Covid-19: Vacinação para hipertensos é apenas para quem toma 03 ou mais medicamentos, esclarece Prefeitura


Após muitas queixas e reclamações a Prefeitura de Vitória da Conquista informou na manhã deste sábado que apenas a vacinação de pessoas de 40 anos ou mais com hipertensão é apenas para os que fazem uso de 3 ou mais anti-hipertensivos de diferentes classes. Esse detalhe não havia sido informado no site da prefeitura e nem em suas redes sociais, fato que causou transtornos a diversas pessoa que enfrentaram longas filas e voltaram para suas casas sem serem imunizadas.

Card divulgado falta informações importantes.

 

Em sua conta no Instagram o Vereador Valdemir Dia (PT) fez críticas à Prefeitura e disse que vai denunciar o caso na próxima sessão da Câmara.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Valdemir Dias (@valdemirdiasvereador)

Confira a íntegra da nota de esclarecimento da Prefeitura.

Nota de esclarecimento sobre vacinação para pessoas com hipertensão

Neste sábado (8), a vacinação de pessoas de 40 anos ou mais com hipertensão começou. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) esclarece que de acordo a Resolução nº 77 da Comissão Intergestores Bipartite da Bahia (CIB), são consideradas hipertensas pessoas com:

Hipertensão arterial resistente (HAR) – Quando a pressão arterial (PA) permanece acima das metas recomendadas com o uso de 3 ou mais anti-hipertensivos de diferentes classes, em doses máximas preconizadas e toleradas, administradas com frequência, dosagem apropriada e comprovada adesão ou PA controlada em uso de 4 ou mais fármacos anti-hipertensivos;
Hipertensão arterial estágio 3 – PA sistólica >=180mmHg e/ou diastólica >= 110mmHg independente da presença de lesão em órgão-alvo (LOA) ou comorbidade;


Hipertensão arterial estágio 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade – PA sistólica entre 140 e 179 mmHg e/ou diastólica entre 90 e 109mmHg na presença de lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade.


A SMS organiza a vacinação de acordo com o público-alvo definido pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Portadores das demais doenças crônicas e condições clínicas especiais devem ficar atentos aos canais oficiais da Prefeitura, a exemplo do site e dos perfis nas redes sociais para saber sobre as novas etapas.

Diretora de escola morre em decorrência da Covid-19, em Vitória da Conquista


Elizabeth Maria Couto, tinha 63 anos, e morreu vítima da Covid-19, em Vitória da Conquista — Foto: Reprodução/TV Bahia

 

Uma diretora escolar e professora morreu vítima da Covid-19 na manhã desta quinta-feira (6) em Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia. Elizabeth Maria Couto tinha 63 anos e atuava na Escola Estadual Euclides Dantas, que fica no município.

De acordo com a escola, ela estava internada desde o dia 24 de abril para tratar a doença. A professora tinha 40 anos de carreira em sala de aula. Ela deixa marido, quatro filhos e quatro netos.

Elizabeth se tornou diretora da escola em janeiro deste ano, e em solidariedade, a unidade escolar decretou luto oficial.

Em Vitória da Conquista, ainda não houve o retorno das aulas presenciais. De acordo com o Governo do Estado, as atividades letivas nas unidades de ensino públicas e particulares só podem ocorrer, na modalidade semipresencial e conforme disposições editadas pela Secretaria da Educação (SEC), somente nas regiões de saúde cuja taxa de ocupação de leitos de UTI de Covid-19 seja igual ou inferior a 75%, por cinco dias consecutivos.

Além disso, as atividades letivas devem ficar condicionadas à ocupação máxima de 50% da capacidade de cada sala de aula e ao atendimento dos protocolos sanitários estabelecidos. (G1)

Poder Judiciário, OAB e Prefeitura se unem pela implantação de mais 02 varas Conquista


Em reunião na tarde de ontem (5) o juiz da 1ª Vara da Família, Dr. Cláudio Daltro, e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, subseção de Vitória da Conquista, Ronaldo Soares, apresentaram à prefeita Sheila Lemos demandas que a Prefeitura Municipal pode atender para a implantação da 2ª Vara da Família e da 2ª Vara de Fazenda Pública no município, que já foram criadas pela Lei de Organização Judiciária do Estado, mas ainda aguardam instalação.

“É urgente a necessidade da implantação dessas novas caras aqui em Conquista. Por isso, viemos aqui apresentar ao município algumas demandas para que possamos proceder com a instalação. Temos um convênio de cessão de servidores e temos toda essa parceria institucional em atividade e, com a instalação das novas varas, há necessidade de se ajustar alguns pontos”, comentou o juiz Cláudio Daltro.

A prefeita Sheila Lemos demonstrou apoio da administração em contribuir para a viabilização do pleito. “O nosso desejo é que o atendimento dispensado ao conquistense seja de excelência e de qualidade, e que seja ampliado o acesso do cidadão à justiça. Vamos continuar contribuindo com o que for possível para isso”, afirmou a prefeita de Vitória da Conquista.

Também participaram do encontro o Procurador Geral do Município, Edivaldo Ferreira Júnior e o Chefe do Gabinete Civil, Lucas Dias.

Pessoas de 50 anos ou mais com diabetes poderão se vacinar nesta sexta-feira, 07


Chegou a vez dos moradores de Vitória da Conquista com diabetes mellitus se vacinarem contra a Covid-19. A partir desta sexta-feira (7), os portadores da doença com 50 anos ou mais começam a ver vacinado. Também continua a imunização de idosos de 60 anos ou mais, trabalhadores da Educação de 50 a 59 anos e pessoas de 18 a 59 anos com transplante, síndrome de Down ou imunossupressão.

Para comprovação, os portadores de diabetes devem apresentar relatório médico, receita médica ou cadastro de acompanhamento da Unidade de Saúde de referência. Já os trabalhadores da Educação devem apresentar o contracheque de abril de 2021. As pessoas transplantadas, com síndrome de Down e imunossupressão, com idade entre 18 e 59 anos, devem levar o relatório médico e/ou receita médica. Todos os públicos incluídos na vacinação devem apresentar o documento pessoal com CPF.

Das 9h às 16h, a vacina estará disponível no drive-thru na Universidade Federal da Bahia (Ufba) e nos pontos fixos para pedestres: quadra da Igreja Nova Sião, Escola Municipal Professora Fidelcina Carvalho Santos, Colégio Paulo VI, Paróquia Rainha da Paz, Salão Paroquial da Santa Luzia e quadra esportiva da Fainor.

Já a 2ª dose da vacina Oxford/Fiocruz para aquelas pessoas com retorno marcado no cartão de vacina para o dia 7 de maio prossegue, no drive-thru do Comando de Policiamento da Região Sudoeste (CPRSO) e também nos pontos fixos de pedestres, onde estarão vacinando com a primeira dose.

Doenças crônicas – Na imunização de pessoas com doenças crônicas e condições clínicas especiais, de 18 a 59 anos, estão incluídos apenas indivíduos transplantados de órgão sólido ou de medula óssea; pessoas vivendo com HIV; doenças reumáticas imunomediadas sistêmicas em atividade e em uso de dose de prednisona ou equivalente maior de 10 mg/dia ou recebendo pulsoterapia com corticoide e/ou ciclofosfamida; demais indivíduos em uso de imunossupressores ou com imunodeficiências primárias; pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos seis meses, e neoplasias hematológicas.

Acidente entre moto e carro na Frei Benjamim nesta quarta-feira (05)


Por volta das 08 horas desta quarta-feira (05), durante o patrulhamento de rotina, uma guarnição da Polícia Militar se deparou com uma ocorrência de acidente de trânsito com vítima, na Av. Frei Benjamin, bairro Brasil, em Vitória da Conquista. O sinistro envolveu uma motocicleta, conduzida por um homem de 31 anos e um veículo, dirigido por um cidadão de 54.

O motociclista, que não possuía lesões aparentes, mas sentiu fortes dores na altura da clavícula, foi atendido por uma equipe do SAMU 192 e conduzido para o Hospital São Vicente. O condutor do veículo não se machucou. A ocorrência foi registrada junto ao DISEP.

FONTE: ASCOM da 78ª CIPM/VITÓRIA DA CONQUISTA/BA

Covid-19: Conquista registra mais 03 mortes nesta terça-feira (04); Confira boletim


A Secretaria Municipal de Saúde confirmou nesta terça-feira (4), o falecimento de três pacientes por complicações causadas pela Covid-19.

433º óbito – Mulher de 62 anos, moradora do povoado de São João da Vitória, com Infarto Agudo do Miocárdio, Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica e Hipertensão Arterial. Internada no dia 30 de abril, foi a óbito no dia 1º de maio, no Hospital São Vicente de Paulo (HSVP).

434º óbito – Mulher de 68 anos, moradora do Bairro Brasil, portadora de Hipertensão Arterial. Internada no dia 24 de abril no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), onde foi a óbito em 3 de maio.

435º óbito – Mulher de 67 anos, moradora do Bairro Petrópolis, com câncer de colo do útero. Internada no dia 26 de março no Hospital Samur, onde foi a óbito em 4 de maio.

