Prefeitura realiza ação nas Academias de Saúde da Vila Serrana e Bairro Brasil


Com o retorno das atividades presenciais, as equipes do Núcleo Ampliado de Saúde da Família da Atenção Básica (NASF-AB) e de Assistência Farmacêutica, vinculada à Diretoria de Vigilância em Saúde, realizaram uma ação na Academia de Saúde do bairro Vila Serrana, nesta segunda-feira (26), para os moradores do bairro.

Foram oferecidos os serviços de aferição da pressão arterial, glicemia capilar e o exame de hemoglobina glicada, que disponibiliza o resultado em seis minutos e auxilia no rastreamento de pacientes que tenham Diabetes Mellitus. O farmacêutico Pablo Maciel ainda explica que, após o exame, o paciente ainda pode receber o acompanhamento das equipes. “O paciente que apresenta qualquer alteração nesse exame é encaminhado para consulta médica para avaliação mais específica e, se necessário, fazer as intervenções farmacológicas”. (mais…)


Covid-19: SMS registra mais 02 óbitos; Taxa de ocupação de UTI passa de 80%


Nesta segunda-feira (26), a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), registrou 32 novos casos de pacientes com Covid-19, totalizando 33.762 casos confirmados, sendo que 32.870 estão recuperados, 579 evoluíram para óbito e 313 estão em recuperação, desses 43 estão internados em Vitória da Conquista e 270 estão em tratamento domiciliar.

Outros 1.957 casos aguardam classificação final (investigação clínico-epidemiológico e/ou laboratorial).

Hoje, foram registrados mais dois óbitos provocados pela Covid-19:

578º óbito: Homem, de 88 anos, morador do bairro Alto Maron, com câncer de próstata e diabetes mellitus. O paciente estava internado desde 17 de julho no Hospital São Vicente, onde faleceu ontem (25).

579º óbito: Mulher, de 73 anos, moradora do bairro Ibirapuera, com hipertensão arterial sistêmica. Foi internada em 10 de julho, no HGVC, e veio a óbito nesta terça-feira (26). (mais…)


Polícia Civil impõe sigilo de 5 anos sobre gastos nas buscas a Lázaro Barbosa


Os gastos da Polícia Civil nas buscas por Lázaro Barbosa, que movimentou homens das forças de segurança dos estados de Goiás e Brasília, ficarão em sigilo por cinco anos. De acordo com o G1, a classificação reservada sobre as informações foi decretada pela própria corporação após pedidos de informações sobre custos da operação, que envolveu 270 policiais, viaturas, helicópteros e dezenas de equipamentos.

O delegado-geral adjunto da Polícia Civil, Deusny Filho, explica que o ato foi baixado em 13 de julho para proteger informações que podem expor a corporação, como por exemplo equipamentos usados para o “sucesso da missão”, projetos futuros, entre outros motivos. Ele reforça que o sigilo foi colocado sobre os dados referentes apenas aos gastos da Polícia Civil e não de toda a operação, que envolveu outras instituições, como a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros. (mais…)


Cinco mulheres e sete crianças ciganas devem entrar em programa de proteção


Uma família de ciganos de Vitória da Conquista, Sudoeste da Bahia, está sendo acompanhada pela Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE/BA) após a instituição receber denúncias de perseguição de policias militares à comunidade cigana após o assassinato de dois PMs na região. Cinco mulheres e sete crianças da família foram deslocadas para o município de Jequié e a Defensoria busca a inserção delas em um programa de proteção a testemunhas. As informações são do Jornal Correio*.

O caso teve início em 13 de julho, quando houve um duplo homicídio praticado contra policiais e atribuído a uma família de ciganos que residia na localidade. Após isso, e com informações passadas populares, PMs iniciaram perseguição aos supostos autores. Ao todo, dez homens foram acusados de envolvimento: um pai – que deu entrada em hospital com ferimentos à bala e já teve a prisão preventiva decretada – e nove filhos. Três deles morreram em confrontos com policiais, em Vitória da Conquista e também em Itiruçu. (mais…)


Urbis VI: Com emenda de Waldenor (PT), Sheila assina Ordem de Serviço para pavimentação da avenida Central


A prefeita Sheila Lemos (DEM) assinou nesta domingo (25), a Ordem de Serviço para o recapeamento asfáltico da Avenida Central da Urbis VI, que terá início nesta semana. O ato de assinatura da autorização para a obra aconteceu na sede da Associação dos Moradores do bairro e contou as presenças do deputado Waldenor Pereira (PT), autor da emenda que destina verba da União para a obra, e dos vereadores Luís Carlos Dudé (MDB), presidente da Câmara Municipal, e ainda os vereadores Fernando Jacaré (PT), Xandó (PT), Nildo Freitas (PSC) e Chico Estrella (PTC)

Sheila assina OS ao lado da secretária de Mobilidade Urbana, Tônia Rocha, com as presenças do deputado Waldenor Pereira, autor da emenda que destina verba da União para a obra, e dos vereadores Luís Carlos Dudé, presidente da Câmara Municipal, e Fernando Jacaré

Ao falar da sobre a importância da obra, a prefeita disse que, além do asfaltamento da avenida, a Urbis VI foi beneficiada com a feira e a praça, que  já estão prontas para entrega. “Falo sempre com os nossos vereadores para que, junto aos seus deputados, tragam os recursos para que a Prefeitura execute as obras que a cidade precisa. Independente da filiação partidária, estamos sempre dispostos a nos unir para o bem de Vitória da Conquista”, declarou Sheila. (mais…)


Bancários protestam contra o fechamento de 02 agências Bradesco


Na manhã desta segunda-feira (26), o Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região protestou contra o fechamento das agências Bradesco Maximiliano Fernandes e Shopping Conquista Sul.

Para os usuários dos serviços bancários, que pagam juros e tarifas exorbitantes, duas unidades a menos representam mais tempo nas filas em busca de atendimento. Se o tempo de espera já é longo e o banco não oferece estrutura, em plena pandemia o fechamento das agências resultará no aumento das aglomerações e do risco de saúde para bancários e clientes.

“Para mim, este fechamento é errado. A gente já perde bastante tempo tendo essa agência como opção, imagina sem. Estamos precisando de mais locais de atendimento, com lugares para sentar, proteção do sol e do frio, para dar uma oportunidade melhor para os clientes” considera Ilma dos Santos, funcionária pública aposentada, que aguardava na fila. (mais…)


Abastecimento de água será interrompido em Vitória da Conquista nesta segunda (26)


A Embasa informa que para possibilitar a instalação de novo equipamento na captação da barragem de Água Fria I, o abastecimento em Vitória da Conquista será temporariamente interrompido na próxima segunda (26) das 8h às 11h. O serviço integra as obras de ampliação do Sistema Integrado de Abastecimento de Água de Vitória da Conquista (SIAA), cujo investimento de R$ 87 milhões possibilitará ampliar a oferta distribuída.

O sistema de abastecimento terá a capacidade de produção de água tratada restabelecida após a conclusão do serviço e o fornecimento será retomado gradativamente, com previsão de plena regularização em até 24 horas nas áreas eventualmente afetadas.

Durante a interrupção, a população de Vitória da Conquista e Belo Campo deve consumir moderadamente a água disponível no reservatório domiciliar, evitando desperdício e usos que possam ser adiados.



Conquistenses vão às ruas a favor da vacina e contra Bolsonaro


O sábado 24 de julho está sendo marcado por mais protestos contra o governo do Presidente Jair Bolsonaro.

Desta vez, mais de 400 cidades em todo o Brasil estão com as ruas ocupadas por brasileiros indignados,  em defesa do SUS, por mais vacinas, auxílio emergencial de R$ 600, empregos e moradia.

Em Vitória da Conquista, o Fórum Sindical e Popular promoveu uma marcha pela cidade que contou com a presença de centenas de manifestantes. A caminhada percorreu pelo centro da cidade em diálogo com a população e trabalhadores do comércio e foi encerrada na praça Nove de Novembro.

A manifestação teve também a presença de sindicatos de professores e movimentos sociais diversos.

O evento também contou com protestos contra uma ação da prefeitura de Conquista ocorrida no feriado de São João, quando a Secretaria de Infraestrutura determinou que tratores demolissem os barracos de famílias em situação de vulnerabilidade que ocupavam um terreno público.

Também houve protestos contra o projeto que visa implementar em Conquista uma taxa pela destinação dos resíduos sólidos, a “taxa do lixo”.

Para Leonardo Viana, presidente do Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região, a política do governo Bolsonaro tem levado o país para um obscurantismo sem precedentes. “Assim como nas manifestações anteriores, vemos crescentes na participação das pessoas e na quantidade de cidades mobilizadas para pedir o impeachment do presidente. Isso demonstra o crescimento da insatisfação da população, bem como um maior reconhecimento quanto aos possíveis crimes cometidos por Bolsonaro, principalmente nos casos de interferência na Polícia Federal para blindar os seus filhos de investigações, no escândalo do orçamento paralelo, com o tratoraço, e a prevaricação em não mandar apurar o esquema de compras superfaturadas de vacinas com pedidos de propinas. Estes são exemplos mais que suficientes para justificar a retirada do presidente. Não fecharemos os olhos para esses absurdos, e é por isso que continuaremos nas ruas pressionando o presidente da Câmara para que coloque em pauta o julgamento dos mais de 100 pedidos de impeachment protocolados na Casa”, destacou Leonardo.

O protesto contou ainda com movimentos estudantis, militantes dos partidos da esquerda e populares. Foi o terceiro protesto só neste ano.

 


Smed realiza manutenção em unidades escolares para início das aulas semipresenciais


A Secretaria Municipal de Educação (Smed) informou que intensificou as adaptações de melhoria na estrutura das unidades de ensino, em especial, nas escolas definidas para iniciar o ensino híbrido. São revisões nas instalações elétricas, hidráulicas, serviços de capina, instalações de pias para higienização das mãos e demarcação do distanciamento, em cumprimento à Portaria Conjunta SMED/SMS n° 019/2021.

O início das aulas semipresenciais na Rede Municipal de Ensino se aproxima.

“Ao longo desse período em que o ensino foi remoto, foram realizadas manutenções corretivas na infraestrutura das unidades e as adequações necessárias, como verificação de janelas, instalação de pias nas entradas das escolas e demarcação no piso para o distanciamento. Agora, estamos nos ajustes finais para que as unidades escolhidas estejam prontas para atender os protocolos de segurança”, declarou o coordenador de Infraestrutura Escolar, Maximiliano Alves. (mais…)