Geddel dorme em cela sem colchão e sem luz, diz site


O ex-ministro Geddel Vieira Lima está “de castigo” no Pavilhão Disciplinar da Papuda, na 30ª Delegacia de Polícia (São Sebastião), após ter desacatado um agente, na noite de quarta-feira (27). Agora, segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, Geddel foi levado para uma cela com estrutura inferior às da cela da Ala A, do Bloco 5, onde estava alocado.

A nova cela do ex-ministro, de acordo com o jornal, é “equipada” como cama de alvenaria sem colchão e não possui energia elétrica. O preso fica no mínimo sete dias no local e a comida é entregue diariamente, mas não é recolhida. Caso o detento não consuma toda a alimentação, deve conviver com o odor da comida até que seja retirado da cela.

O local ainda não conta com chuveiro e existe apenas uma pia, que é usada também para beber água, e um buraco no chão para fazer as necessidades, o chamado “boi”.

Geddel responde pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa e obstrução de investigação. (Varela Notícias)