Vitória da Conquista registrou, até esta terça-feira (4), o total de 26.967 casos confirmados da Covid-19. Destes, 26.130 estão recuperados e 402 continuam em recuperação (72 internados e 330 em tratamento domiciliar). Desde o início da pandemia, 435 pessoas foram a óbito por complicações causadas pela doença.

No momento, são investigados outros 1.574 casos notificados com suspeita de Síndrome Gripal/Covid-19, que aguardam por classificação final (definição de caso como positivo, descartado ou síndrome gripal não especificada).

 

Ocupação de Leitos – Neste momento, 104 pacientes estão internados em parte dos 148 leitos disponíveis (78 enfermarias e 70 leitos de UTI) na rede SUS para tratamento de pacientes confirmados ou com suspeita de infecção pelo novo Coronavírus. Além de moradores de Vitória da Conquista, também estão internados residentes dos seguintes municípios: Anagé, Barra do Choça, Belo Campo, Brumado, Caatiba, Caculé, Candiba, Cândido Sales, Carinhanha, Caturama, Condeúba, Eunápolis, Firmino Alves, Guanambi, Ibiassucê, Ibicoara, Iguaí, Itambé, Itapetinga, Ituaçu, Jussiape, Livramento de Nossa Senhora, Paramirim, Planalto, Poções, Riacho de Santana, Salvador além de Guarulhos – SP e São Paulo capital.

Clique aqui para acessar o boletim epidemiológico completo.

Call Center – A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza um Call Center para tirar dúvidas da população sobre a Covid-19 e atender pessoas que apresentem sintomas suspeitos.

Telefones fixos: (77) 3429-3468/3429-3469/3429-3470
Celulares: (77) 98834-9988 / 98834-9900 / 98834-9977 / 98834-9911 / 98856-4242 / 98856-4452 / 98856-3722/ 98825-5683/ 98834-8484
Call Center Noturno: (77) 98856-3397/98856-5268

Chegam apenas 740 doses de CoronaVac; Prefeitura vai vacinar idosos acamados e domiciliados


A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa que Vitória da Conquista recebeu apenas 740 doses da CoronaVac/Butantan nesta terça-feira (4). Por este motivo, serão priorizados para receber a 2ª dose, neste momento, apenas os idosos acamados e domiciliados que já estão há mais de 20 dias em atraso.

As demais pessoas que estão com a 2ª dose marcada e esperando devem aguardar novas reposições para que seja possível disponibilizar as doses nos pontos de vacinação. Há previsão de que um novo lote chegue no início da próxima semana.

Sobre a falta de vacina CoronaVac para a 2ª dose, o Ministério da Saúde declarou que os fabricantes não estão conseguindo entregar as vacinas conforme contrato estabelecido, sobretudo, por dificuldades na importação do IFA (Insumo Farmacêutico Ativo), que é a base da produção da vacina.

Proteção mantida – A SMS esclarece que o atraso da 2ª dose não faz com que a pessoa perca o efeito protetor da vacina já tomada. Quem já foi vacinado com a 1ª dose tem a imunidade preservada, pois a dose aplicada é absorvida pelo sistema imunológico e a 2ª dose funciona como um reforço, para estimular o organismo a produzir um número ainda maior de anticorpos. Por isso, assim que possível, a pessoa deve ser vacinada com 2ª dose para completar o esquema vacinal

Logo que chegarem novos lotes da CoronVac, a Secretaria Municipal de Saúde organizará a sua distribuição, de acordo com o público-alvo definido pela Sesab (faixa etária ou grupo prioritário), para vacinar a população conquistense o mais rapidamente possível.

Conquista possui cinco ultracongeladores para armazenar vacinas da Pfizer


A Bahia possui 30 ultracongeladores em nove cidades polo, com capacidade para armazenar as vacinas da Pfizer que serão enviadas pelo Ministério da Saúde a partir de 3 de maio. Esta é uma realidade bem diferente de outros estados, que concentram a infraestrutura apenas na capital, impossibilitando a imunização no interior em virtude de não terem equipamentos que chegam a temperaturas de até -86°C.

