Em ‘Carta Aberta’ Monalisa Barros responde Herzem: “Meu partido é o SUS”; Leia na íntegra


Foto: Rede Social

Após a repercussão do áudio vazado dos bastidores de uma entrevista do Prefeito de Conquista, Herzem Gusmão, a Professora Doutora Monalisa Barros, presidente do Conselho Municipal de Saúde, respondeu ao prefeito em carta aberta, falando em seu nome próprio e não em nome do Conselho.

No texto, Monalisa diz, entre outras coisas, que está aberta a uma conversa franca, “baseada em dados epidemiológicos, na lógica do compromisso social, do bem público e colocando a saúde da população acima de qualquer acordo político-partidário” e que seu partido é o SUS, “objeto do meu trabalho, do meu ensino e da minha militância”, escreveu.

Sobre as acusações de Herzem, chamando-a de “grosseira” e “arrogante” e convocando-a a defender Conquista em vez de Rui Costa, respondeu: “não me senti agredida pois, em nenhum momento, agi em meu próprio nome e é, exatamente, na defesa de Conquista e do SUS, todo o meu empenho como cidadã e Presidente do Conselho Municipal de Saúde”

LEIA A ÍNTEGRA DA CARTA:

Vitória da Conquista, 18 de dezembro de 2018.

Sou Monalisa Barros, psicóloga, professora da UESB e atual presidente do Conselho Municipal de Saúde. Hoje, 18 de dezembro de 2018, fui surpreendida por um áudio do Sr. Prefeito Herzem Gusmão no qual ele, aparentando ter uma visão limitada a respeito da importância da Policlínica Regional para a população de Vitória da Conquista, tece comentários nada respeitosos a meu respeito. Cita inclusive, no áudio, o nome do meu pai Hormindo Barros, falecido há 22 anos, como para não deixar dúvidas de quem ele se referia. (mais…)

[ESTÁGIOS]: Confira as vagas para estudantes universitários no CIEE


O Centro de Integração Empresa Escola (CIEE) oferece vaga para estágios remunerados em Vitória da Conquista. Nesta quarta-feira (19) as oportunidades sãopara estudantes de diversos cursos. O CIEE está localizado na avenida Vivaldo Mendes Ferraz, 443 – Recreio. Telefone: (77) 3424-4714 / 3424-556518/12/2018 á 21/12/2018.

– Administração – 5 vagas

1º ao 7º semestre

Sexo:Ambos

Jornada: 6 horas

Horário a combinar

– Ciências Contábeis – 1 vaga

A partir do 2º semestre

Sexo: Ambos

Jornada: 6 horas

Horário a combinar

– Jornalismo – 1 vaga

A partir do 2º semestre

Sexo: Ambos

Jornada: 6 horas – Vespertino

Horário a combinar

– Pedagogia – 1 vaga

A partir do 2º semestre

Sexo: Ambos

Jornada: 6 horas –

Horário a combinar

– Geografia – 1 vaga

A partir do 2º semestre

Sexo: Ambos

Jornada: 6 horas –

Horário a combinar

– Publicidade e Propaganda – 1 vaga

A partir do 2º semestre

Sexo: Ambos

Jornada: 6 horas –

Horário a combinar

Governo vai proibir bebida alcoólica e carrinho de bebê no evento da posse


O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Sergio Etchegoyen, afirmou que haverá quatro barreiras de segurança para quem quiser acompanhar a posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro, na Esplanada dos Ministérios. Além dos pontos de revista manual e detector de metais ao longo do percurso de cerca de três quilômetros, objetos como carrinhos de bebê e bolsas estarão proibidos.

O acesso será permitido apenas para pedestres e carros credenciados, de acordo com Etchegoyen, por meio da Rodoviária de Brasília. O bloqueio da via iniciará na madrugada do dia 30 de dezembro e terminará na manhã do dia 2 de janeiro de 2019. (mais…)

Ministério da Saúde pagou R$ 2,1 bi irregularmente a Cuba, diz TCU


O Tribunal de Contas da União (TCU) investiga a transferência irregular de mais de R$2,1 bilhões dos cofres públicos do Brasil para a empresa cubana Cimab S/A, controlada pela ditadura, desde o ano de 2004, no governo Lula, até 2017. Do total, R$1,35 bilhão se referem a suposta compra do medicamento alfaepoetina humana recombinante. O acordo, com a Bio-Manguinhos, da Fiocruz Vacinas, previa a transferência da tecnologia, mas isso nunca foi feito. Sem contar outras irregularidades.

