Arquitetura e Urbanismo na FTC Conquista


A FTC de Vitória da Conquista apresenta para toda a comunidade acadêmica e sociedade do Sudoeste Baiano seu mais novo curso: Arquitetura e Urbanismo.

Toda a Infraestrutura do Campus da FTC Conquista está pronta para receber os novos alunos; já para o 2º semestre deste ano.

No mês de maio, os interessados já podem se inscrever para o vestibular e realizar a prova no mesmo mês.

Sobre a área promissora da Arquitetura e Urbanismo:

O arquiteto projeta, coordena a construção e organiza casas, prédios, edificações, espaços internos e externos, de acordo com critérios de estética, conforto e funcionalidade. Ele faz a planta, obedecendo aos regulamentos legais e às normas técnicas.

Determina os materiais que serão utilizados na obra, levando em conta o uso do imóvel, a disposição dos objetos, a ventilação, a iluminação, a acústica e a manutenção pós-construção. Também considera os impactos ambientais que a construção pode causar.

Ao lado do engenheiro, o arquiteto acompanha a construção e gerencia os custos e a mão de obra. Em arquitetura de interiores, faz o planejamento de reformas, determina a disposição dos móveis e define as cores que serão aplicadas nas paredes. Já o urbanista planeja e organiza o crescimento de cidades e bairros. Ele propõe usos mais racionais para os espaços públicos.

Qual a diferença entre Arquitetura e Urbanismo e Engenharia Civil?

Os dois profissionais trabalham na construção de casas, prédios, edifícios comerciais e obras públicas. No entanto, atuam de forma diferente. O engenheiro está mais habilitado a lidar com questões técnicas, como os cálculos estruturais ou o estudo de resistência dos materiais. Já o arquiteto tem uma formação mais humanística que o capacita melhor para apresentar soluções estéticas e de funcionalidade dos espaços.

Tradicionalmente, enquanto o arquiteto faz o planejamento da utilização do espaço (o tamanho de cada ambiente, a posição de portas e janelas, a localização dos pontos de iluminação etc.), o engenheiro civil implanta o projeto. Ele executa as obras estruturais, elétricas e hidráulicas, sendo o responsável pela análise do solo, pela definição do tipo de fundação e pelo cálculo do tamanho de colunas, vigas e lajes.

E a grade curricular também apresenta diferenças. Na arquitetura, você terá uma ênfase maior em Artes e Humanidades, mas sem desprezar os conhecimentos ligados à Engenharia Civil, como cálculos e projetos estruturais, por exemplo. No curso de Engenharia Civil, a formação é mais forte em matemática e física.

(Fonte: Guia do Estudante Abril/2018)