Bolsonaro faz sua primeira viagem ao Nordeste; Bahia não está no roteiro


O presidente Jair Bolsonaro viajou nesta sexta-feira  (24) paro o Nordeste em sua primeira visita oficial à região. Em Pernambuco, ele se reúne com governadores, entrega casas populares e deve anunciar recursos para projetos de infraestrutura.

Assim que assumiu a Presidência, Bolsonaro estabeleceu um grupo interministerial, comandado pela Casa Civil, para tratar de políticas prioritárias para o Nordeste. Reuniões do Fórum dos Governadores do Nordeste com representantes do governo e o Congresso Nacional também são frequentes em Brasília.

Em preparação à visita, na última quarta-feira (22), Bolsonaro reuniu parlamentares do Nordeste no Palácio do Planalto para ouvir os projetos prioritários de cada estado da região.

A agenda do presidente começa em Recife onde participa da reunião do conselho deliberativo da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

O colegiado fará a apresentação do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste e do projeto de lei que o instituirá, a ser encaminhado ao Congresso Nacional.

Ainda na capital pernambucana, Bolsonaro se reúne com os governadores da região e de Minas Gerais e Espírito Santos, que também fazem parte da Sudene.

À tarde, o presidente vai para Petrolina, onde entrega um conjunto habitacional do programa Minha Casa Minha Vida. No fim da tarde, a previsão é que ele deixe o Nordeste e siga para o Rio de Janeiro.

O Nordeste é a região em que Bolsonaro tem a sua pior avaliação. Segundo pesquisa Datafolha divulgada no mês passado, 39% dos nordestinos consideram o seu governo ruim ou péssimo ante 30% da média nacional.

Nas eleições, ele também foi derrotado nos nove estados da região, ficando atrás do então candidato Fernando Haddad (PT). Diante do quadro, o presidente deve ser recebido com protestos nas duas cidades pernambucanas.

Fonte: EBC