Falta de transporte escolar atrasa calendário de crianças da zona rural de Conquista


Foto: Rafael Gumão

O calendário letivo das escolas da zona rural de Vitória da Conquista ficará comprometido por falta de transporte escolar. O retorno do recesso junino da rede municipal, previsto para esta segunda-feira (7), pode ocorrer apenas no dia 22 de julho ou posterior. A situação reduzirá as férias dos alunos e professores da zona rural.

Segundo nota da Prefeitura, “na zona rural, haverá uma reorganização do calendário letivo e o retorno será adiado, com a garantia do cumprimento dos 200 dias letivos (…) a decisão foi tomada em reunião que envolveu os setores pedagógico e transporte da Secretaria de Educação”.

Ainda de acordo com o governo municipal, “parte das empresas habilitadas na última licitação do transporte não apresentou as condições necessárias para operar” e por isso foi necessário novo processo licitatório e adiamento das aulas. A coordenadora Geral do Núcleo Pedagógico, Tânia Novais, garante que  o cumprimento dos 200 dias letivos.

Nos últimos meses a Prefeitura Municipal tem feito contratações emergenciais de transporte escolar, atitude desaprovada pelo Tribunal de Justiça, que determinou a necessidade da licitação para a continuação do serviço de transporte escolar, forçando o cancelamento dos contratos emergenciais.

A direção do Sindicato Municipal do Magistério Público de Vitória da Conquista (SIMMP) considerou o atraso no retorno das aulas como irresponsabilidade da Secretaria de Educação e frisou que as licitações devem ser realizadas em período de recesso para que o transporte escolar seja garantido para todo o ano.

O SIMMP afirma que já encaminhou a denúncia para o jurídico e apresentará também na próxima reunião do Conselho Municipal de Educação.

Com informações do Blitz Conquista e site da Prefeitura.