Prefeito de Jequié deve ser afastado em operação da PF de combate a fraudes


O prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira, deverá ser afastado do cargo, nesta quinta-feira (2), por meio de medida cautelar da Polícia Federal (PF) e Controladoria Geral da União (CGU). Intitulada de Old School, a operação combate fraudes em licitações e desvio de verbas públicas no município do Sudoeste baiano. Além deste, há outros 11 mandados de busca e apreensão.

As investigações foram iniciadas no final de 2018, a partir de denúncia de vereadores. Uma empresa estaria vencendo diversas licitações no município, conforme os edis. Em uma dessas licitações para promover a reforma de 82 escolas nas zonas rural e urbana, os serviços estariam sendo executados de maneira insatisfatória.

A Polícia Federal iniciou, então, a análise e apurou que a gestão municipal celebrara com a empresa em questão um contrato no importe de R$ 8.853.846,66 milhões, valor a ser pago com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e da Valorização do Magistério (FUNDEF).

Com informações do Bahia Notícias