Decreto Municipal: Comércio de rua e serviços passam a abrir mais cedo; Confira horários


As medidas temporárias de prevenção ao contágio pela Covid-19 em Vitória da Conquista foram prorrogadas até 10 de maio. O Decreto nº 21.011, publicado no Diário Oficial do Município nesta segunda-feira (03), mantém os horários de funcionamento estabelecidos nos últimos decretos com exceção do comércio de rua e serviços.

Até 10 de maio de 2021, o comércio de rua e os estabelecimentos que prestam serviços poderão funcionar de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e, no sábado, das 8h às 12h. Até esta segunda-feira, o horário de abertura das lojas e serviços acontecia às 9h.

Os demais setores devem permanecer funcionando nos horários abaixo:
Transporte público coletivo – 05h às 22h;
Prestação de serviços – 08h às 18h;
Academias de ginástica, com exceção de aulas coletivas – 06h às 21h;
Bares, restaurantes e congêneres – até às 21h;
Shopping centers – 10h às 21h;
Serviços de delivery – até 00h;
Atos religiosos litúrgicos, com capacidade máxima de lotação de 30% – até as 22h.

Para a prorrogar as medidas, a Administração Municipal tem observado as taxas de contaminação pelo novo coronavírus no município, o número de casos confirmados e a taxa de ocupação de leitos para Covid-19 por moradores do município.

Prefeitura dialoga com Projeto Axé sobre proteção e inclusão da população em situação de rua


Com o objetivo de fortalecer as ações de proteção social voltadas à população em situação de rua, o secretário de Desenvolvimento Social, Michael Farias, se reuniu em Salvador com os coordenadores de arte e educação do Projeto Axé, Ângela Gonçalves e Marcos Cândido.

O encontro, realizado na última sexta-feira (30), teve como pauta principal os desafios para a garantia de proteção a esse segmento da população e também a necessidade de se construir um censo que melhor dimensione o quantitativo e características da população em situação de rua em Vitória da Conquista.

Outro ponto tratado foi à formação dos profissionais que atuam nas diversas políticas públicas que atendem esse segmento, o que poderá ser viabilizado com a parceria entre a prefeitura e a instituição.

Para Michael, a reunião materializa o compromisso da gestão municipal com a população em situação de rua. “O objetivo da Prefeitura é a busca incessantemente de resultados que, de fato, transformem a vida dessas pessoas” ressaltou o secretário.

O Projeto Axé é uma Organização Não Governamental que trabalha para desenvolver o potencial ilimitado dos jovens. O Axé nasce em 1990 e já atendeu  quase 30.000 crianças, adolescentes e jovens subtraídos da pobreza educativa, sobretudo em ações de inclusão/proteção para a população em situação de rua.

SUSPENSO: Edital de Licitação do Transporte Público de Vitória da Conquista


Está suspenso o polêmico edital, que também já havia sido denunciado ao MP-BA por vereadores do PCdoB. A informação foi publicada no Diário Oficial do município , na noite desta segunda-feira (3).

O edital recebeu impugnações.

O Secretário de Mobilidade Urbana, Diego Gomes, afirmou ao jornalista Caíque Santos, via whatsapp, que a decisão foi tomada pela Prefeitura, para avaliar se deve ou não alterar o edital. “Após o recebimento de impugnações, decidimos suspender o edital para uma análise mais aprofundada em relação aos pedidos e, consequentemente, se entender necessário, fazer as alterações solicitadas. Para não haver mácula ao processo, entendemos que era a melhor alternativa”, disse Gomes.

MP Acionado – Os vereadores Luciano Gomes e Ricardo Babão, ambos do PCdoB, acionaram o Ministério Público, por meio de ofício, pedindo a intervenção do órgão no edital de licitação (02/2021) do transporte público municipal de Vitória da Conquista, mais precisamente no ato de exclusão das chamadas linhas sociais que atendem as localidade de Pradoso, Santa Marta, Conveima, Guarani, Lagoa das Flores, Cruzeiro, Campo Verde, Alto Maron e Aeroporto. A ação foi protocolada na tarde da sexta-feira, 19 de março.

O documento frisou a importância dessas linhas para a população e reforçou o Art. 6º da Constituição Federal, que diz que “São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o transporte, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma desta Constituição”.

