Ouça o Programa BOM DIA CONQUISTA desta quinta-feira 8 de março


DESTAQUES:

  • CONQUISTA NO DÉCIMO PRIMEIRO LUGAR NO RANKING DAS 50 CIDADES MAIS VIOLENTAS DO MUNDO, SEGUNDO ONG INTERNACIONAL
  • MORRE PEDRO EMÍLIO DA SILVA PASSOS E PREFEITURA DECRETA LUTO DE 3 DIAS
  • MULHER GANHA ATÉ 38% MENOS QUE HOMEM EXERCENDO MESMA FUNÇÃO
  • PESQUISA MOSTRA QUE TAREFAS DOMÉSTICAS PREJUDICAM INSERÇÃO DA MULHER NO MERCADO
  • TEMER VAI DAR 10 BILHÕES PARA PREFEITURAS INVESTIREM EM SEGURANÇA
  • GOVERNO QUER QUE DONOS DE POSTOS DE COMBUSTÍVEIS REDUZAM MARGEM DE LUCRO
  • * E AINDA: AS NOTÍCIAS DO PLANTÃO POLICIAL COM FRARLEY NASCIMENTO

Mulheres do MST ocupam parque gráfico do Jornal O GLOBO


Cerca de 500 mulheres de diversos movimentos populares realizaram, na manhã desta quinta-feira (8), um protesto no parque gráfico das organizações Globo no Rio de Janeiro (RJ). Elas denunciam o papel da imprensa no “golpe de Estado” instaurado em 2016 e reivindicam a garantia de eleições livres e democráticas.

Por volta das 5h30, as mulheres chegaram em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, onde estenderam uma enorme faixa com os dizeres: “A Globo promove intervenção para dar golpe na eleição”.

O protesto foi organizado pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Levante Popular da Juventude, Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA).

Para Ana Carolina Silva, integrante do Levante Popular da Juventude, as empresas de comunicação — ao contrário dos sistemas político e judiciário, que também tiveram participação direta no golpe — não estão sendo associadas a este processo. (mais…)

BBC: Conquista entre as 50 cidades mais violentas do mundo


Infelizmente a cidade de Vitória da Conquista é mais uma vez manchete em todo o mundo, ostentando a posição número 11 entre as 50 cidades mais violentas do mundo, segundo ranking divulgado nesta semana pela organização de sociedade civil mexicana Segurança, Justiça e Paz, que faz o levantamento anualmente com base em taxas de homicídios por 100 mil habitantes.

O Brasil é o país com o maior número de cidades entre as 50 áreas urbanas mais violentas do mundo, s

São 17 cidades brasileiras com mais de 300 mil habitantes listadas no ranking, que é encabeçado pela mexicana Los Cabos (com 111,33 homicídios por 100 mil habitantes em 2017) e pela capital venezuelana, Caracas (111,19).

Natal (RN) aparece em quarto lugar, com 102,56 homicídios por 100 mil habitantes – para se ter uma ideia, a Organização Mundial da Saúde (OMS) considera uma taxa acima de 10 homicídios por 100 mil habitantes como característica de violência epidêmica.

Outras cidades brasileiras que aparecem no ranking são Fortaleza (CE), Belém (PA), Vitória da Conquista (BA), Maceió (AL), Aracaju (SE), Feira de Santana (BA), Recife (PE), Salvador (BA), João Pessoa (PB), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Macapá (AP), Campos de Goycatazes (RJ), Campina Grande (PB), Teresina (PI) e Vitória (ES). (mais…)

DIA DA MULHER: Homenagem da Viação Vitória


A Viação Vitória presta homenagem ao Dia Internacional da Mulher, relembrando a segunda Moção de Aplauso que a Câmara Municipal de Vereadores fez para as mulheres motoristas da empresa, a primeira a dar a elas oportunidade de provar que lugar de mulher é no volante também.

A indicação da Moção foi de outra mulher de destaque em Vitória da Conquista e que também merece ser lembrada, a Vereadora Lúcia Rocha.

PRÊMIO LORETA VALADARES: Conheça as mulheres que vão receber a homenagem


A Câmara de Vereadores de Conquista realizará nesta sexta-feira (9) a entrega do do Diploma Mulher-Cidadã Loreta Valadares em comemoração do Dia Internacional da Mulher. O evento começa às 8h30 da manhã. Seis pessoas receberão o diploma.

•Capitã Lorena da Silva Vitória Santos – Elaborou e executou projetos como “Garota Comunidade BCS”, “Patrulha Comunitária, entre outros projetos em defesa das mulheres vítimas de violência e situações de vulnerabilidade social;

•Elza Ferreira Mendes – Assistente Social, já foi Coordenadora Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, do Centro de Referência da Mulher Albertina Vasconcelos, e desenvolve trabalhos sociais voltados para mulheres da Zona Rural;

•Iraci Sena Rocha Ramos – Presidente da Associação de Agricultores Familiares Remanescentes de Quilombo de Corta Lote;

•Ivana Patrícia Almeida da Silva – Psicóloga do Centro de Referência Albertina Vasconcelos, doutora em estudos sobre as mulheres, gênero e feminismo na UFBA, e presidente da União de Mulheres de Vitória da Conquista.

•Klêicia Souza da Silva – Educadora Social na Coordenação Municipal de Políticas e Diretos LGBTs

•Vânia da Cruz Silva – Comandante da Ronda Escolar; membro da Câmara Temática de Violência contra a Mulher do Conselho da Mulher de Vitória da Conquista.

