Comandante do Exército diz que ‘compartilha anseio de repúdio à impunidade’


foto: Tomaz Silva/Agencia Brasil

As redes sociais e os portais ficaram em polvorosa na noite desta terça (03), véspera do polêmico e histórico julgamento do Habeas Corpus de Lula. Mesmo sem citar o julgamento do ex-presidente, previsto para esta quarta-feira (4) no Supremo Tribunal Federal, o comandante do Exército, general Eduardo Villas Boas, fez um comentário que deu a entender a possibilidade de uma intervenção militar.
Em cerca de uma hora, o post teve cerca de 6 mil curtidas e 3 mil compartilhamentos.

A declaração em um momento de total pressão sobre o Supremo Tribunal Federal (STF), que julga nesta quarta-feira (4) o habeas corpus de Lula. O petista foi condenado pelo Tribunal Regional Federal (TRF4) a 12 anos e um mês de prisão pelo caso do triplex no Guarujá.

Rodrigo Janot, ex-Procurador-Geral da República, lamentou a fala do general do Exército Brasileiro. Em sua página oficial no Twitter, Janot disse “Isso definitivamente não é bom. Se for o que parece, outro 1964 será inaceitável. Mas não acredito nisso realmente”.

MPT anuncia construção de nova sede em Conquista e ações judiciais


O Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia vai anunciar oficialmente nesta quarta-feira (4) a construção de um novo prédio para abrigar as atividades do MPT, com início das obras previsto para os próximos meses.

Estarão presentes o procurador-chefe do MPT na Bahia, Luís Carneiro, e as procuradora do trabalho Manuella Gedeon e Verena Borges. Além da obra, os três representantes aproveitarão para detalhar a atuação do órgão no município e nas 84 cidades de sua abrangência.

Serão abordadas ações recentes, dentre as quais a que pede liberdade sindical para os empregados das Indústrias Nucleares do Brasil S.A (INB), em Caetité, a ação que questiona a dispensa em massa de empregados da fazenda Itaguarana, em Ituaçu, e o acordo judicial com o fazendeiro Gercino Coelho, que resultará em indenização por danos morais que serão destinados a órgãos públicos ou entidades sem fins lucrativos da região.

Ouça na íntegra o Programa BOM DIA CONQUISTA com Caique Santos


MANCHETES:

PREFEITURA DE CONQUISTA VAI APURAR FURTO DE R$ 21.000 DA SALA DE ADMINISTRAÇÃO DO CEASA

PROJETO OFERECE AULAS GRATUITAS DE CORTE E COSTURA EM CONQUISTA

PROTESTOS PELA PRISÃO DE LULA DEVEM OCORRER EM MAIS DE 100 CIDADES NESTA TERÇA

CARMEN LÚCIA PEDE SERENIDADE SOBRE DIFERENÇAS IDEOLÓGICAS

A CADA 5 MINUTOS UMA PESSOA PERDE A PERNA POR CAUSA DO DIABETES

CRIANÇA DE 5 ANOS MORRE ENGASGADA COM PIRULITO

AINDA: AS NOTÍCIAS DO PLANTÃO POLICIAL COM FRARLEY NASCIMENTO

Conquista: PF divulga vídeo completo do Chefe do Cartório recebendo propina


A Polícia Federal divulgou o vídeo que flagra o  titular do Cartório do 1º Ofício de Registro de Imóveis e Hipotecas de Vitória da Conquista, Antonio Carlos de Jesus Bramont recebendo propina.

As investigações tiveram origem em 2016 quando houve o descumprimento, por parte do Titular do Cartório, de decisões oriundas da Justiça Federal e da Justiça do Trabalho. Caracterizado o prejuízo à União, em face desses descumprimentos, o Superior Tribunal de Justiça – STJ fixou a competência da Justiça Federal para o processamento do inquérito policial e das medidas cautelares correlatas. A partir disso foram feitas diligências que permitiram comprovar que o Titular do Cartório cobrava uma espécie de “taxa de agilização” para a realização de atos cartorários, tanto de particulares e como também de corretores de imóveis e despachantes.

VEJA O VÍDEO:

(mais…)

Conquista: PF prende titular do 1º Ofício e outros


A Polícia Federal deflagrou com o Ministério Público Federal na manhã desta terça-feira a Operação Factum para combater o crime de corrupção no Cartório do 1º Ofício de Registro de Imóveis e Hipotecas de Vitória da Conquista, na Bahia.

Foram cumpridos mandados de prisão preventiva do oficial titular do cartório, Antonio Carlos de Jesus Bramont, de prisão temporária de Amanda Bezerra Bramont, Anna Caroline Bezerra de Castro e da despachante Maria Aparecida de Souza Pereira, além de busca e apreensão na residência dos investigados e no cartório.

