Conquista: Prefeita muda de ideia e decide apoiar novo toque de recolher imposto por Rui


Nesta manhã, o Comitê de Gestão de Crise voltou a se reunir para discutir o decreto estadual

 

Após afirmar que não ia obedecer ao novo horário de toque de recolher anunciado no domingo pelo governador Rui Costa, a prefeita em exercício, Sheila Lemos (DEM), repensou a decisão e mudou de ideia.  Segundo informações da Secretaria de Comunicação, na manhã desta segunda-feira (22), o Comitê de Gestão de Crise para enfrentamento da pandemia voltou a se reunir no Gabinete Civil. No encontro, ficou decidido que Vitória da Conquista irá aderir ao Decreto Estadual nº 20.240, de 21 de fevereiro, que altera os horários da restrição de circulação noturna em municípios baianos. O toque de recolher começa agora às 20h, sendo que bares e restaurantes devem encerrar o atendimento presencial às 18h, podendo fazer entregas em domicílio até as 23h.

Segundo a prefeitura, a decisão avaliou o compromisso do governador da Bahia, Rui Costa, em abrir um hospital com leitos de UTI no município de Caetité, na região Sudoeste, até a próxima sexta-feira (26) e que esse acordo teria ocorrido em conversa telefônica com a prefeita em exercício de Vitória da Conquista, Sheila Lemos, nesse domingo (21).

“Nós solicitamos que ele abrisse novas vagas na região. O governador se comprometeu a, até sexta-feira, abrir vagas na região Sudoeste, na cidade de Caetité. E nós vamos aguardar até sexta-feira para ver se realmente isso se concretiza. Então, Conquista é solidária e vai cooperar com o decreto, e, na sexta-feira, nós iremos reavaliar a situação em nossa região”, afirmou a prefeita.

O novo posicionamento foi anunciado depois que o Rui Costa, em entrevista na Rede Bahia, disse que iria prender qualquer comerciante que desobedecesse o novo horário de toque de recolher, ignorando a decisão da prefeita Sheila Lemos.