Idosos solicitam sanitários químicos no ponto de vacinação contra a Covid-19 da UFBA


Uma fila de carros quilométrica no pontos de vacinação estilo ‘drive-thru’ na UFBA tem chamado atenção nesta segunda-feira (19) em Vitória da Conquista. Os idosos reclamam ainda da falta de sanitários químicos no local de vacinação contra a covid-19, em especial na UFBA, onde a fila de carros ultrapassa diversos quarteirões.

Seu Juarez, que está na fila de espera na UFBA, queixa-se do transtorno de não ter um local destinado às necessidades fisiológicas. “Muita gente tem a necessidade nesse momento e não está tendo o banheiro químico. Já pensou uma mulher, precisar usar um banheiro, aonde vai encontrar?”

Nesta  segunda-feira(19) foi retomada a vacinação em Vitória da Conquista. O município recebeu neste sábado (17), 5.930 doses da vacina de Oxford/AstraZeneca, produzida pela Fiocruz, destas, 4.340 serão destinadas à retomada da vacinação dos idosos a partir de 64 anos ou mais, e 1.560 doses para população quilombola de 18 a 59 anos.

Os idosos serão vacinados das 9h às 16h. Além do drive-thru na Ufba e dos quatro pontos fixos para pedestres onde já estava acontecendo a vacinação anteriormente, foi ampliado o acesso para mais dois pontos do município: na Quadra da Igreja Nova Sião, no bairro Alto Maron, e na Escola Municipal Professora Fidelcina Carvalho Santos, no bairro Urbis VI.

As filas no drive-thru da UFBA está assustadora. Em outros pontos, idosos reclamam da falta de um sanitário químico.

A segunda dose também estará disponível, na segunda-feira (19), no drive-thru do Comando de Policiamento da Região Sudoeste (CRPSO) e nos seis pontos fixos onde estará acontecendo aplicação da 1ª dose. Aqueles que tiverem com data de retorno para segunda dose marcada no cartão de vacina para este sábado, devem procurar um dos pontos de vacinação na segunda-feira.

Internados com casos grave de Covid-19 alcançam 2º maior número da pandemia na BA


A quantidade de internados com casos graves da Covid-19 cresceu neste domingo (18) na Bahia e alcançou o segundo maior número desde o início da pandemia. Conforme dados publicados no boletim epidemiológico da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), 1.295 pacientes estão se tratando em leitos de UTI do estado, dado inferior apenas aos 1.316 registrados na última segunda-feira (12).

Com o crescimento do número de internados com casos graves, a taxa de ocupação dos leitos de terapia intensiva exclusivos para adultos com Covid-19 subiu de 80% para 83%. No caso das UTIs pediátricas, o percentual se manteve estável em 58% das vagas ocupadas.

A Sesab também registrou um pequeno aumento no número de casos ativos do novo coronavírus, de 16.371 no sábado (17) para 16.425 neste domingo.

Os 10 municípios baianos com mais contaminados são Salvador (2.529), Feira de Santana (645), Vitória da Conquista (582), Itabuna (354), Ilhéus (289), Lauro Freitas (278), Barreiras (272), Juazeiro (253), Eunápolis (245) e Guanambi (219).

Nas últimas 24 horas, foram notificadas 2.574 novas contaminações pelo novo coronavírus e 75 mortes. Com isso, a Bahia acumula agora, desde o início da pandemia, 862.334 casos confirmados da Covid-19 e 17.303 óbitos em decorrência da doença.

(Bahia Notícias)

Vacinação dos idosos de 64 anos é retomada nesta segunda-feira (19)


Nesta  segunda-feira(19) foi retomada a vacinação em Vitória da Conquista. O município recebeu neste sábado (17), 5.930 doses da vacina de Oxford/AstraZeneca, produzida pela Fiocruz, destas, 4.340 serão destinadas à retomada da vacinação dos idosos a partir de 64 anos ou mais, e 1.560 doses para população quilombola de 18 a 59 anos.

