Presidente do Santander Portugal morre em decorrência do coronavírus


O presidente do conselho de administração da unidade portuguesa do banco Santander, António Vieira Monteiro, morreu nesta quarta-feira (18) em decorrência de uma infecção pelo novo coronavírus, que causa a covid-19, segundo o jornal português Expresso. Monteiro foi o segundo a morrer no país vítima da pandemia.

Monteiro, de 73 anos, assumiu a presidência do conselho do Santander em Portugal em 2019, após sete anos como presidente. O executivo foi colocado em quarentena no início deste mês após voltar de uma viagem à Itália, e estava internado na Unidade de Tratamento Intgensivo de um hospital de Lisboa desde a semana passada. Foi vice-presidente da Caixa Geral de Depósitos entre 1993 e 2000 e passou pelo antigo Banco Português do Atlântico.

“Durante a liderança de António Vieira Monteiro, da qual tive o privilégio de fazer parte, pude sempre constatar a sua perseverança para tornar o Santander em Portugal numa instituição de referência”, disse Pedro Castro e Almeida, atual presidente do banco português, em comunicado.

Portugal registrou 448 casos confirmados de coronavírus, muito abaixo dos 11.178 da vizinha Espanha.

Fonte: Revista Exame