Além de acionar o Ministério Público, o vereador Luciano Gomes entrou com um requerimento na Câmara, pedindo a prefeita Sheila Lemos que altere o edital para incluir as chamadas linhas sociais. “Entendo esse arranjo como um ato discriminatório. Se querem contemplar as vans, que o façam de outro jeito, até porque não somos contra os vanzeiros, ao contrário, queremos uma solução para o problema do transporte, mas daí a descobrir um santo para cobrir outro é complicado”, ressaltou, usando um antigo ditado popular para demonstrar a sua insatisfação.

Em entrevista cedida ao Programa Rádio Chofer (Melodia FM 87,9), produzido e apresentado por Caíque Santos, o Secretário de Mobilidade Urbana de Vitória da Conquista falou sobre a possibilidade de renovação dos contratos de aluguéis das atuais empresas de transporte prestadoras de serviço até que o processo seja finalizado.

Rodoviários – Não bastasse tudo isso, os rodoviários temem que as empresas alugadas pela PMVC demitam cobradores para obter mais lucros. Um motorista que pede para não ser identificado, afirma que até mesmo o botão que libera a catraca já teria sido instalado em alguns ônibus. Nossa reportagem ainda investiga o caso.

Foto enviada por um rodoviário, onde estaria o botão para substituir o cobrador

 

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM O SECRETÁRIO DA SEMOB: DIEGO GOMES. ASSISTA. 

EDITAL

De acordo com o Edital lançado, serão selecionadas Concessionárias para os Lote 1 e 2 para a exploração de serviços de transporte coletivo, por oferta de número de veículos e quilometragem para exploração de 50% da oferta de cada lote sem exclusividade de linhas, que serão definidas pelo Poder Concedente.

O Edital proíbe que o serviço de transporte seja prestado com caráter de exclusividade.

As tipologias de veículos a serem utilizados ao longo de toda a concessão devem ter idade máxima de 10 anos e a idade média máxima não poderá ser superior a cinco anos. Além disso, 100% da frota deve ter acessibilidade universal.

O prazo da concessão será de 10 anos renováveis por igual período.

O valor estimado da concessão dentro do prazo definido é de R$ 286.548.667,20.

No caso da Bilhetagem Eletrônica (o município começou a implantar novo sistema em outubro de 2020), o exercício das funções terá sua gestão de responsabilidade do Poder Concedente, que poderá delegar às concessionárias ou a terceiros

Bahia recebe primeiro lote de vacinas da Pfizer e mais 405 mil doses da AstraZeneca


As primeiras 26.910 doses da vacina da Pfizer contra a covid-19 chegaram à Bahia na tarde desta segunda-feira (3). Do galpão do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer), as unidades serão distribuídas exclusivamente em Salvador. Também nesta segunda-feira (3), na parte da manhã, a Bahia já havia recebido mais 405 mil unidades da AstraZeneca/Fiocruz, destinadas à aplicação da segunda dose em todos os municípios baianos.

Segundo o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, a vacina da Pfizer é a que possui maior eficácia protetora hoje no mundo. “Uma vacina que, por um lado, protege mais, pois até com uma única dose ela já garante 80% de proteção. Mas é uma vacina que não pode ser utilizada em pessoas com alergias muito fortes, de modo geral as pessoas chamadas atópicas, que têm alergia a medicamentos, a frutos do mar, alergias múltiplas e reações severas alérgicas”.

O secretário também informou que a previsão do Ministério da Saúde é “já a partir do próximo mês de junho, um quantitativo maior de doses [da Pfizer] seja encaminhado para todo o País. A ideia desse primeiro lote de 1 milhão de doses, fracionado em 500 mil, foi exatamente testar a estrutura da nova cadeia de frio. É uma cadeia de frio diferente da habitual”.

A coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Vânia Vanden Brouke, explicou que, como a logística para a vacina da Pfizer é diferenciada, a Bahia investiu em equipamentos de refrigeração para manter as doses em temperaturas ultra negativas. “Nós já fizemos aquisição e a distribuição de 30 ultracongeladores aqui para o Estado da Bahia e também para câmera negativa na nossa Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos”.

Ultracongeladores

A Bahia possui 30 ultracongeladores em nove cidades polo, com capacidade para armazenar as vacinas da Pfizer. Esta é uma realidade diferente de outros estados, que concentram a infraestrutura apenas na capital, impossibilitando a imunização no interior em virtude de não terem equipamentos que chegam a temperaturas de até -86°C.