Os idosos serão vacinados das 9h às 16h. Além do drive-thru na Ufba e dos quatro pontos fixos para pedestres onde já estava acontecendo a vacinação anteriormente, foi ampliado o acesso para mais dois pontos do município: na Quadra da Igreja Nova Sião, no bairro Alto Maron, e na Escola Municipal Professora Fidelcina Carvalho Santos, no bairro Urbis VI.

A fila no drive-thru da UFBA está assustadora. Em outros pontos, idosos reclamam da falta de um sanitário químico.

A segunda dose também estará disponível, na segunda-feira (19), no drive-thru do Comando de Policiamento da Região Sudoeste (CRPSO) e nos seis pontos fixos onde estará acontecendo aplicação da 1ª dose. Aqueles que tiverem com data de retorno para segunda dose marcada no cartão de vacina para este sábado, devem procurar um dos pontos de vacinação na segunda-feira.

Avenida Olívia Flores tem trecho interditado nesta segunda-feira (19)


A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) informa que devido às obras no canal de drenagem da Avenida Olívia Flores, a partir desta segunda (19), a via será interditada, entre os cruzamentos com a Luís Eduardo Magalhães e São Luis, sentido bairro-Centro. O trecho deverá estar fechado até terça.

Veja no mapa como fica o trânsito no local:

A obra – Esta é a terceira etapa do projeto de revitalização da Avenida da Olívia Flores, iniciado em 2019, pela Prefeitura de Vitória da Conquista. Nesta etapa será realizada a cobertura do canal, além da urbanização e paisagismo em toda a sua extensão. Também será feita a supressão da rotatória entre as avenidas Olívia Flores e Luís Eduardo Magalhães. O Governo Municipal investe mais de R$ 1,3 milhão no local.

Ministério da Saúde autoriza mais leitos de UTI para Vitória da Conquista e 06 municípios da Bahia


O Ministério da Saúde autorizou, nesta quarta-feira (14), mais 166 leitos de UTI adulto e 10 leitos de UTI pediátrica da Bahia. As vagas são destinadas ao atendimento exclusivo de pacientes graves diagnosticados com a Covid-19. Sete municípios baianos serão beneficiados: Alagoinhas, Barra, Eunápolis, Ilheus, Porto Seguro, Salvador e Vitória da Conquista.

O valor do repasse mensal será de R$ 8,4 milhões, correspondente à abril. A pasta ressalta que a autorização se dá em “caráter excepcional e temporário”. A autorização foi publicada no Diário Oficial da União (#DOU).

Fonte: Bahia Notícias

Conquista recebe frascos da Coronavac/Butantan com doses a menos, diz Prefeitura


A Secretaria Municipal de Saúde identificou que em muitos frascos da CoronaVac, produzida pela Instituto Butantan, que deveriam conter líquido suficiente para 10 doses, renderam apenas nove, havendo até casos de serem aspiradas somente oito doses por frasco. Problema que também vem acontecendo com outros municípios pelo país.

Essa alteração foi observada em frascos nas oito das remessas recebidas a partir do dia 17 de março de 2021 (Lotes 210117 A, 210119, 210073, 210093, 210054, 210081, 210045 e 210038). Das 31.660 doses da CoronaVac registradas em notas recebidas pelo município nessas remessas, foram aplicadas 28.494 doses, com uma diferença de 3.166 doses a menos.

A Secretaria Municipal de Saúde já notificou a situação dos lotes identificados com alteração ao Ministério da 2Saúde por meio do Notivisa, um sistema desenvolvido pela Anvisa, e aguarda ainda um retorno. Além disso, solicitou também um posicionamento do Governo do Estado sobre o problema, uma vez que a quantidade registrada nas notas fiscais não condiz com o quantitativo recebido na prática, após a aspiração.

A Secretaria reforça que todos os vacinadores da rede são devidamente treinados para realizarem a vacinação de forma correta, obedecendo às normas e procedimentos orientados pelo Ministério da Saúde, para que não haja prejuízos na vacinação que está em curso.

