Polícia Militar recebe da Receita Federal de Vitória da Conquista doações em bens na ordem de R$138 mil


Drones, equipamentos de informática, aparelhos de telefonia celular e caminhão estão entre os itens que reforçarão a segurança pública na região. Na manhã desta quinta-feira (28), foi formalizada a doação de um caminhão e diversos equipamentos pela Delegacia da Receita Federal em Vitória da Conquista em favor da Polícia Militar da Bahia.

O ato simbólico ocorreu na sede da Receita Federal na cidade, e contou com a participação de autoridades e servidores de ambos os órgãos. Os produtos são oriundos de apreensões realizadas na região em ações de combate a crimes de contrabando e descaminho. O trabalho é realizado por uma equipe da RFB em parceria com várias outras instituições, especialmente da segurança pública, como a própria Polícia Militar.

Quando apreendidas e, ao final do processo, sendo dada a pena de perdimento, aquelas mercadorias ou veículos envolvidos em crimes de contrabando ou descaminho podem ter quatro tipos de destino final: destruição (cigarros e produtos falsificados, por exemplo), doação, leilão ou incorporação. Essa definição é dada pela autoridade tributária a partir do que determina a legislação aduaneira.

Fazem parte do reforço logístico doado à PMBA 1 caminhão, 120 aparelhos de celular, 2 drones, 26 pendrives, 27 carregadores de pilha, 5 radiocomunicadores, 6 balanças digitais de precisão, 8 binóculos, 20 HD externos e 4 microcomputadores.

Segundo o delegado da Receita Federal na cidade, auditor-fiscal Andrey Soares de Oliveira, “a Receita Federal é um órgão singular, cujo objetivo maior, como administração tributária, é arrecadar os recursos para que o Estado possa cumprir o seu papel, atendendo à necessidades básicas do cidadão”.

Ainda segundo o delegado, “enquanto administração aduaneira, a Receita tem papel importante na proteção à saúde e à segurança das pessoas, à indústria nacional e ao emprego dos brasileiros contra produtos contrabandeados e contrafeitos. Com esse tipo de doação, damos um golpe no crime organizado e, ao mesmo tempo, fortalecemos as instituições parceiras que prestam serviços essenciais à população, como é o caso da Polícia Militar da Bahia”.

“Esta parceria salutar das instituições, reforça o elo entre os profissionais e aumenta confiança da sociedade local nos resultados alcançados”, comentou o Coronel Ivanildo da Silva, Comandante da Polícia Militar no município.