PF cumpre mandados no gabinete de Maurício Barbosa e prende desembargadoras


Secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa

 

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta segunda-feira (14), simultaneamente, as 6ª e 7ª fases da Operação Faroeste. O Bahia Notícias apurou que agentes cumprem mandados de busca e apreensão no gabinete do secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, e na casa dele. A reportagem buscou posicionamento da assessoria da SSP sobre o assunto, mas, até o momento, não obteve resposta.

São cumpridos mandados de prisão temporária das desembargadoras Lígia Maria Ramos Cunha Lima e Ilona Márcia Reis, do Tribunal de Justiça da Bahia, a prisão preventiva do operador de um juiz, além do afastamento do cargo e função de todos os servidores públicos envolvidos nestas fases. São cumpridos ainda 36 mandados de busca e apreensão nas cidades baianas de Salvador, Barreiras, Catu, Uibaí e em Brasília (DF). (mais…)

Conquista: Guarda Municipal inicia testes de aptidão física


Nesta quarta-feira (9), no Estádio Municipal Lomanto Júnior, acontecem os testes de aptidão física para os candidatos pré selecionados à Guarda Municipal de Vitória da Conquista. Esta é a fase que antecede o curso definitivo de formação dos guardas.

Em decorrência das medidas de prevenção à Covid-19, os exames serão aplicados com um limite de 60 candidatos por dia, desta quarta até o próximo sábado (12), das 7 as 13h. A avaliação será conduzida por 5 profissionais da área de educação física, que irão aplicar as provas de resistência, de acordo com as normas técnicas estabelecidas para cada gênero e faixa etária.

Segundo o comandante da Guarda Municipal, Antônio Braga, os resultados do exame deverão sair no mesmo dia. “Esta é uma etapa fundamental para selecionar aqueles que farão parte do curso de formação. A Prefeitura está seguindo todos os trâmites para que tão logo Vitória da Conquista possa contar com este importante serviço”, declara coronel Braga.

Conquista: Condutor embriagado se envolve em acidente e acaba preso na BR 116


Um homem de 20 anos foi detido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na tarde deste domingo (06) por se envolver em acidente ao conduzir veículo alcoolizado. O flagrante aconteceu na altura do quilômetro 9,5 da BR 116, em Vitória da Conquista (BA).

Tudo começou quando os policiais rodoviários federais foram atender a um acidente de trânsito envolvendo dois veículos.

No local, os policiais constataram que o motorista do Corsa Classic cruzou a pista e acabou atingindo outro veículo que transitava na rodovia.

Em seguida, foi realizado os procedimentos de fiscalização e verificaram que o condutor do Corsa apresentava sinais visíveis de embriaguez. Ele foi submetido ao teste com etilômetro, cujo resultado aferiu 0,61 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões), comprovando a embriaguez. O teste no aparelho apresentou índice quase 2 vezes maior do valor considerado como crime que é de 0,34 mgL.

Ele confessou que bebeu cerveja momentos antes da ocorrência do acidente e que cruzou a pista sem os cuidados necessários. O motorista foi detido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil e apresentado à autoridade policial de plantão.

A PRF alerta sobre as consequências da combinação de álcool e volante e atua no policiamento ostensivo e preventivo, sendo priorizada a fiscalização de condutas de risco como ultrapassagens proibidas, alcoolemia ao dirigir, dentre outras, com foco na redução de acidentes.

Penalidade

O artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro prevê multa gravíssima, multa de R$ 2.934,70, sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor. O valor da multa dobra se o caso for de reincidência nos últimos doze meses.

A mesma multa é aplicada para quem se recusa a fazer o teste. Além disso, caso o policial verifique sinais de embriaguez como dificuldade no equilíbrio, olhos vermelhos, forte odor de álcool no hálito, lavra um termo de constatação e prende o condutor.

Categoria

Conquista: Idoso que estava desaparecido é encontrado morto


O senhor José Santos Souza, 75 anos, que estava sendo procurado pela família, foi encontrado morto na tarde desta segunda-feira ( 07). Segundo informações do Blog do Léo Santos, o corpo estava dentro de um buraco no quintal da sua própria casa, na avenida Recife no bairro Brasil.

