Polícia Federal deflagra operação para combater furtos a bancos na Bahia


A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira, 3, no estado da Bahia, a Operação Payback, visando cumprir mandados de prisão preventiva e de busca de integrantes de uma organização criminosa especializada em furtos a bancos com atuação também em outros estados.

De acordo com a PF, a investigação foi iniciada a partir da ocorrência de dois furtos e uma tentativa de furto em agências bancárias nas cidades de Feira de Santana, Simões Filho e Alagoinhas, no interior da Bahia, todas no mês de março de 2020. O grupo agia durante a madrugada, invadindo as agências bancárias através de aberturas feitas nas paredes, normalmente a partir de imóveis contíguos – alugados para a ação criminosa.

Após investigações, a Polícia Federal afirma que foram identificadas cinco pessoas envolvidas nos crimes, contra as quais foram expedidos os mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão, cumpridos por equipes de policiais federais nos estados da Bahia, Santa Catarina e São Paulo. À exceção de um deles, todos os demais suspeitos identificados ao longo das investigações são reincidentes neste tipo de crime.

Ainda conforme a PF, além do valor subtraído, o prejuízo compreende ainda os danos causados aos prédios, instalações, equipamentos e serviços bancários. A investigação prosseguirá com o objetivo de identificar os demais autores e apurar os crimes de lavagem de dinheiro, inclusive para recuperação dos valores subtraídos e arrecadação das coisas obtidas com o produto dos crimes. (A TARDE)