Empresas de ônibus de Curitiba devem oferecer transporte por aplicativo


Conhecida por muito tempo por ter serviços de ônibus tidos como referência, a cidade de Curitiba está repensando a forma de prestar serviços aos passageiros.

Por ora, na gestão de Rafael Greca, um sistema de metrô pesado está descartado, mas somente os ônibus não têm sido suficientes para fazer com que as pessoas deixem o carro em casa.

Pior, além de não atrair novos passageiros, o sistema de ônibus está perdendo parte dos atuais usuários.

Um dos caminhos estudados pelas viações para reverter o quadro do transporte atual de Curitiba é oferecer serviços por demanda, estilo Uber, mas de forma coletiva.

Exemplos já estão aparecendo no Brasil, como em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, e em Goiânia. (mais…)

IFBA promove VIII Jornada de Astronomia de Vitória da Conquista


O IFBA campus Vitória da Conquista, em colaboração com o Observatório Astronômico Antares da Universidade Estadual de Feira de Santana – UEFS, realiza a VIII Jornada de Astronomia. O evento acontecerá nos dias 24, 25 e 26 de abril, nas dependências do instituto, e contará com palestras, minicursos, oficinas, sessões de observações com telescópios e sessões de planetário.

O prazo para submissão de trabalhos é até 24 de março e as inscrições em oficinas e minicursos vão de 25 de março a 10 de abril, ou até esgotar o limite de vagas. Mais informações no site ou na página do Facebook.

O evento é aberto à toda comunidade, especialmente aos alunos da educação básica.

Confira a programação: (mais…)

Bolsonaro reafirma intenção de anular a placa do Mercosul


Em uma live no Facebook nesta quinta-feira, 14 de março de 2019, o presidente Jair Bolsonaro voltou a mostrar seu descontentamento com o sistema de placas do Mercosul.

Citando o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, Bolsonaro afirmou: “Vamos ver se a gente consegue anular a placa do Mercosul. É um constrangimento, uma despesa a mais”.

O novo modelo de placas começou a ser instalado no ano passado em diversos estados do país.

Desde então tem sido alvo de críticas seja pelo valor, no mínimo R$ 250, e por não constar a cidade de registro do carro.

Apesar da afirmação, nenhum prazo foi definido para o que seria o fim do novo tipo de emplacamento veicular.

O descontentamento do presidente foi manifestado incialmente em uma entrevista no dia 5 de novembro de 2018, logo após sua eleição. Bolsoraro afirmou que faria o que pudesse para frear a implementação das novas placas, o que, segundo ele, estaria “ausente de suas prioridades”.

No 16 de fevereiro deste ano, o Ministério da Infraestrutura havia sinalizado que a placa Mercosul permaneceria, possivelmente com alterações de segurança. (mais…)

Começam cursos e oficinas do CJJC de Vitória da Conquista


Estudantes da rede estadual matriculados nos cursos e nas oficinas do Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC) de Vitória da Conquista iniciaram as aulas, nesta segunda-feira (18). Neste semestre, estão sendo ofertados 11 cursos, com 25 vagas para cada um, e estão participando cerca de 300 estudantes, divididos em 13 turmas. As atividades são direcionadas aos alunos do 9° ano do Ensino Médio, da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e da Educação Profissional e Tecnológica.

Aluna do curso técnico em Alimentos do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Saúde Adélia Teixeira, Mara Marchini, 46, conta como se interessou em fazer um dos cursos do CJCC e fala do seu encantamento já no primeiro dia de aula. “Quando a equipe do CJCC foi no CEEP apresentar para nós, alunos, as oportunidades de cursos e oficinas oferecidas, logo me entusiasmei com ‘Mutantes”, que trabalha com a biotecnologia, porque quando se trata de genética, que é onde tudo começa, logo me interesso. E estou aqui adorando e fui logo abraçada pelos meus meninos, que é como chamo os jovens colegas”. (mais…)

Em Brasília, Herzem pede recursos para recuperação dos estragos causados pelas chuvas


O prefeito Herzem Gusmão esteve em Brasília, na tarde desta sexta-feira (15), reunido com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. O novo ministério reúne as antigas pastas da Integração Nacional e Cidades.

Na pauta do encontro, agendado diretamente entre os gabinetes do prefeito e do ministro, estão obras de melhoria da infraestrutura para o Município, bem como ações de recuperação dos estragos causados pela forte chuva ocorrida no dia 17 de fevereiro.

“Foi um encontro extremamente produtivo. Destaco dois aspectos. Uma é a nova forma do Governo Bolsonaro de estabelecer o diálogo com os municípios, sem intermediários. Outra é a maneira diligente que o ministro Gustavo Canuto despacha, com os encaminhamentos sendo realizados ainda durante a audiência. Saímos com a certeza de que vamos ter respostas positivas aos nossos pleitos rapidamente”, apontou o prefeito Herzem.

 

Líder comunitário cobra construção de posto de saúde no Vila América


Na sessão desta sexta-feira, 15, Moisés da Silva Santos, mais conhecido como Dida, usou a Tribuna da Câmara Municipal para apresentar demandas do bairro Vila América e do Distrito de Inhobim. Em sua fala, Dida pediu à prefeitura a execução de uma emenda parlamentar de R$ 408 mil destinada pelo deputado Jorge Solla (PT), para a construção da nova unidade de saúde do Vila América. Dida ainda alertou para a paralisação de uma obra no Anel Rodoviário. Segundo a liderança, a obra teve início em novembro de 2018, mas está parada há cerca de 60 dias.

