Petrobras perde processo de R$ 2,4 bilhões


Um tribunal de arbitragem internacional concedeu ganho de causa à Vantage Drilling International em uma disputa de US$ 622 milhões com a Petrobras, informou a Vantage nesta segunda-feira (02).

A Petrobras America e a Petrobras Venezuela Investments & Services, ambas subsidiárias da estatal, violaram o contrato para prestação de serviços de perfuração do navio-sonda Titanium Explorer, de fevereiro de 2009

O imbróglio entre as companhias começou em agosto de 2015, quando a estatal notificou a Vantage sobre a rescisão do contrato de perfuração. Na ocasião, a Petrobras alegou que a companhia americana havia violado as suas obrigações contratuais. Do outro lado, a Vantage iniciou uma arbitragem alegando rescisão injusta. Em nota, o presidente da Vantage, Ihab Toma, disse estar satisfeito com a decisão. “Estamos muito satisfeitos com a decisão do Tribunal de aplicar nosso contrato de perfuração com a Petrobras. Acima de tudo, continuamos focados em fornecer serviços de perfuração superiores aos nossos clientes”.

A Vantage tem uma frota de três navios-sonda.

(O GLOBO)