Ligação para prevenção ao suicídio se torna gratuita na Bahia e outros estados


Segundo a Organização Mundial de Saúde – OMS, 90% dos casos de suicídio poderiam ser prevenidos. Buscar ajuda por telefone tornou-se inteiramente de graça desde domingo (1°). Desde 2017, o telefone 188 do Centro de Valorização da Vida – CVV,  já era discado gratuitamente em 23 estados brasileiros, mas a Bahia, Maranhão, Pará e Paraná estavam de fora.

Em 2017, o órgão recebeu cerca de 2 milhões de ligações. Neste ano, espera ultrapassar 2,5 milhões. Além do número 188, o CVV disponibiliza atendimentos presenciais, por chat e por e-mail. O número do Centro de Valorização da Vida (CVV), órgão sem fins lucrativos dedicado a escutar qualquer pessoa que esteja passando por dificuldades, funcionando como uma prevenção ao suicídio, passará a estar disponível em todo o território nacional graças a uma parceria com o Ministério da Saúde.

Para um servidor público e voluntário há 4 anos do serviço, as pessoas procuram a instituição porque precisam desabafar e contar histórias que, muitas vezes, amigos e familiares não aguentam mais ouvir. “Imagina a caminhada que essa pessoa já deve ter feito para pegar o telefone e falar sobre suas angústias para uma pessoa que ela não conhece”, disse Antônio Batista, voluntário há 18 anos, “Falar do seu íntimo não é uma coisa tão simples”, completou ao jornal Folha de S.Paulo.

Se você quiser voluntário clique aqui e saiba como.