Colapso da Saúde em Conquista: Fila de ambulâncias e criança de 01 ano morre por falta de UTI


FOTO: BLOG DO ANDERSON

 

Conforme denunciado em primeira mão pelo BLOG DO CAIQUE SANTOS, o sistema de saúde em Vitória da Conquista entrou em colapso desde ontem (19). O Governo do Estado e a Prefeitura continuam nada em silencio sepulcral. Os números divulgados não refletem a realidade que os profissionais de saúde tem relatado à nossa redação.

No início da noite deste sábado (20) o BLOG DO ANDERSON registrou em vídeo a situação do pátio do Hospital Geral de Vitória da Conquista. De um lado quatro ambulâncias com pacientes aguardavam o acesso, e do outro, uma viatura da 78ª Companhia Independente de Polícia Militar acompanhava uma ocorrência junto com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, que resgatou um homem baleado no Residencial Lagoa Azul, bairro Campinhos.

CRIANÇA DE 01 ANO MORRRE SEM ATENDIMENTO

Na manhã desta sexta-feira (19), morreu de covid-19 a pequena Allana Vitória, de 01 ano e 02 meses, da cidade de Licínio de Almeida. Allana veio a óbito a caminho da cidade de Itabuna por não conseguir uma UTI em Vitória da Conquista e em nenhum outro hospital da região sudoeste.

A criança estava com anemia e teria sido internada há 20 dias no Hospital da Cidade, mas o quadro de saúde piorou e era preciso uma UTI pediátrica.

Alanna Vitória poderia ser atendida no Hospital UNACON em Caetité, que possui 10 de leitos de UTI e equipamentos hospitalares, mas os equipamentos, já inaugurados pelo governador Rui Costa, continuam parados, fato que tem revoltado a população das cidades circunvizinhas.

Com informações do Sertão em Dia