A Polícia não divulgou maiores informações sobre o caso.


Dois suspeitos de roubos de cargas e veículos morrem em confronto com a PM em Vitória da Conquista


Dois suspeitos de roubos de cargas e veículos na Bahia e em Minas Gerais morreram na noite deste último domingo (6/12), em confronto com equipes da 92ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Vitória da Conquista). Segundo a PM, a dupla foi interceptada após levantamento de informações realizado pelo setor de inteligência da unidade.

Com o apoio do patrulhamento ostensivo realizado pelo Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto), a dupla foi localizada enquanta passava por uma rodovia que liga os povoados de Lagoa de José e Dantilândia, no sudoeste do estado.

De acordo com o major Eduardo Viana Moreira Júnior, da 92º CIPM, assim que foram avistados, os policiais deram voz de prisão a eles. Ambos teriam descido do veículo já atirando, e no confronto, foram atingidos. Os suspeitos foram socorridos para o Hospital Geral de Vitória da Conquista, mas não resistiram.

Com eles, foram encontrados dois revólveres, um aparelho para bloquear rastreadores de veículos e 20 litros de óleo diesel. Ainda conforme a polícia, a dupla possuía passagens por roubo de veículos. A ocorrência foi registrada na corregedoria setorial da 92ª CIPM.

Fonte: Aratu Online


[VÍDEO]: PM aponta arma para colega que reclamou de sua demora em voltar do almoço; Assista


Vídeos que circulam nas redes sociais mostram dois policiais durante uma briga da Santa Efigênia, no centro de São Paulo, nesta sexta-feira (4). Nas imagens um agente chega a apontar uma arma para o rosto do colega.

A região, conhecida pelo comércio popular de eletrônicos, estava lotada nesta manhã quando os dois agentes começaram um discussão na esquina da rua Santa Efigênia com a rua Timbiras.

Segundo noticiado,um deles, o que ficou sozinho, reclamou ao outro sobre sua demora em retornar do almoço . Ele reagiu apontando a arma.

Populares, que filmavam a briga, gritam para que os agentes tenham cuidado já que as ruas estão lotadas e outros, incentivam ele a atirar. Mesmo assim os dois acabando trocando socos no meio da rua. Ainda não se sabe o motivo que iniciou a discussão.

Em nota, a SSP (Secretaria de Segurança Pública) classificou a ocorrência como “gravíssima e repulsiva”. “A atitude viola frontalmente os valores fundamentais da Instituição, especialmente a disciplina, a hierarquia, o profissionalismo, a honra e a dignidade humana, exigindo assim punições severas, na medida de sua gravidade”, completou o órgão.

R7


79ª CIPM recupera moto roubada e conduz adolescente por ato infracional


Na noite da última quinta-feira (03), policiais da 79ª CIPM recuperaram uma motocicleta com restrição de furto/roubo em posse de um adolescente, na cidade de Planalto.

Os militares realizavam o patrulhamento de rotina quando receberam da CENOP (Central de Operações) a localização do autor de um veículo furtado. Os militares deslocaram em diligência até o bairro Morada Planalto, onde localizaram autor. Com base nas suas informações, os policiais localizaram 01 (uma) motocicleta Honda NX Broz, laranja, escondida pelo infrator num matagal. O genitor do adolescente acompanhou toda ação.

Diante das circunstâncias, o Conselho tutelar foi acionado para que fosse possível realizar a apresentação do autor e o veículo apreendido para autoridade policial competente. Por fim, as medidas judiciais cabíveis foram adotadas.

Fonte: 79ª CIPM, ASCOM

Conquista: 05 homens morrem em troca de tiros com a Rondesp


Durante um patrulhamento tático na zona rural de Vitória da Conquista, na tarde desta quarta-feira (02), guarnições da Rondesp foram informadas por moradores locais que os mesmos teriam sido vítimas de sucessivas tentativas de roubos, minutos antes, por homens que estavam a bordo de motocicletas.

De acordo com informações dos policiais, após rondas no local, vários indivíduos sobre as motocicletas foram vistos nas imediações e começaram a atirar contra a equipe, assim que avistaram os policiais, fugindo em seguida, adentrando em um matagal.