Os equipamentos estão localizados nos municípios de Feira de Santana (5), Juazeiro (3), Jacobina (2), Ilhéus (4), Teixeira de Freitas (2), Barreiras (3), Alagoinhas (1), Vitória da Conquista (5) e na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (5), em Simões Filho, mas que atende toda a Região Metropolitana de Salvador.

Vacinação

De acordo com a coordenadora do Programa Estadual de Imunização, a Bahia está se sobressaindo na vacinação. “Temos tido uma posição de destaque no número de doses aplicadas em relação ao número de doses distribuídas. A gente está sempre se mantendo entre os cinco primeiros estados nessa proporção. A Bahia vem acelerando seu processo de vacinação, e a gente agradece a parceria de todas as secretarias municipais de Saúde”, finalizou Vânia Vanden Brouke.

Repórter: Raul Rodrigues

Projeto Cicom – Integração Solidária recebe Moção de Aplauso da Câmara Municipal de Vereadores de Vitória da Conquista


No dia 27 de abril, o Capitão PM Wagner Rocha (Coordenador do Cicom Centro Sul) e a Sargento BM Adriana Oliveira (autora do projeto Cicom – Integração Solidária) receberam a moção de Aplauso número 23/2021 aprovada pela Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista.

O Centro Integrado de Comunicação (Cicom), neste período de enfrentamento da Covid-19, passou a registrar e monitorar os impactos socioeconômicos produzidos nos grupos mais vulneráveis da população. Diante de tais efeitos, elaborou mecanismos que pudessem amenizar o sofrimento de muitas pessoas por conta da crise do isolamento social, desemprego e também do frio que assolam a Região Sudoeste.

Para cumprir a missão, uniu forças com instituições, entidades e cidadãos. Além disto, o projeto, por meio da Sargento BM Adriana buscou parcerias junto ao Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Rodoviária Estadual, Polícia Militar, Polícia Civil e Conjunto Penal de Vitória da Conquista.

O projeto Cicom – Integração Solidária presta atendimento a centenas de famílias em situação de vulnerabilidade em áreas urbanas e rurais, centros de acolhimento de moradores em situação de rua, abrigos de idosos, e outras instituições filantrópicas. A equipe entrega sopas, quentinhas, alimentos não-perecíveis e materiais de limpeza, além de agasalhos e cobertores, entre outros.
OBS: Em respeito aos protocolos de prevenção ao COVID-19 não houve solenidade formal para entrega dos títulos.

Bancada de Oposição faz visita de fiscalização nas escolas municipais para o possível retorno às aulas presenciais.


Na manhã desta segunda-feira, 3, a Bancada de Oposição da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) iniciou uma série de visitas às escolas municipais, a fim de fiscalizar a adequação da estrutura física aos parâmetros ideais para o possível retorno às aulas presenciais.
A primeira unidade a receber a ação foi a Escola Municipal Moisés Meira, no Distrito José Gonçalves. Na visita, os parlamentares foram informados de que nenhuma adaptação foi feita na escola visando a volta às aulas presenciais. Além disso, os parlamentares observaram a ventilação reduzida das salas de aula e também a ausência total de torneiras nas pias do banheiro masculino.
Ainda de acordo com o que foi informado aos edis, antes da pandemia todas as salas de aula estavam ocupadas, o que impõe limites a uma possível redistribuição dos alunos, para reduzir a quantidade de estudantes por sala.
Líder da Bancada de Oposição, o vereador Valdemir Dias (PT) apontou que várias adequações ainda precisam ser feitas. “Ainda falta muito para que haja esse retorno. Nós encontramos os banheiros masculinos sem torneiras, uma coisa básica, que não deveria estar em falta. Imagine uma pia na entrada da escola e álcool em gel”, analisou.
O vereador Alexandre Xandó (PT) lembrou que a prefeitura teve mais de um ano para pensar nas readequações e ainda não as fez. “A prefeitura teve um ano para pensar em readequar as estruturas das escolas. A gente precisa ter alterações, instalação de pias nas áreas coletivas, pensar na quantidade de alunos nas salas de aula e são salas com uma ventilação muito limitada. Ainda não são condições seguras de retorno”, apontou Xandó.
A expectativa é de que as visitas continuem acontecendo em outras escolas da Zona Rural e também da Zona Urbana. “Estamos planejando uma série de visitas para verificar, pegar uma amostra de como anda a estrutura das escolas, pensando na discussão de possível retorno presencial. Nessa primeira visita, a gente vê que não há nenhuma condição”, analisou o líder da Oposição.

