Salvador suspende atendimento ao público na Prefeitura, fecha parques e desativa 3ª fase de retomada de atividades


Bruno Reis (DEM), prefeito de Salvador

 

A Prefeitura de Salvador vai suspender o atendimento ao público nas repartições municipais. A medida será válida, inicialmente, por duas semanas, da próxima terça-feira (23) até o dia 8 de março.

“Determinando hoje que todos os secretários e dirigentes apresentem plano para funcionamento das suas atividades não-essenciais”, anunciou o prefeito Bruno Reis (DEM), em coletiva de imprensa nesta sexta.

A única exceção é o cadastro do Sistema Único de Saúde (SUS) para receber a vacinação. O serviço, que é também feito online (veja aqui), continuará a ser feito nas prefeituras-bairro da cidade.

Os parques públicos municipais de Salvador também ficarão fechados a partir deste sábado (20). A medida foi divulgada nesta sexta-feira (19) pelo prefeito da cidade, Bruno Reis (DEM), e é uma tentativa de reduzir os números da pandemia da Covid-19 na capital baiana.

O gestor sinalizou que, na prática, o fechamento dos parques somado a já anunciada proibição de abertura ao público por cinemas e teatros (lembre aqui) representa a desativação da fase 3 de retomada de atividades em Salvador.

A medida anunciada nesta sexta vale até o dia 28 de fevereiro e atinge Lagoa dos Dinossauros, Parque dos Ventos, Jardim Botânico e o Parque da Cidade.