Em dificuldades financeiras ‘Fainor’ pede ‘Recuperação Judicial’


Em nota a  Entidade Mantenedora da Faculdade Independente do Nordeste anunciou que teve deferido pelo Poder Judiciário local o processo de Recuperação Judicial. “O processo vai criar o ambiente propício para toda essa reorganização econômica, administrativa e financeira, sem a pressão da crise econômica nacional ampliada pela pandemia do coronavírus”, diz a nota.

LEIA A ÍNTEGRA DA NOTA

Nos últimos meses, a direção da Entidade Mantenedora da Faculdade Independente do Nordeste vem empreendendo uma série de medidas visando aumentar sua competitividade. Toda essa atividade vem sendo amplamente apresentada e divulgada às comunidade interna e externa.

A FAINOR, única instituição de ensino superior que tem toda sua gestão vigente na cidade de Vitória da Conquista, vem planejando e implementando alternativas que facilitem o novo processo de condução institucional. O objetivo é fazer com que a Faculdade continue sendo referência educacional em toda a região.

Para manter o foco nesse objetivo, a FAINOR solicitou processo de Recuperação Judicial. A ferramenta – usada por empresas de todos os portes no Brasil – consiste num recurso para que a instituição possa honrar todos os seus compromissos financeiros e se reorganizar economicamente. Ou seja, Recuperação Judicial significa que a empresa está focada em se manter cada vez melhor no mercado, cumprindo todas as suas responsabilidades e planejando seu futuro.

O pedido da FAINOR foi deferido pelo Poder Judiciário local, num reconhecimento da competência e da honestidade da Instituição. O processo de Recuperação Judicial vai criar o ambiente propício para toda essa reorganização econômica, administrativa e financeira, sem a pressão da crise econômica nacional ampliada pela pandemia do coronavírus.

Em outras palavras, a FAINOR está concretamente viabilizando a superação da crise, a fim de manter o processo de reestruturação interna, a qualidade do serviço educacional prestado, o emprego dos seus colaboradores e para promover a preservação da Faculdade e de sua função social na região Sudoeste da Bahia.

É um processo natural, que se encaixa na estratégia de reestruturação que a FAINOR vem promovendo – e informando de maneira transparente. Faz parte dessa estratégia, por exemplo, a implementação da nova Diretoria Colegiada, responsável por trazer ainda mais modernidade, objetividade e inovação para Instituição.

Assim, a Mantenedora da FAINOR ratifica que a Faculdade continua – e continuará – sendo a mesma instituição qualificada e socialmente responsável de sempre. Forte, sólida e empenhada na manutenção da alta qualidade do ensino prestado. As projeções, inclusive, são as melhores possíveis. A FAINOR conta com um corpo técnico-administrativo de excelência, professores engajados e competentes e com alunos que confiam e representam a qualidade do ensino que recebem.

Este é o momento da FAINOR. É hora de evoluir, transformar as dificuldades em pontos fortes, aprender com a situação singular que envolve todo o mundo e sair dessa crise como uma instituição ainda mais relevante e independente.