[CONQUISTA]: Adolescentes violentam sexualmente criança dentro de escola municipal


Um caso de abuso infantil deixou a comunidade conquistense chocada. Os pais de uma criança de 7 anos de idade relatam que a mesma disse ter sido violentada por 03 adolescentes dentro nas dependências do Centro Municipal Professor Paulo Freire, conhecido como ‘CAIC’. A idade dos adolescentes não foi relevada.

De acordo com a mãe da criança. a vítima teria sido trancada no banheiro da escola durante o ato. Além de roubar  dinheiro os 03 jovens teriam introduzido um objeto no ânus do menino.

A família da criança e o próprio menino estão sendo acompanhados pelo Conselho Tutelar que os encaminharam, imediatamente, ao Hospital Esaú Matos e  ao Departamento de Polícia Técnica para fazer o exame de corpo de delito. Também foi dado encaminhamento para assistência psicológica e social do município.

A Prefeitura de Vitória da Conquista, responsável pela gestão da escola, confirmou o crime e disse que todas as medidas cabíveis estão sendo tomadas pela Secretaria Municipal de Educação. “Ainda hoje, vai ser realizada uma reunião para começar a se apurar os responsáveis pelo ocorrido. Certificado de que houve qualquer tipo de omissão ou descuido, as punições serão aplicadas. Dentre elas, a possibilidade do afastamento de toda a equipe gestora da escola”, informou a Prefeitura por meio de nota à imprensa.

Ainda segundo a nota da PMVC, será feita uma avaliação das ações a serem tomadas em relação aos adolescentes acusados pela criança. “Em confirmado que o delito foi efetivamente cometido, eles serão encaminhados ao Conselho Tutelar e ao Ministério Público, para que as medidas determinantes nesses casos sejam tomadas”, diz.

A Polícia ainda não se manifestou sobre o caso. O crime aconteceu no dia em que a criança completou 7 anos.

 

LEIA A NOTA DA PREFEITURA:

COMUNICADO À IMPRENSA

Em relação ao gravíssimo caso ocorrido na tarde de ontem, nas dependências do Centro Municipal Professor Paulo Freire, CAIC, a Prefeitura de Vitória da Conquista, tendo à frente das investigações a Secretaria Municipal de Educação, vem a público informar que todas as medidas cabíveis estão sendo tomadas.

A família da criança e o próprio menino estão sendo acompanhados pelo Conselho Tutelar que os encaminharam, imediatamente, ao Hospital Esaú Matos e Departamento de Polícia Técnica para fazer o exame de corpo de delito. Também foi dado encaminhamento para assistência psicológica e social do município.

Ainda hoje, vai ser realizada uma reunião para começar a se apurar os responsáveis pelo ocorrido. Certificado de que houve qualquer tipo de omissão ou descuido, as punições serão aplicadas. Dentre elas, a possibilidade do afastamento de toda a equipe gestora da escola.

Em relação aos adolescentes acusados pela criança, também será feita a avaliação das ações em relação a eles. Em confirmado que o delito foi efetivamente cometido, eles serão encaminhados ao Conselho Tutelar e ao Ministério Público, para que as medidas determinantes nesses casos sejam tomadas.

A Prefeitura de Vitória da Conquista irá dar total transparência às ações decorrentes sobre o assunto e se coloca inteiramente à disposição da imprensa e da comunidade para prestar as informações necessárias.

Para nós, é de extrema importância que fatos como estes sejam exemplarmente punidos para que nunca mais voltem a ocorrem em nossa cidade.