A organização criminosa é suspeita dos crimes de corrupção, desobediência, prevaricação, uso de documento falso e estelionato, de acordo com o MPF. A investigação revelou que o cartório cobrava o pagamento de valores indevidos em troca de agilidade na prestação de serviços que deveriam ser executados de ofício. Além disso, o titular do cartório descumpriu decisões em processos na Justiça Federal e na Justiça do Trabalho. (Revista Veja)

Assista a matéria no BOM DIA BRASIL:

CEASA: Prefeitura de Conquista vai apurar furto de R$ 21.000 da sala de administração


Mistério. O Diário Oficial desta segunda-feira (02) traz a PORTARIA N.º 573/2018 que detalha a instauração de uma Sindicância Administrativa para apurar o furto de R$ 21.000,00 (vinte e um mil reais) do cofre situado na sala da administração que fica nas dependências da Central de Abastecimento (CEASA Atacado).

O “sumiço” foi registrado no 17 de outubro de 2016,conforme  informações contidas na Comunicação Interna n.º 047/2016, da Secretaria Municipal de Finanças e Execução Orçamentária e documentos anexos.

Será que vai dar cadeia pra alguém?

Criança de 5 anos morre após se engasgar com pirulito: ‘Tristeza muito grande’


A família de Matheus afirmou que ele morreu após se engasgar com um pirulito Foto: Facebook/Reprodução

A família de um menino de 5 anos está inconsolável depois que ele morreu engasgado com um pirulito, na última quinta-feira, em Jaboatão dos Guararapes, a 20 quilômetros de Recife.

De acordo com parentes da criança, identificada como Matheus, o menino estava com três crianças no momento em que puxou o doce do palito e bateu com a cabeça na parede, “fazendo com que o pirulito entrasse na garganta”, diz uma publicação no Facebook.

“Pirulito maldito, levou meu querido e amado Matheus”, afirmou a tia dele, Amanda Sampaio, que também publicou um vídeo no Facebook aos prantos, enquanto alerta internautas sobre os perigos que o doce pode causar. (mais…)

Arábia Saudita proíbe espionar celular do cônjuge


Essa muito marmanjo brasileiro iria gostar. A Arábia Saudita vai punir quem espionar o telefone do cônjuge com pena de até um ano de prisão e multa elevada, anunciou nesta segunda-feira (2) o ministério da Informação.

“As pessoas casadas que planejarem espionar a esposa ou o esposo na Arábia Saudita deverão pensar duas vezes porque a atividade poderia custar-lhes multa de 500.000 rials (108.000 euros), além de uma pena de um ano de prisão”, destacou o ministério em um comunicado publicado em inglês.

A medida se inscreve em uma nova lei contra o crime cibernético que entrou em vigor na semana passada e deve, segundo as autoridades, “proteger a moralidade dos indivíduos e da sociedade, mas também a vida privada”. (mais…)

Justiça condena blogueiro que reproduziu matéria acusando Moro


Os desembargadores da 5.ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3.ª Região (TRF-3) condenaram o jornalista Miguel Baia Bargas, do blog ‘Limpinho & Cheiroso’, por calúnia e difamação contra o juiz Sérgio Moro, da Operação Lava Jato. Segundo o processo, em 2015 o blog atribuiu a Moro suposto vínculo com o PSDB e envolvimento em desvios de R$ 500 milhões. O título do post era ‘Paraná: Quando Moro trabalhou para o PSDB, ajudou a desviar R$ 500 milhões da Prefeitura de Maringá´.”

Os magistrados do TRF-3 impuseram ao jornalista uma pena de 10 meses e 10 dias de detenção, em regime inicial aberto, e 15 dias-multa, substituída a pena privativa de liberdade por uma restritiva de direitos, informou o site jurídico Migalhas. A decisão do TRF-3 foi publicada no dia 23 de março – processo 0013800-35.2015.4.03.6181

Em nota, o advogado do blogueiro, João Vicente Augusto Neves, informou que ‘Miguel apenas reproduziu uma matéria do portal I9 em seu blog com pequena modificação do título da matéria, que não lhe alterou a substância, principalmente, pelo fato do texto da matéria ter sido reproduzido fielmente’.
O desembargador André Nekatschalow, relator da ação no TRF-3, entendeu que o texto não retratou a realidade ao ligar Moro ao trabalho de advogado e ao PSDB, nem ao atribuir relações entre o magistrado e o doleiro Alberto Youssef em processo penal no qual Moro atua. (mais…)