AL-BA: após polêmica, deputados pedem tempo para debater projeto sobre gratificações dos professores


Os deputados estaduais apreciaram, na manhã desta segunda-feira (17), mais uma série de projetos polêmicos dentro do pacote de medidas econômicas enviado pelo governador Rui Costa (PT). No entanto, os parlamentares de oposição, e até mesmo governistas, não concordam com pontos do projeto de lei que reduz e extingue gratificações para professores da rede estadual de ensino.

O deputado Alan Sanches (DEM) pediu a retirada do projeto da pauta, alegando que a emenda seja substitutivo ao projeto atual.

O líder da oposição, Luciano Ribeiro (DEM), disse que a emenda apresentada pelo deputado Rosemberg Pinto (PT) trata-se de novo projeto de lei para, mais uma vez, “fazer valer o que o imperador quer, apresentado através de emenda”. “Peço mais tempo para a gente avaliar o famoso jabuti. Mas sei que tem maioria e deixarei registrado, ao menos nos anais dessa casa o meu protesto”, ressaltou.O governista Bobô (PCdoB) admitiu que o melhor caminho é ouvir o presidente da APLB, Rui Oliveira, para sanar qualquer tipo de impasse.

Até a socialista Fabíola Mansur disse “não se sentir à vontade para votar e precisa compreender melhor as emendas”.

Com informações da repórter Fernanda Chagas