Ele criticou o ex-secretário de Mobilidade Urbana, Ivan Cordeiro. De acordo com Dida, quando ainda era secretário, Ivan foi convidado para uma reunião, no início de dezembro, para discutir a situação da obra, mas não compareceu e nem enviou representante. Sem respostas da gestão municipal, os moradores ameaçam realizar um protesto e até mesmo fechar o anel. Dida ainda pediu à Comissão de Obras e Serviços Públicos da Câmara para agendar uma reunião com o prefeito e tentar uma solução para o problema. (mais…)

O Brasil caiu no conto do caixa dois


Não há nada de errado com folclore. Saci-pererê é uma lenda bonita. Meu problema é com quem leva a sério a existência dos boitatás e curupiras. Nesta semana, o Supremo Tribunal Federal fez exatamente isso ao decidir que crimes relacionados com o mítico caixa dois de campanha possam ser julgados pela sempre leniente Justiça Eleitoral. Na prática, o STF reconheceu formalmente a existência de lobisomens. Digo, de caixa dois.

No Brasil da Lava Jato, muito se falou em caixa dois, e o termo ganhou contorno concretos na boca de repórteres, procuradores e juízes. Parece real. O conceito, para quem acredita em gnomos, descreve doações para políticos em campanha que, em vez de serem registradas na Justiça Eleitoral como manda a lei (isto é, no “caixa um”), entram para o bolso do candidato sem papelada nenhuma no “caixa dois”. Ops. Um mero deslize burocrático.

O problema da lenda consiste em aceitar a narrativa de que o dinheiro foi pago para fins eleitorais e que o caixa um e o caixa dois compartilham algum DNA. Essa relação ocorreria pelo contexto: o dinheiro foi recebido durante a campanha, por exemplo. Logo, alguma relação com eleição deve haver, certo? Errado. Mera suposição. (mais…)

[FOTOS]: Polícia Militar de Conquista realiza Projeto “Mulheres Acolhedoras”


O 9° BEIC iniciou nesta terça-feira (12) as atividades do Projeto “Mulheres Acolhedoras”, atividade integrante das ações relativas ao mês da mulher. O evento contou com a participação do efetivo feminino da Unidade e teve a sua abertura realizada com a apresentação musical de Taís Carvalho, seguido pelas palestras da Dra. Jacqueline Ferraz, com o tema “Sexualidade e Auto-Estima”, e da Dra. Marcella Farias, cujo tema foi “Dicas de Prevenção para uma pele saudável”.

Nessa quarta-feira (13) o 9° BEIC realizou homenagem às mulheres que estão em atendimento na Casa do Amor, instituição de caridade que presta abrigo, alimentação e cuidados para pacientes carentes em tratamento de câncer em Vitória da Conquista – Ba. O evento contou com a apresentação musical do Sub Ten PM RR Aroldo Lemos, de entrega de flores para todas as mulheres e de colchas fustões, doadas pelos Soldados recém formados em nossa Unidade. “O 9° BEIC se sente honrado em poder proporcionar momentos de descontração para pessoas que estão lutando bravamente em busca da cura do câncer”, afirma o comunicado enviado ao nosso blog.  (mais…)

Prefeitura e Cidade Verde entram em acordo após reunião cercada de ‘mistérios’


Na tarde desta quarta-feira (13), o diretor da empresa Cidade Verde, Paulo Bongiovanni, se reuniu com o prefeito Herzem Gusmão e outros membros do Executivo, afim de ouvir as condições impostas pela empresa para renovar por mais 6 meses o contrato emergencial que a autoriza a operar o lote 1, abandonado pela Viação Vitória.

Na reunião a portas fechadas e sem a presença da imprensa, foram convidados apenas 3 vereadores: Jorge Bezerra (SD) e Luís Carlos Dudé (PTB), que representam o governo na Câmara e um vereador da oposição, Coriolano Moraes (PT), que tem se debruçado nas planilhas de custo da Cidade Verde e apoia a empresa em suas reivindicações.

Há semanas a empresa Cidade Verde estava divulgando a alguns radialistas e blogueiros que entregaria o lote 1 da Vitória e até mesmo os próprio lote 2, dela mesma, caso a prefeitura não tomasse medidas urgentes para o equilíbrio econômico prometido na licitação. A empresa pedia imediata suspensão do transporte clandestino de vans.

Após a reunião a Prefeitura limitou-se a informar que ficou acordada a renovação do contrato emergencial com a empresa e divulgou apenas um dos compromissos firmados, que foi, mais uma vez, a promessa da fiscalização do transporte clandestino.

O Blog do Caique Santos entrou em contato com os vereadores  Coriolano Moraes (PT), Jorge Bezerra (SD)  e o diretor regional da Cidade Verde, Sérgio Hubner, para obter detalhes sobre as demais reivindicações da empresa, além da proibição das vans, mas nenhum deles respondeu aos nossos contatos até o momento desta postagem.

QUESTIONAMENTOS QUE PRECISAM SER RESPONDIDOS

1- Afinal, se uma liminar ainda vigorando impede que a Prefeitura apreenda as vans, como é que a prefeitura garantiu barrar as mesmas?

2- Ainda sobre as vans, o que a prefeitura vai fazer a partir dessa reunião que não poderia ter feito antes?

3- Em que pé está o processo de licitação para a vinda de outra empresa?

4- Enquanto a prefeitura não consegue barrar as vans, o que foi prometido para a Cidade Verde para que ocorra o equilíbrio econômico-financeiro da empresa?

5- O prefeito vai quebrar sua promessa e dar um novo aumento de tarifa, conforme boatos que passaram a circular após essa reunião?

A comunidade conquistense aguarda que o bom jornalismo busque essas respostas.