“Diante do exposto, os milicianos fizeram um cerco, porém os criminosos voltaram a atirar, sendo necessário o revide. Assim que o tiroteio acabou, foram localizados cinco indivíduos caídos. De imediato foi prestado socorro aos e eles foram encaminhados para o Hospital de Base, onde não resistiram e evoluíram a óbito”, diz a informação passada pela comunicação da Rondesp.

Com informações do Blog do Sena/Blog do Leo Santos

Morre jovem baleado no Anel Viário; Polícia suspeita de latrocínio


Faleceu na noite desta terça-feira (01) Uelton Matos dos Santos, 26 anos, que havia sido baleado no anel viário de Conquista, próximo ao bairro Conveima I, na tarde de ontem.

Segundo a polícia, Uelton foi atingido na perna e no braço. O Samu 192 também recebeu a informação que ele havia sofrido um acidente, mas não disse se foi antes ou depois dos tiros.

Moradores informaram à polícia que o outro envolvido no acidente saiu do local e que a motocicleta da vítima teria sido recolhida por amigos e familiares.

A polícia acredita que o mesmo foi vítima de latrocínio.

Com informações do Notícias VCA

Vídeo: Homem negro é espancado até a morte no Carrefour de Porto Alegre


Um homem negro foi espancado e morto por dois homens brancos em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, na noite desta quinta-feira (19), véspera do Dia da Consciência Negra (nesta sexta, 20). João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi agredido em uma unidade do supermercado Carrefour. As imagens da agressão foram gravadas e circulam nas redes sociais (veja vídeo acima; as imagens são fortes).

Os dois suspeitos, um de 24 anos e outro de 30 anos, foram presos em flagrante. Um deles é policial militar e foi levado para um presídio militar. O outro é segurança da loja e está em um prédio da Polícia Civil. A investigação trata o crime como homicídio qualificado. O Carrefour e a polícia não divulgaram os nomes dos agressores.

A Brigada Militar, como é chamada a Polícia Militar no Rio Grande do Sul, informou que o espancamento começou após um desentendimento entre a vítima e uma funcionária do supermercado, que fica na Zona Norte da capital gaúcha. A vítima teria ameaçado bater na funcionária, que chamou a segurança.

João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi espancado e morto por dois homens brancos em Porto Alegre. — Foto: Reprodução/Redes sociais

 

Ainda não se sabe o que deu início às agressões.

“A esposa [da vítima] referiu que eles estavam no mercado fazendo compras, que o marido fez um gesto, que ela não soube especificar, para a fiscal. E ele teria sido conduzido para fora do mercado”, destaca a delegada Roberta Bertoldo.

O Carrefour informou, em nota, que lamenta profundamente o caso, que iniciou rigorosa apuração interna e tomou providências para que os responsáveis sejam punidos legalmente.

A rede, que atribuiu a agressão a seguranças, também chamou o ato de criminoso e anunciou o rompimento do contrato com a empresa que responde pelos funcionários agressores. (Veja a íntegra da nota ao final da reportagem)

Também em nota, a Brigada Militar informou que o PM envolvido na agressão é “temporário” e estava fora do horário de trabalho.

Segundo o comunicado, as atribuições dele na corporação são limitadas à “execução de serviços internos, atividades administrativas e videomonitoramento” e “guarda externa de estabelecimentos penais e de prédios públicos”. A Brigada não informou o que ele fazia no mercado. (Veja a íntegra da nota ao final da reportagem)

Homem morreu no local
Freitas foi levado da área de caixas para a entrada da loja e teria, segundo apurou a Polícia Civil, iniciado a briga após dar um soco no PM. Na sequência, Freitas foi surrado.

A delegada afirmou que, pelas imagens internas do supermercado, é possível confirmar que o PM trabalhava como segurança do local, o que o agente nega. “As imagens mostram que ele estava fazendo segurança”, disse Bertoldo.

A funcionária que primeiro teria se desentendido com a vítima ainda no caixa também prestou depoimento. “Não vou especificar [o que foi dito] porque ela está sendo investigada”, afirmou a delegada.

O vídeo da agressão circula nas redes sociais desde o final da noite de quinta-feira. A polícia vai analisar as imagens do vídeo postado e também de câmeras de segurança do local.

