General Santos Cruz deixa o governo do presidente Bolsonaro


O general Carlos Alberto dos Santos Cruz deixa nesta quinta-feira (13) ​o comando da Secretaria de Governo da Presidência da República, de acordo com fontes do Planalto. Esta é a primeira baixa da ala militar do governo e a terceira no ministério montado por Bolsonaro. Em fevereiro, Gustavo Bebbiano, da ala política, foi exonerado após denúncias de candidaturas laranjas.

O motivo da saída ainda não foi divulgado. Santos Cruz vem sofrendo ataques do guru de Bolsonaro, Olavo de Carvalho, e críticas dos filhos do presidente. Mas era bem visto internamente, considerado um bom interlocutor e um gestor eficiente e ponderado.

Há cerca de um mês, em Dallas, Santos Cruz disse ao R7 Planalto que estava confortável no governo, apesar da crise com a ala ideológica:

— Não estou preocupado com isso, tenho que estar focado no trabalho. É o que estou fazendo. Fora isso o restante é especulação, normal em política. A continuação [no cargo] é sempre uma prerrogativa do presidente. Eu trabalho normalmente, com honestidade e dedicação em qualquer situação.