 

QUEM FOI LORETA VALADARES?  

Militante do Movimento Estudantil da Ação Popular (AP), nos anos de 1960, participou bravamente da luta contra a ditadura militar. Sequelas da prisão e da tortura comprometeram profundamente sua saúde, mas não a impediram de prosseguir na aguerrida militância comunista. Em plena clandestinidade, atuou junto a Diógenes Arruda e outros (as) na organização de cursos de marxismo-leninismo. Nos anos de 1980, foi professora de Ciência Política da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal da Bahia. Também foi professora da escola do PCdoB, em cursos nacionais e na Bahia. Escreveu importantes textos sobre os fundamentos do Partido de tipo leninista e sobre o PCdoB, os quais têm sido bibliografia dos diversos cursos partidários. Líder emancipacionista, além do testemunho de vida, deixa uma enorme contribuição ao movimento de mulheres e de luta para a conquista e garantia dos direitos humanos no país. Desde 2005, empresta seu nome ao Centro de Referência Loreta Valadares – Prevenção e Atenção a Mulheres em Situação de Violência (CRLV), em Salvador-BA. Também em sua homenagem foi constituída a Escola de Formação Loreta Valadares, a seção estadual/BA da Escola Nacional do PCdoB.

Ouça o Programa BOM DIA CONQUISTA desta Quinta (07 de março)


DESTAQUES:

EXCLUSIVO: DIRETORA DA APAE EXPLICA OS MOTIVOS DOS ATRASOS NOS PAGAMENTOS DOS SALÁRIOS DOS FUNCIONÁRIOS E ESPOSO DE FUNCIONÁRIA CONTESTA EXPLICAÇÃO

PREFEITURA VAI INICIAR PROCESSO DE REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

STJ DECIDE QUE LULA PODE SER PRESO APÓS 2ª INSTÂNCIA

* E AINDA: AS NOTÍCIAS DO PLANTÃO POLICIAL COM FRARLEY NASCIMENTO, EM DESTAQUE A MORTE DO MÚSICO “FEIJÃO”

ADUSB e CONSU contra o veto do Reitor da UESB [entrevista exclusiva]


Em entrevista exclusiva ao Programa BOM DIA CONQUISTA, apresentado pelo jornalista Caique Santos na Rádio Melodia FM (87,9), Sérgio Luiz, professor e presidente da Associação dos Docentes da Uesb – ADUSB, diz que a atitude do Reitor Paulo Roberto em vetar a decisão do Conselho Universitário – CONSU, é inédita na história de todas as Universidades da Bahia e demonstra falta de respeito à democracia da Instituição.

A Adusb entrou com um mandado de segurança para barrar o veto do Reitor e aguarda o julgamento do mérito que ainda não saiu. Em sua fala, Sérgio Luiz diz que o mandato de segurança “é contra o veto do Reitor e não contra o Reda”, e que o veto “mexe com a democracia interna da Universidade”.

A decisão do Reitor anulou a decisão do Consu e segundo Sérgio, o veto pode suspendê-la, invalidá-la.

Nossa reportagem buscou uma entrevista com o Reitor Paulo Roberto a Assessoria de Comunicação da Uesb disse não ser possível.

Entenda o caso

Alegando ter pouco tempo para organizar um concurso público com provas, o Reitor aprovou um edital em que os candidatos precisam apenas apresentar títulos (currículo) que geram uma pontuação com critérios obscuros. O Conselho Universitário votou pelo cancelamento do Reda, por entender que o regulamento determina que este tipo de concurso necessita que também haja uma prova de conhecimentos específicos. O Reitor derrubou o veto e prosseguiu com o Reda, convocando os aprovados. A Adusb e Consu se uniram para tentar derrubar o veto do Reitor, sob a alegação de que o mesmo fere a democracia da autarquia e o regimento. Os concursados também estão mobilizados para tentar garantir judicialmente suas convocações e apoiam a decisão do Reitor.

Ouça a entrevista completa

 

Ouça o Programa BOM DIA CONQUISTA desta terça-feira (06)


PROFESSORES ENTRAM COM MANDADO DE SEGURANÇA CONTRA VETO DO REITOR E CRISE POLÍTICA NA UESB SE AGRAVA

SUS inclui novos medicamentos para doenças reumáticas

Juiz cassa mandado de segurança e Prefeitura seguirá com obra na Rua Uruguai

Empresas da BRF fraudavam exames para detectar salmonella

E AINDA: AS NOTÍCIAS DO PLANTÃO POLICIAL COM FRARLEY NASCIMENTO

EXCLUSIVO: Diretora da APAE conta tudo sobre a crise na Instituição


Na entrevista a diretora da APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, Deise Placha diz que por conta do não cumprimento por parte do município dos trâmites burocráticos em 2015, ainda na gestão do governo Guilherme Menezes, verbas já empenhadas pelo Governo Federal não chegaram à APAE e com isso funcionários sofrem com demissões e atrasos nos pagamentos de salários (até 8 meses).

Alguns funcionários acusam também a direção de escolher quem vai e quem não vai receber sem um critério, acusação que Placha rebate justificando que só pode pagar funcionários lotados na área que liberou a verba.

O Blog do Caique Santos pretende procurar a Prefeitura para saber como está resolvendo a questão e os vereadores que acompanham o caso.

Ouça a entrevista exclusiva cedida em primeira mão ao nosso blog pela  diretora da APAE Deise Placha.