Virada Cultural SP: Elomar chama coronavirus de “vírus comunista desgraçado” e causa polêmica; Assista


O cantor e compositor Elomar Figueira Mello, um dos mais ilustres e conhecidos conquistenses, causou polêmica ao final de sua participação em uma ‘live’ da Virada Cultural SP, ocorrida no último sábado (19) ao chamar o coronavirus de “vírus comunista”. “Eu quero em agradecimento a Deus, não porque eu fui e vim, mas porque Ele me deu condição que ainda mesmo dentro de uma crise de um vírus comunista desgraçado com o esse que está aí, perturbando a nós todos e ao mundo”, afirmou.

A ideia de que o vírus seja “comunista”  faz parte de uma teoria da conspiração propagada por bolsonaristas, que parte do princípio de que o coronavírus foi criado pela China comunista para dominar a economia global. Ou seja, um vírus comunista para acabar com o capitalismo.

O cantor é conhecido por ter aversão à imprensa.

 

Com informações do site Avoador