Abordagem Social da Prefeitura oferece atendimento à população em situação de rua


Vitória da Conquista conta com uma rede socioassistencial para atendimento das pessoas em situação de rua, uma das unidades que compõem essa rede é o Serviço Especializado de Abordagem Social que busca o diálogo com os moradores, oferecendo-lhes o atendimento as suas necessidades mais imediatas como o encaminhamento para um abrigo cadastrado na Secretaria de Desenvolvimento Social.

A equipe de Abordagem também identifica situações de risco social e pessoal em logradouros públicos ofertando para estas pessoas o acesso a proteção social com o objetivo de promover a melhoria nas condições de vida, respeitando toda diversidade e especificidade desta população.

As duas equipes do Serviço Especializado de Abordagem Social atendem à população em situação de rua todos os dias da semana.

Depois de identificar as necessidades do usuário, os encaminhamentos são feitos para os serviços da rede: Centro de Referência Especializado de Assistência Social para a População em Situação de Rua (Centro Pop) Adulto ou Centro Pop Criança /Adolescente, Abrigos Provisórios, organizações da sociedade civil, setor de passagens, Consultório na Rua, sempre respeitando o direito à liberdade respaldado pela Constituição Federal. Nestes serviços, as pessoas em situação de rua têm acesso a programas sociais, atendimento psicossocial, atendimento médico e também conseguem tirar documentos, tomar banho, lavar suas roupas, lanchar e participar de atividades lúdicas.

A Abordagem Social atende por demanda espontânea ou busca ativa realizada com este público durante as atividades de acompanhamento nos logradouros públicos que são realizadas todos os dias da semana ou por meio do contato da população que liga para o serviço informando a localização da pessoa que precisa de assistência.

A Abordagem Social também pode ser solicitada em casos de trabalho infantil (mendicância, venda de produtos, coleta de material reciclado, exploração sexual). Nestes casos, após a abordagem o serviço aciona o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) e o Conselho Tutelar, que atuam na proteção de criança e adolescente.

Os telefones da equipe de abordagem são: (77) 3422-9328 ou 98856-3140.

Comissão de Saúde reivindica médicos e melhorias em postos de saúde


A Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Vitória da Conquista se reuniu nesta quinta-feira (8) com a secretária municipal de Saúde, Ramona Cerqueira, e com o secretário municipal de Administração, Kairan Rocha. A presidente da comissão, vereadora Viviane Sampaio (PT), apresentou um relatório com várias demandas cobradas pela população.

A falta de médicos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) foi uma das pautas dessa reunião. Segundo a vereadora, sete postos de saúde da Atenção Básica estão sem médicos. “A população dos bairros Vila Serrana, Conveima I, Urbis VI, Urbis II e distritos da Zona Rural estão enfrentando esse problema e ainda não há previsão de quando terão médicos em suas unidades”, afirmou a vereadora. O problema foi reconhecido pela secretária de Saúde. Ela explicou que a pasta está tendo dificuldade na contratação desses profissionais. “Realizamos recentemente um processo seletivo para contratação, mas dos 31 candidatos, apenas três compareceram. Muitos desistem da vaga para fazer residência ou por causa do salário”, explicou a secretária.

A infraestrutura dos postos foi outro assunto abordado pela Comissão de Saúde. Viviane Sampaio criticou as condições em que se encontram as unidades. “Os postos estão em condições precárias, com mato alto e carecendo de manutenção rotineira. Além de ser uma constatação da Comissão, essa demanda é também uma das principais queixas dos servidores e dos usuários do serviço”, afirmou. Sobre esse assunto, a secretária informou que essas demandas estão presentes em um levantamento realizado pelo Governo Municipal e que serão atendidas em breve.