Aliado de Bolsonaro quer depoimento de secretários de Saúde do nordeste na CPI da Covid-19


Membro da base governista e integrante da CPI da Covid, o senador Eduardo Girão (Podemos-CE) protocolou um requerimento para convidar o secretário da Saúde da Bahia (Sesab), Fábio Vilas-Boas, para depor na comissão.

Além do gestor baiano, ele propõe que secretários de saúde de todos os estados do Nordeste também sejam convidados a depor no colegiado.

Na justificativa, Girão diz que a convocação “se destina, exclusivamente, a verificar a adequada aplicação dos recursos federais repassados aos estados que compõem o Consórcio do Nordeste em razão da pandemia de Covid-19”. “No caso concreto, a CPIPANDEMIA não está interessada nos atos de gestão do executivo municipal e estadual, mas, tão-somente, nas questões passíveis de serem investigadas pela CPI”, acrescenta.

Segundo o parlamentar, no escopo da investigação proposta, estão questões referentes a contratos firmados para compra de respiradores junto à Hempcare, no valor de R$ 48.784.575,82 para aquisição de 300 equipamentos, e o segundo, com a empresa Pulsar, no valor de US$ 7,9 milhões para a compra de 750 respiradores. (mais…)

Coelba oferece parcelamento de contas em 24 vezes; Saiba como aderir


Foto meramente ilustrativa

 

A Coelba passa a oferecer, a partir desta segunda-feira (03), a opção de parcelar a fatura em até 24 vezes no cartão de crédito. A modalidade permite, ainda, a quitação dos débitos em uma única vez, à vista, sem juros. O pagamento pode ser efetuado por meio do site da empresa em parceria com a Flexpag, assegurando mais comodidade aos consumidores.

Os clientes da Coelba já tinham a oportunidade de dividir a conta em até 12 vezes nos cartões das bandeiras Master, Visa, Hiper, Elo e Amex. A ampliação no número de parcelas é mais uma facilidade oferecida pela empresa, diante do atual cenário provocado pela crise sanitária do coronavírus. Lembrando que, no parcelamento, os clientes precisam arcar também com os juros do próprio cartão.

Para aderir ao parcelamento, a Coelba orienta o seguinte passo a passo:

• No site da Coelba ( clique aqui ) selecione a opção Pagamento com cartão no banner principal;

• O cliente deverá fazer o cadastro e inserir os dados do cartão de crédito, selecionar a quantidade de parcelas desejadas e clicar em ‘Pagar com cartão’;

• Ao selecionar a quantidade de parcelas, é possível visualizar o valor das parcelas e o total com a inclusão da taxa de juros do cartão. 

Para facilitar o recebimento e pagamento das contas e contribuir para a saúde de todos, a empresa orienta seus clientes a cadastrarem para receber a conta por e-mail ou whatsapp, e atualizarem os dados (principalmente e-mail e telefone celular), por meio dos canais online www.coelba.com.br ou do aplicativo no smartphone ou tablet.

Para trazer maior facilidade e agilidade, a Coelba também disponibiliza aos clientes diversos canais de pagamento, tais como internet banking e, débito automático e PIX nas faturas digitais. Em caso de dúvidas, o cliente pode entrar em contato pelos demais canais de relacionamento da Coelba.

Serviços:

Site

Aplicativo Coelba

• Loja de aplicativos iOS e Android

Perfis oficiais nas redes sociais (atendimento por mensagem)

• Facebook – @coelbaoficial

• Twitter – @oficialcoelba

• Instagram – @coelba_oficial

SMS exclusivo para informar interrupção no fornecimento de energia

• Enviar SMS com o número da conta contrato para: 28116

Whatsapp

• (71) 33370-6350.

Ator Paulo Gustavo apresenta embolia e piora de saúde; ‘Extrema gravidade’, diz boletim


O ator e humorista Paulo Gustavo voltou a sofrer com complicações geradas pela Covid. Internado desde 13 de março, ele vinha tendo melhoras significativas e, no domingo (2) chegou a ter redução de sedativos e bloqueadores e interagir com médicos e o marido.

