de “golpistas”.

A união com “golpistas” está sendo costurada em ao menos quatro estados da região, o que tem deixado os locais bastante irritados, inclusive alguns que compõe a base histórica do PT. (mais…)

Ciro Gomes acusa PT de “golpista” por manobra com PSB que o isolou


O candidato a presidente pelo PDT, Ciro Gomes, classificou na tarde desta quinta-feira (2) como golpe a manobra do PT que tirou Marília Arraes da disputa ao governo de Pernambuco para isolá-lo e chamou de aberração a proposta de ser vice de chapa petista.

“O que essa moça Marília Arraes tem a ver comigo? Ela merecia pagar esse preço? Será que o povo de Pernambuco vai engolir com casca e tudo essa providência golpista?”, disse. “Ninguém pode falar em golpe e praticar um golpe. Como se sacrifica um homem como Márcio Lacerda (PSB)?”

A afirmação foi feita nesta quinta-feira (2) durante seminário da Unafisco Nacional (Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil) sobre combate à sonegação e corrupção.

Na quarta-feira (1ª), as cúpulas do PT e PSB resolveram sacrificar candidaturas estaduais em nome de um pacto nacional que leva ao isolamento do candidato pedetista à Presidência.ci (mais…)

Em convenção do MDB, Herzem apoia Lúcio e pede benção de Deus para a família de Geddel


O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, parece não temer o “contágio” da impopularidade. Depois de se declarar “um grande admirador” de Temer e dizer que este “salvou o Brasil”, dessa vez o gestor de Conquista ganhou os holofotes da imprensa ao defender publicamente os irmãos Vieira Lima.

Na convenção do MDB que confirmou a candidatura do ex-ministro João Santana ao governo da Bahia, Gusmão fez um polêmico discurso de agradecimento elogiando a atuação do ex-ministro e atual presidiário Geddel Vieira Lima e seu irmão, o deputado Lúcio: “Estou com Lúcio e tenho certeza que Conquista vai responder pela dedicação que ele tem com o município” e enfatizou: “Que Deus abençoe a família”. (mais…)

Luiz Fux extingue processo que pedia inelegibilidade de Lula


O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, extinguiu uma ação cautelar que pleiteava a imediata declaração de inelegibilidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), condenado e preso na Operação Lava Jato. O autor do processo, o advogado de Goiás Manoel Pereira Machado Neto, argumentava que a inelegibilidade do petista é “notória” e que sua eventual candidatura ocasionaria prejuízos sociais e econômicos ao País.

Neto pedia que o TSE declarasse a inelegibilidade do ex-presidente, impedindo antecipadamente o registro de sua candidatura. O advogado solicitava ainda que o Partido dos Trabalhadores fosse notificado para que apresentasse um novo pré-candidato “com caráter elegível” ao cargo de presidente da República. (mais…)

PSB fecha acordo com PT e deve ficar neutro nas eleições presidenciais


O PSB deve confirmar no próximo domingo a neutralidade na corrida presidencial. A decisão do partido é fruto de um acordo que está sendo fechado na tarde desta quarta-feira como PT, que decidiu retirar a candidatura da vereadora Marília Arraes ao governo de Pernambuco em prol da reeleição do governador Paulo Câmara (PSB). Esse era o principal entrave de uma aliança do PSB com Ciro.

Geraldo Alckmin participa de debate com jovens em São PauloAlckmin acelera negociações com centrão para definir vice
Mas pesou para o partido a força que a sigla tem em Pernambuco, estado que vem sendo governado pelo partido há 12 anos. Pernambuco é o maior diretório do PSB. Em troca da retirada da candidatura da petista, o PSB deve retirar a candidatura de Márcio Lacerda ao governo de Minas Gerais. Ele também representava um obstáculo à reeleição do petista Fernando Pimentel. (mais…)

[VÍDEO]: Deputado chama Daniela Mercury de “endemoniada” e “escrava de Satanás”


O polêmico deputado estadual da Bahia, Pastor Sargento Isidório (Avante) em vídeo gravado na sua página no Facebook, disparou xingamentos contra a cantora Daniela Mercury, chamando-a de “endemoniada” e “escrava de Satanás”, após ela protestar, no último dia 22, contra a decisão judicial que impediu a exibição do espetáculo teatral “O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu”, protagonizado pela atriz transexual Renata Carvalho, no Centro Cultural de Garanhuns, em Pernambuco.

Na filmagem, o deputado disse que Mercury está com “problemas psiquiátricos” e que a maior parte dos gays e lésbicas não concordam com o “sindicato da viadagem”, que segundo ele, a artista está criando. Ainda na publicação, o pastor mandou Daniela “tomar vergonha na cara” e disse que ela “nem para demônio serve”. A cantora Daniela Mercury ainda não se pronunciou sobre a publicação de Isidório.

O Blog do Caique Santos questionou nos comentários da postagem na Fanpage do Deputado se essa atitude não seria um incentivo à violência contra a mulher e à intolerância nas redes sociais, mas o comentário foi deletado da página.

Isidório foi eleito deputado estadual na Bahia pela 3ª vez e agora será candidato à deputado federal. Apesar dos discursos homofóbicos, o deputado faz parte dos aliados do governador Rui Costa (PT) e tem sido presença marcante na Caravana Pela Bahia, comandando uma  banda de percussão que anima os discursos no evento.

 

VEJA O VÍDEO:

Justiça decreta prisão de mais 02 suspeitos da execução de Marielle


Mais dois homens suspeitos de estarem no veículo de onde partiu o tiro que matou a vereadora Marielle Franco (PSOL) e o motorista dela, Anderson Gomes, há quatro meses, tiveram as prisões preventivas decretadas pelo 4º Tribunal do Júri do Rio. Os suspeitos foram identificados a partir do depoimento da testemunha chave do crime, que está sob proteção, mas que não revelou como obteve as informações. A mesma testemunha já tinha denunciado o ex-PM Alan de Morais Nogueira, preso na última terça-feira, também pela execução da parlamentar. Apesar disso, os mandados de prisão contra William e Renato não foram expedidos por causa dos homicídios da vereadora e de seu motorista, mas por um assassinato cometido por uma quadrilha de milicianos que está sendo investigada. Todos são acusados de integrarem o grupo paramiliar de Orlando Oliveira de Araújo, o Orlando da Curicica, preso na Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. (mais…)