A comissão de Saúde ressaltou também a suspensão das atividades odontológicas desde o início da pandemia e cobrou o retorno desse serviço para atender as demandas reprimidas. Ramona Cerqueira negou a suspensão das atividades odontológicas e disse que os consultórios estão sendo adaptados para esse retorno, previsto para acontecer ainda nesse mês. A gestora afirmou também que casos mais urgentes estão sendo encaminhados para o Centro de Especialidades Odontológicas.

A suspensão do adicional de insalubridade dos profissionais que atuam na recepção dos postos de saúde fez parte da pauta tratada com o secretário de Administração, Kairan Rocha. A vereadora Viviane pediu explicação para esse corte. Kairan explicou que esse adicional era na verdade uma gratificação e que o pagamento aconteceria até que o local de trabalho desses servidores fosse adequado para atender as normas sanitárias de prevenção à Covid-19, o que já aconteceu. Ele informou que, na época, essa medida foi definida com os servidores juntamente com o sindicato da categoria. Disse ainda que esses servidores não atendem aos pré-requisitos para receber o adicional de insalubridade.

A Comissão de Saúde é composta pela vereadora Viviane Sampaio (PT), Ricardo Babão (PCdoB) e Dinho dos Campinhos (PP).

23ª Campanha de Vacinação contra a Gripe começa na próxima segunda (12)


Mais uma campanha anual de vacinação vai começar e, dessa vez, contra a Influenza, o vírus da gripe. A partir da próxima segunda-feira (12), até o dia 9 de julho, a meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos prioritários, a começar pelas crianças, gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores da saúde.

A campanha de Influenza coincide com a imunização contra a Covid-19 e o Ministério da Saúde não recomenda a aplicação das duas vacinas ao mesmo tempo. Por isso, a vacinação contra a gripe prioriza as pessoas contempladas no grupo prioritário e que ainda não foram vacinadas contra a Covid-19 ou que já foram anteriormente, mas respeitando o intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas.

A vacina influenza trivalente, produzida pelo Instituto Butantan, será utilizada para imunização do público-alvo. Este ano, para evitar aglomerações, a campanha não terá dia D. A vacinação será iniciada na próxima segunda (12) em todas as unidades de saúde da zona urbana e rural.

Confira quem faz parte dos grupos prioritários e as datas das três etapas de vacinação:

1ª FASE – a partir do dia 12 de abril: crianças, gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores de saúde

2ª FASE – a partir do dia 11 de maio: idosos com 60 anos ou mais e professores

3ª FASE – Do dia 9 de junho até 9 de julho: pessoas com comorbidades ou deficiências permanentes, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário, trabalhadores portuários, membros das forças de segurança e do exército, funcionários do sistema prisional, jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

Confira o Informe Técnico do Ministério da Saúde sobre a Campanha.

Coopmac promove ‘Encontro de Mulheres Cooperativistas do Ramo Agropecuário’


A pandemia transformou 2020 em um ano atípico e desafiador. Com o objetivo de falar da importância das mulheres nas cooperativas, será realizado, no dia 07 de abril de 2020, das 18h às 21h, o Encontro de Mulheres Cooperativistas do Ramo Agropecuário, que reunirá painelistas e palestrante versando sobre temas como o processo de sucessão familiar e seus impactos, além de abordar o desafio da inclusão das mulheres no agro e apresentar perfis, experiências e cases de sucesso. O evento será virtual e você poderá acompanhar através do canal da COOPMAC no YouTube.

O agronegócio vem se destacando na balança comercial e registrou aumento de novos mercados e nas exportações. As mulheres têm desempenhado um papel fundamental nesse cenário, ocupando cargos de liderança e de gestão dentro e fora das propriedades rurais, principalmente nas associações e cooperativas.

As mulheres cooperativistas possuem enorme responsabilidade nas áreas administrativa, financeira e de recursos humanos, ao passo em que equilibram a balança como mães, esposas e profissionais. Quando o assunto é Sucessão Familiar, elas também se destacam, pois o legado deixado aos filhos constitui a chave para o sucesso das Cooperativas do Ramo Agro.