Mas, segundo boletim médico divulgado nesta segunda-feira (3), na noite do domingo, o ator teve uma piora significativa do quadro sofrendo com uma embolia.

A equipe médica disse ainda que a situação clínica atual é instável e de extrema gravidade.

“Depois de alguma melhora, Paulo Gustavo subitamente piorou no dia de ontem. Ontem à tarde (domingo), após redução dos sedativos e do bloqueador neuromuscular, o paciente acordou e interagiu bem com a equipe profissional e com o seu marido”, diz trecho do documento.

“À noite, subitamente, houve piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais, quando novos exames demonstraram ter havido embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa. Infelizmente, a situação clínica atual é instável e de extrema gravidade”, diz outro trecho do boletim médico divulgado nesta segunda-feira (3).

UNE e a UBES pedem investigação sobre o processo de aplicação do ENEM 2020


Ex-presidente do Inep acusa o ministro Milton Ribeiro de omissão no Enem

 

Em nota à imprensa, a União Nacional dos Estudantes e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas defenderam medidas urgentes para que sejam dadas explicações sobre o processo de aplicação do ENEM 2020, inclusive por meio de investigação e auditoria, segundo eles, com o objetivo de preservar o programa e evitar que estudantes sejam novamente prejudicados ou que o acesso à Universidade se torne ainda mais restrito. “Não aceitaremos que o principal mecanismo de ingresso dos estudantes ao ensino superior perca credibilidade e eficiência, diante de tantos tropeços, e descaso”, diz a nota.

CONFIRA A ÍNTEGRA DA NOTA DA UNE E UBES

A União Nacional dos Estudantes e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas construíram grandes mobilizações, cobrando o Ministério da Educação por um ENEM justo, seguro e democrático nesse momento da pandemia da COVID-19. A pressão aconteceu tanto pelas redes, no debate com a sociedade civil, organizações, secretários e também judicialmente. As entidades estudantis alertaram insistentemente sobre o descaso do MEC, tanto na organização quanto na condução do exame.
Em entrevista ao Jornal O Globo, publicada nessa segunda-feira, 03.05, o ex-presidente do INEP, Alexandre Lopes, demitido do cargo em fevereiro, expôs a negligência do Ministério da Educação, com omissão do ministro Milton Ribeiro no processo de aplicação do ENEM e, ainda, prevê que em 2021 o exame não aconteça por falta de recursos. Assim, o que já era denunciado, agora é declaradamente constatado. 
Diante desse cenário, a UNE e a UBES defendem que medidas urgentes sejam tomadas para que sejam dadas explicações sobre o processo de aplicação do ENEM 2020, inclusive por meio de investigação e auditoria, com o objetivo de preservar esse programa e evitar que estudantes sejam novamente prejudicados ou que o acesso à Universidade se torne ainda mais restrito. Não aceitaremos que o principal mecanismo de ingresso dos estudantes ao ensino superior perca credibilidade e eficiência, diante de tantos tropeços, e descaso.
A criação do Exame e sua ampliação foi uma bandeira de luta histórica do movimento estudantil e o seu processo de desmonte que começou em 2019, com o “pior Enem de todos os tempos”, com erros na correção, conseguiu ser ainda pior em 2020, com tantas turbulências, falta de diálogo, em um momento de insegurança sanitária, candidatos barrados em salas lotadas, recordes de abstenção e também, novamente, problemas nas notas e falta de transparência na correção das redações. Com isso,  uma geração inteira será afetada no acesso ao ensino superior.
Ressaltamos, que o aparelhamento ideológico do MEC nesses pouco mais de dois anos do Governo Bolsonaro tem gerado danos ao futuro da educação, em todos níveis educacionais, que levarão anos para serem corrigidos.
Não bastasse os efeitos de não ter projeto de investimento, os cortes orçamentários e a ausência de soluções, com o indefensável  veto ao projeto de conexão aos estudantes de baixa renda para  resolver a falta de acesso à internet ( PL 3477/20), durante a pandemia,  o governo Bolsonaro coloca como prioridade – nesse momento de crise que atravessamos – , a pauta de costumes, o projeto de lei do Homeschooling, com total desconexão das urgência dos estudantes e dos brasileiros.
União Nacional dos Estudantes
União Brasileira dos Estudantes Secundaristas