“Rapaaazzz”…Filho de “Ratinho” é eleito.


O candidato Ratinho Júnior (PSD) venceu a disputa para o governo do Paraná, com 60,08% dos votos válidos. A atual governadora Cida Borghetti (PP) ficou em segundo lugar, com 15,54% dos votos válidos.

Até agora foram apurados 96,46% das urnas no estado. Os votos brancos somam 5,46% e os nulos, 8,24%. A abstenção está em 16,98%.

Filho do apresentador de televisão Carlos Massa, o Ratinho, estreou na política com 21 anos, quando foi eleito deputado estadual pelo PSB, no Paraná. Em 2006, concorreu a deputado federal, pelo PPS, e conquistou uma vaga na Câmara Federal.

Foi reeleito em 2010, dessa vez, filiado ao PSC. Dois anos depois, tentou, sem sucesso, ser prefeito de Curitiba. Após a derrota, voltou a atuar na capital paranaense: foi secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, no primeiro governo do tucano Beto Richa.

Em 2014, elegeu-se deputado estadual, com mais de 300 mil votos, a maior votação do Paraná. Durante o mandato na Assembleia Legislativa, assumiu novamente a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, mas tenta se desvincular politicamente do ex-governador.

Natural de Jandaia do Sul, tem 37 anos. É formado em Propaganda e Marketing pela Faculdade Internacional de Curitiba e pós-graduado em Direito do Estado pela Universidade Católica de Brasília.

Senado

Os candidatos Oriovisto Guimarães (Podemos) e Flávio Arns (Rede) foram eleitos senadores pelo Paraná. Com 96,46% das urnas apuradas, eles ficaram com 29,32% e 23,18%, respectivamente.

O candidato Roberto Requião, que disputava a reeleição, ficou em terceiro lugar, com 14,82% dos votos válidos.

Os dois candidatos recém-eleitos vão ocupar uma cadeira no Senado ao lado de Álvaro Dias (Podemos), que assumiu em 2014 e tem mais quatro anos de mandato.

(JORNAL O TEMPO)