Nas imagens que circulam nas redes, é possível ver dois homens vestindo roupa preta, o que aparenta ser o uniforme dos seguranças, dando socos no rosto da vítima, que já está no chão. Uma mulher que estava próxima deles parece filmar a ação dos agressores. Em seguida, já com sangue espalhado pelo chão, outras pessoas aparecem em volta do homem agredido, enquanto os dois agressores continuam tentando mobilizá-lo no chão.
Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) tentou reanimar o homem depois que ele foi espancado, mas ele morreu no local. Ainda não se sabe qual foi a causa da morte, mas uma análise preliminar da perícia indica que pode ter sido asfixia.

O crime está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Porto Alegre.

Os dois homens foram autuados em flagrante por homicídio qualificado. A polícia não informou o nome da empresa de segurança que eles trabalhavam nem o nome dos suspeitos.

Assassinatos de negros aumentam
Dados divulgados em agosto deste ano pelo Atlas da Violência 2020 indicam que os assassinatos de negros aumentaram 11,5% em dez anos, enquanto os de não negros caíram 12,9% no mesmo período. Entre os negros, a taxa de homicídios no Brasil saltou de 34 para 37,8 por 100 mil habitantes entre 2008 e 2018.

O relatório também mostra que, em 2018, os negros representaram 75,7% das vítimas de todos os homicídios.

Agressões e racismo em mercados
Casos de agressão a negros ou relatos de racismo em mercados têm sido recorrentes em várias cidades do país.

No início deste mês, o cliente de um mercado no Centro do Rio informou ter levado um tapa no rosto de um segurança que o acusou de tentar furtar uma carne. Segundo a vítima, o jardineiro Felipe Rodrigues da Silva, de 31 anos, a agressão foi motivada por racismo. O caso foi registrado pela polícia como calúnia e “vias de fato”, podendo desdobrar para discriminação racial.

Em junho, uma jovem negra de 23 anos registrou boletim de ocorrência em Araçatuba (SP) por injúria racial alegando que foi seguida pelo segurança e enforcada pelo gerente de um supermercado. A mulher, que é produtora cultural, gravou vídeos nas redes sociais em que aparece chorando e denunciando o caso.

Veja a íntegra da nota do Carrefour
O Carrefour informa que adotará as medidas cabíveis para responsabilizar os envolvidos neste ato criminoso. Também romperá o contrato com a empresa que responde pelos seguranças que cometeram a agressão. O funcionário que estava no comando da loja no momento do incidente será desligado. Em respeito à vítima, a loja será fechada. Entraremos em contato com a família do senhor João Alberto para dar o suporte necessário.

O Carrefour lamenta profundamente o caso. Ao tomar conhecimento deste inexplicável episódio, iniciamos uma rigorosa apuração interna e, imediatamente, tomamos as providências cabíveis para que os responsáveis sejam punidos legalmente. Para nós, nenhum tipo de violência e intolerância é admissível, e não aceitamos que situações como estas aconteçam. Estamos profundamente consternados com tudo que aconteceu e acompanharemos os desdobramentos do caso, oferecendo todo suporte para as autoridades locais.

Veja a íntegra da nota da Brigada Militar
Imediatamente após ter sido acionada para atendimento de ocorrência em supermercado da Capital, a Brigada Militar foi ao local e prendeu todos os envolvidos, inclusive o PM temporário, cuja conduta fora do horário de trabalho será avaliada com todos os rigores da lei. Cabe destacar ainda que o PM Temporário não estava em serviço policial, uma vez que suas atribuições são restritas, conforme a legislação, à execução de serviços internos, atividades administrativas e videomonitoramento, e, ainda, mediante convênio ou instrumento congênere, guarda externa de estabelecimentos penais e de prédios públicos. A Brigada Militar, como instituição dedicada à proteção e à segurança de toda a sociedade, reafirma seu compromisso com a defesa dos direitos e garantias fundamentais, e seu total repúdio a quaisquer atos de violência, discriminação e racismo, intoleráveis e incompatíveis com a doutrina, missão e valores que a Instituição pratica e exige de seus profissionais em tempo integral.

 

Fonte: G1