Os equipamentos estão localizados nos municípios de Feira de Santana (5), Juazeiro (3), Jacobina (2), Ilhéus (4), Teixeira de Freitas (2), Barreiras (3), Alagoinhas (1), Vitória da Conquista (5) e na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (5), em Simões Filho, mas que atende toda a Região Metropolitana de Salvador (RMS). (mais…)

Conquista começa a vacinar trabalhadores da Educação e pessoas com doenças crônicas e condições especiais


A campanha de vacinação contra a Covid-19 será ampliada para a segunda fase, nesta quarta-feira (5), em Vitória da Conquista. Com 9.600 doses da vacina de Oxford/Fiocruz recebidas nesta terça-feira serão imunizados trabalhadores da Educação de 55 a 59 anos, e pessoas com doenças crônicas e condições clínicas especiais de 18 a 59 anos, incluindo, nesta etapa, apenas transplantados, pessoas com Síndrome de Down e Imunossupressão. Além disso, haverá a continuidade da vacinação dos idosos de 60 anos ou mais.

Para receber a primeira dose, os trabalhadores da Educação, que estão incluídos na faixa etária definida, deverão apresentar o contracheque de abril de 2021 e documento de identidade com CPF.

Já para as pessoas transplantadas, com Síndrome de Down e Imunossupressão, com idade entre 18 e 59 anos, é necessário apresentar relatório médico e/ou receita médica para uma destas doenças crônicas, além de documento pessoal com CPF.

Continuação – A vacinação de 1ª doses de idosos de 60 anos ou mais será continuada nesta quarta-feira e, em paralelo, estará acontecendo a vacinação de 2ª dose do imunizante Oxford/Fiocruz para aquelas pessoas com retorno marcado no cartão de vacina para o dia 5 de maio.

A vacinação de primeira e segunda doses estará ocorrendo, das 9h às 16h, no drive-thru na Universidade Federal da Bahia (Ufba), e nos pontos fixos para pedestres: quadra da Igreja Nova Sião, Escola Municipal Professora Fidelcina Carvalho Santos, Colégio Paulo VI, Paróquia Rainha da Paz, Salão Paroquial da Santa Luzia e quadra esportiva da Fainor.

 

 

Vereadora Lúcia Rocha se compromete a apresentar projeto de lei para garantir função de cobradores nos coletivos de Vitória da Conquista


Em entrevista cedida ao jornalista Caíque Santos, na rádio Melodia FM (87,9), a vereadora Lúcia Rocha (MDB), se comprometeu a apresentar um Projeto de Lei na Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista, que garantirá a função de cobrador nos coletivos. A entrevista teve a participação do Presidente do Sindicato dos Rodoviários, Álvaro Souza.

Os rodoviários temem que as empresas de ônibus demitam cobradores. Um motorista, que pede para não ser identificado, afirma que até mesmo o botão que libera a catraca, já teria sido instalado em alguns ônibus.

Álvaro Souza: “Os acordos coletivos não tem mais o poder de garantir a empregabilidade dos cobradores, mas o legislativo pode sim criar leis”

 

Para o sindicalista Álvaro Souza (SINTRAVC), as últimas decisões do STF, afirmando que motoristas que dirigem e atuam como cobradores não exercem dupla função, tem provocado uma onda de demissão de cobradores no Brasil. “Em alguns municípios, em outros Estados, isso já é uma realidade, infelizmente. Mas a gente sempre recorre ao legislativo para que venha a sair em defesa dos cobradores. Os acordos coletivos não tem mais o poder de garantir a empregabilidade dos cobradores, mas o legislativo pode sim criar leis”, disse o presidente do Sindicato dos Rodoviários de Conquista.

Vereadora Lúcia Rocha (MDB): Em defesa dos rodoviários

 

A vereadora Lúcia Rocha lembrou que o cobrador é o responsável por diversas outras funções. “Fiscalizar o embarque, cobrar a passagem, dar o troco, orientar passageiros, operar o elevador de acessibilidade a cadeirantes e tantas outras situações que podem ocorrer. Agora imagine todos esses processos realizados por motoristas? A insegurança piora, o estresse aumenta e teremos profissionais mais adoecidos e passageiros insatisfeitos”, disse a vereadora.

Foto enviada por um rodoviário, segundo ele, no painel está instalado o botão para substituir o cobrador

GRATUIDADE – Um outro projeto defendido por Álvaro Souza e a vereadora Lúcia Rocha é o que garante, através de lei municipal, que todos os rodoviários possam usufruir da gratuidade no transporte público da cidade. Mesmo garantida por acordo coletivo, há denúncias de que empresas não estão cumprindo.

Lúcia Rocha disse que vai marcar uma reunião com o Secretário de Mobilidade Urbana, Diêgo Gomes e o Secretário de Transporte, Micael Silveira para tratar desse tema, uma vez que cabe à prefeitura fiscalizar as empresas que não estão cumprindo a gratuidade para os rodoviários.

CONFIRA A ÍNTEGRA DA ENTREVISTA: