TVE exibe entrevista de Lula após reportagens do The Intercept Brasil


O programa Entre Vistas desta terça-feira, às 22h, na TVE Bahia, exibe a primeira entrevista do ex-presidente Lula, concedida aos jornalistas Juca Kfouri e José Trajano, após as reportagens publicadas pelo site The Intercept Brasil, revelando conversas entre o ex-juiz Sergio Moro, atual ministro da Justiça, o procurador da República Deltan Dallagnol e outros procuradores da Lava Jato.

Autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a entrevista ao canal TVT foi gravada da sede da Polícia Federal, em Curitiba.

Lula relembrou a invasão da Polícia Federal na sua casa, na dos seus filhos, e ao Instituto que leva o seu nome. “A Polícia Federal não encontrou absolutamente nada e não teve coragem de dizer na televisão”, afirmou, ao acrescentar que não houve um pedido de desculpas pela situação. (mais…)

Fanpage de Marcell Moraes divulga montagem aumentando público em evento


Circula nos grupos de whatsapp de Vitória da Conquista (BA) uma foto com uma montagem grosseira visando aumentar a quantidade de pessoas que participaram no evento ‘Cãominhada’, ocorrido na cidade no último dia 02 e promovido pelo deputado estadual Marcell Moraes. O parlamentar é muito conhecido na cidade e já anunciou que pretende transferir o título de eleito para Conquista e se candidatar ao cargo de Prefeito.

Na Fanpage do deputado, que tem mais 262.861 seguidores, é possível ver o ‘card’ com a montagem em que uma mesma mulher, segurando nos braços um cachorro, aparece 3 vezes em pontos diferentes. ” Foram mais de 3.000 (três mil) pessoas presentes”, diz o texto que acompanha a fotomontagem.

Nossa reportagem entrou em contato com o administrador (a) da Fanpage de Macell Moraes e através do número de whatssapp do deputado, solicitando um posicionamento de Marcell Moraes sobre o assunto, mas até o momento não recebemos resposta.

 

 

Decreto de armas de Bolsonaro é rejeitado na CCJ do Senado


A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou nesta quarta-feira (12) sete projetos de decreto legislativos que tornam sem efeito um decreto do presidente Jair Bolsonaro que flexibiliza o porte de armas no Brasil. Os PDLs 233, 235, 238, 239, 286, 287 e 332/2019 tramitam em conjunto e seguem para a análise do Plenário em regime de urgência.

A CCJ rejeitou, por 15 votos a 9, o parecer do senador Marcos do Val (Cidadania-ES). Ele era contrário aos PDLs e favorável ao Decreto 9.785, de 2019. O regulamento assinado em maio pelo presidente da República concede porte a 20 categorias profissionais e aumenta de 50 para 5 mil o número de munições que o proprietário de arma de fogo pode comprar anualmente. Nesta quarta-feira, Marcos do Val voltou a defender o decreto, que regulamenta o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826, de 2003).

— As armas são o único meio para defesa de inocentes expostos à violência de bandidos. Todo cidadão tem direito à autodefesa. Sem esse direito, as pessoas ficam vulneráveis. E sem segurança não existe a liberdade. Se o cidadão estiver amparado pela lei para defender sua família, o criminoso vai pensar duas vezes antes de invadir uma residência ou um comércio — afirmou o relator. (mais…)

Sinapro e TCM apontam ilegalidades em licitação publicitária na Câmara Municipal de Vitória da Conquista


Após denúncia do Sindicato das Agências de Propaganda do Estado da Bahia (Sinapro-Bahia), a Câmara Municipal de Vitória da Conquista resolveu suspender a Tomada de Preços nº 1, de 2019, aberta para contratação de serviços de publicidade. De acordo com a presidente eleita do Sindicato, Vera Rocha, o processo descumpria as normas gerais para licitação e contratação pela administração pública de serviços de publicidade prestados por intermédio das agências de propaganda, com base na lei 12.232/10.

Essa ação do Sinapro-Bahia conta com a observância do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), órgão de fiscalização e controle das atividades públicas. “Havíamos solicitado a Câmara alterações no edital que foram acatadas parcialmente, mantendo ainda algumas irregularidades. Enviamos uma segunda impugnação que foi ignorada pela casa legislativa, forçando o Sinapro-Bahia a denunciar ao TCM, que deferiu pela suspensão e cancelamento do processo”, explica Vera Rocha.

De acordo com o documento de impugnação expedido pelo Sinapro, o Edital elegeu o TIPO -técnica e preço” para julgamento desta licitação. Não obstante, no subitem 10.3.4, alíneas “d”, “e” e “f’, ocorre um enorme equívoco: o certame deixa de ser julgado pelo TIPO “técnica e preço”, e passa a ser julgado no tipo “MELHOR TÉCNICA-, o que, por si só, basta para anular a licitação, cujo
Edital está sendo REPUBLICADO”, diz o documento.

A Sinapro-BA também apontou erros de redação no que diz respeito às leis que regem o certame.   (mais…)

URGENTE: As conversas secretas da Lava Jato


O Intercept Brasil acaba de publicar três matérias exclusivas e explosivas baseadas em mensagens trocadas entre integrantes da Lava Jato em Curitiba, como o procurador Deltan Dallagnol, e outras pessoas importantes, como o ex-juiz Sergio Moro. As conversas foram obtidas há algumas semanas pelo Intercept através de uma fonte anônima. As reportagens dão início à série “As mensagens secretas da Lava Jato”. A primeira delas torna públicas as motivações políticas que guiaram as ações da força-tarefa. A segunda matéria revela como Moro instruiu Deltan Dallagnol, sugerindo mudanças nas fases da operação, dando pistas para a investigação, indicando fontes e, assim, violando a neutralidade de magistrado. E a terceira demonstra como a Lava Jato blefou no STF para levar o caso do triplex para Curitiba. Pouco antes de apresentar a primeira denúncia contra Lula, Dallagnol não tinha certeza da ligação entre o apartamento e o esquema da Petrobras: “até agora tenho receio da ligação entre petrobras e o enriquecimento, e depois que me falaram to com receio da história do apto”, escreveu aos colegas. (mais…)

Militante histórico do PT de Conquista abandona partido por revolta contra Rui Costa


Depois de um artigo escrito pelo historiador e integrante da Direção Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) Valter Pomar, sugerindo a expulsão do governador da Bahia para “impedir a desmoralização” do partido, agora foi a vez de um importante militante petista de Vitória da Conquista demonstrar sua resignação contra Rui Costa. O professor de Direito da UESB e antigo militante petista, Cláudio Carvalho, fez questão de publicizar em seus perfis nas redes sociais seu pedido de desligamento do Partido dos Trabalhadores.

O professor disse não ter mais nenhuma condição de ficar no mesmo partido que Rui Costa. “Comecei minha militância política aos 13 anos – nas eleições de 1988: Valter Pires para Prefeito, Zé Raimundo para Vice-Prefeito; Waldenor, Noeci e Albertina para Vereadores. Lembro- me como se fosse hoje entregando ‘santinhos’ próximo a igreja do Bom Jesus. 13 de março de 1992 até hoje – 27 anos de filiado. Foram inúmeras campanhas: de presidente a vereador. Coordenei a @juventude_do_pt etc e foi um aprendizado extraordinário”, escreveu.

“Mas deu!! Nenhuma condição de ficar no mesmo partido de @ruicostaoficial . Pela segunda vez o @govba manda o coronel da polícia de choque para negociar com professores e estudantes demonstrando a incapacidade política do governo. A omissão do @ptbrasil @ptbahiaoficial com as práticas neocarlistas do governador é inaceitável. Continuo ao lado dos trabalhadores e trabalhadoras defendendo um projeto popular para o Brasil. Há braços de luta!!”, concluiu.

A direção municipal do PT e os parlamentares locais petistas ainda não se manifestaram sobre o caso.

Bolsonaro veta pena mais dura a quem divulga fake news em eleições


Foi sancionada pela Presidência da República nesta terça-feira 5, uma nova lei que torna crime a denunciação caluniosa com finalidade eleitoral. O presidente Jair Bolsonaro (PSL), entretanto, vetou um trecho da lei que equipara a prática à divulgação de informações falsas, como fake news, por qualquer meio. O texto já está em vigor e valerá para as próximas eleições.

De acordo com o texto da Lei 13.834/2019, que atualiza o Código Eleitoral, está sujeito à pena de dois a oito anos de reclusão quem der origem a qualquer tipo de investigação ou processo judicial contra alguém que sabe ser inocente. A pena pode ser maior se a pessoa usar do anonimato ou nome falso; mas se a acusação for de uma contravenção, o tempo de prisão é reduzido à metade. (mais…)

Senado aprova MP do ‘pente-fino’ no INSS sem apoio dos parlamentares da Bahia


Com 55 votos favoráveis, o Senado garantiu a aprovação da Medida Provisória 871, que cria dois programas de fiscalização e combate a fraudes no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A votação aconteceu na noite dessa segunda-feira (3), prazo final para a Casa apreciar o texto antes que ele perdesse a validade.

No entanto, entre os 12 votos contrários, estão os dos três senadores da Bahia — Otto Alencar (PSD), Jaques Wagner (PT) e Ângelo Coronel (PSD). Todos eles se opuseram ao texto editado pelo governo Jair Bolsonaro (PSL) no início deste ano. Nas redes sociais, o ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado (AL-BA) disse que um dos motivos que o fez votar contra a medida foi o curto prazo para o trâmite no Senado, o que faz com que as MPs sejam votadas no “afogadilho”, segundo o baiano. (mais…)

Haddad não defende pregação de ‘Lula livre’ em atos por educação


Foto: Divulgação/TVE Bahia

Em ato organizado em apoio a Lula no domingo (2), em São Paulo, petistas defenderam que não há como separar a defesa da educação pública da pauta pela soltura do ex-presidente.

Nos últimos dias 15 e 30, manifestações foram realizadas em todo o país contra o contingenciamento de recursos na edução pelo governo Bolsonaro. A liberdade do ex-presidente também foi pauta em muitos desses atos.

“Lula e educação são inseparáveis. Essa moçada está indo às ruas pelo legado que Lula deixou nesse país”, declarou a deputada federal Gleisi Hoffmann, presidente nacional do partido.

“A campanha do Lula Livre, que no nosso caso é mostrar o julgamento injusto que ele teve, se junta à pauta da educação”, afirmou Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula. (mais…)

ACM Neto diz que Bolsonaro pode sofrer impeachment caso não mude postura


O prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas, ACM Neto, disse que, caso não mude sua postura, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) irá sofrer impeachment ou um golpe com o fechamento do Congresso. A informação foi divulgada pela coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo. Neto entende que é preciso arrefecer a troca de chumbos entre o governo e o Parlamento. A preço de hoje, a previsão de ACM Neto balança entre o alarmismo e a irresponsabilidade.

Já o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que também é ligado ao partido, “promete que vai dobrar Jair Bolsonaro e convencê-lo a parar de maltratar a classe política”. Ao jornal, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), demonstrou que não tem mais esperanças a depositar em Bolsonaro

Fonte: Metro 1