Policial relata detalhes da agressão que sofreu do Deputado Fabrício Falcão (PCdoB)


Policiais civis de Vitória da Conquista gravaram um vídeo ao lado de Denilson, o policial foi agredido pelo deputado estadual Fabrício Falcão (PCdoB) na última sexta-feira (31), quando era votada a PEC da Reforma da Previdência.  “Fui surpreendido com a atitude de um deputado estadual ao qual eu não sabia o nome, não sabia a qual partido pertencia, não sabia o que ele defendia”, disse Denílson.

VEJA O VÍDEO

Em entrevista exclusiva ao Blog do Caique Santos, o deputado Fabrício Falcão confirmou o confronto corporal, mas disse que a intenção não era agredir e sim empurrar o agente para fora do Parlamento, uma vez que, segundo o deputado, o policial estava armado e havia apontado uma arma para o deputado Paulo Câmara.

“Os policiais arrombaram a porta da galeria, bateram em seguranças da assembleias, que não usam armas, e invadiram o Plenário. Uma pessoa deu um chute no deputado Paulo Câmara do PSDB e no Deputado Alan Sanches que eu acho que é do DEM, foi pra lá e um agente sacou uma arma ponto 40 na cabeça dele. Quando eu vi isso, eu saí correndo e fui no enfrentamento porque eles estavam com armas na cintura. Você observa que não eram servidores normais. Eu fui para empurrar ele para fora do parlamento. Quando eu vi cara com a pistola e o deputado levando chute, eu fui na defesa do colega, que inclusive é da oposição. Eu fui na defesa do Estado Democrático de Direito”, disse Fabrício Falcão.

Nas imagens é possível ver, a partir do lado esquerdo do vídeo, o deputado correndo em direção ao policial chamado Denilson e dando um soco no rosto, sendo em seguida puxado por outros parlamentares.

VEJA O VÍDEO: