[CONQUISTA]: ‘Botão do Pânico’ é apresentado à Rede de Proteção e Atenção à Mulher


O Botão do Pânico é um dispositivo eletrônico de proteção para mulheres amparadas pela Lei nº 11340/2006 (Lei Maria da Penha). Ele funcionará permitindo que a vítima acione a Central de Monitoração, através de um botão, caso visualize a aproximação do agressor que está sob efeito de medida protetiva.

Para apresentar o equipamento, o Núcleo de Monitoração Eletrônica, da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia participou, nesta terça-feira (22), da reunião ordinária da Rede de Proteção e Atenção à Mulher em situação de Violência de Vitória da Conquista, no Centro de Referência Albertina Vasconcelos (Crav).

O Núcleo, implantado em agosto deste ano, chega a Vitória da Conquista e já conta com 30 pessoas monitoradas com tornozeleiras e botão do pânico. Para Simone Máximo, coordenadora da equipe do Núcleo, “este contato com a rede é muito importante para o processo de diminuição de danos causados à vitima pelo seu agressor”.

Durante a reunião, os participantes da Rede também puderam tirar dúvidas quanto ao funcionamento do botão do pânico. “Nossa ideia com este convite à equipe do Núcleo de Monitoração foi a explanação deste serviço, já que ele é novo e ainda existem muitas dúvidas quanto ao monitoramento, principalmente no que se refere aos benefícios para as mulheres vítimas de violência que ainda são ameaçadas por seus agressores”, ressaltou a coordenadora de Políticas para Mulheres Dayana Eveline Andrade.

A Rede é formada por representantes dos serviços que compõem a Assistência Social do Município, da Secretaria de Saúde, Secretaria de Educação, Polícia Militar, Ministério Público Estadual, Câmara de Vereadores e entidades da sociedade civil.