O jornalista Claudio Humberto inform00a que o relator no TCU, ministro Augusto Nardes, recomenda rescindir o contrato e mudar de fornecedor. Ele aponta nove irregularidades. O montante investigado inclui verba da construção de um centro de produção de medicamentos no Brasil, que jamais saiu do papel.

O TCU diz que nem sequer há termos aditivos no contrato do Ministério da Saúde com a cubana Cimab S.A. E está sendo pago até hoje. Não há prestação de contas da Bio/Manguinhos de verba do Ministério da Saúde repassada a Cuba mesmo sem a transferência de tecnologia. (Cláudio Humberto/Metrô Jornal)

Ministra Damares: “O pastor ia ao meu quarto à noite pra me estuprar”


Imagem: Rafael Carvalho

De maneira emocionada, a futura ministra de Mulheres, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, detalhou em entrevista ao site Universa, e pela primeira vez, a série de estupros dos quais foi vítima quando era criança. Nas últimas semanas, a pastora evangélica e sergipana teve falas e propostas altamente criticadas –uma delas, envolve uma extemporânea “bolsa estupro”, a ser concedida para mulheres que aceitassem ter o filho, fruto da violação.

No entanto, nesta entrevista, esses assuntos não foram tratados. Damares achou por bem falar do que viveu, primeiro, por motivos psíquicos que só a ela competem. Segundo, porque eles explicam, em parte, sua escolha por dedicar boa parte de sua atuação como advogada na defesa de crianças violentadas e, por último, porque os episódios envolvendo o médium João de Deus trouxeram o assunto novamente à pauta.

Damares revela que foi violentada por dois pastores da igreja que ela e a família frequentavam. Aos 10, ela pensou em se matar e conta que subiu em uma goiabeira com veneno de rato dentro de um saquinho plástico. A explicação do que a fez desistir foi “ter visto Jesus”. “O primeiro abusador foi às vias de fato. Fui estuprada por dois anos. Ele dizia que eu era ‘enxerida’, que a culpa era minha e que, se falasse, meu pai morreria”, diz a futura ministra. O segundo, que a machucou quatro vezes, em uma delas, ejaculou em seu rosto. “Falar sobre isso me dói. Me expor custa demais. Mas entendo que preciso passar a mensagem de que sobrevivi.”

Clique aqui e leia a entrevista completa no Universa

IPVA fica 3,65% mais barato para os baianos em 2019


O  Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) ficará, em média, 3,65% mais barato para os contribuintes baianos em 2019. Os valores constam em tabela divulgada pela Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), nesta terça-feira (18), juntamente com o calendário de pagamento do imposto.
Com uma queda de 4,86%, os caminhões terão o maior alívio no valor do imposto. Já para os automóveis, a redução será de 3,2% e, para as motos, de 3,23%. Ônibus e micro-ônibus terão IPVA 3,66% menor. Para os veículos utilitários, o imposto cairá 3,28%. Os novos valores baseiam-se em pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), a partir dos preços praticados no Estado em outubro de 2018. As informações estarão disponíveis no site da Sefaz-BA
O IPVA é a segunda fonte de arrecadação tributária do Governo do Estado. A frota tributável da Bahia é de cerca de 1,9 milhão de veículos. O secretário estadual da Fazenda, Manoel Vitório, ressalta que o valor arrecadado é dividido meio a meio com o município onde o veículo foi emplacado.
Descontos
Quem pagar o imposto antecipadamente terá desconto. O prazo final para a obtenção de 10% de desconto, em cota única, é 8 de fevereiro. Existe ainda a opção de pagamento com 5% de desconto para quem fizer a quitação do valor integral do imposto no dia do vencimento da primeira das três cotas do parcelamento padrão do imposto, data que varia de acordo com o número final da placa do veículo.

(mais…)

“Vai à merda”, exibe painel de atendimento em hospital público do DF


Um painel que deveria ser utilizado para divulgar a senha e o nome de pacientes no Hospital Regional de Planaltina, no Distrito Federal, exibiu palavras de baixo calão na noite desse sábado (15), de acordo com informações do G1.

Segundo a reportagem, o termo “Vai à m…” foi mostrado após uma paciente reclamar da demora para ser atendida. “Meu marido estava aguardando atendimento desde 14h15 da tarde e já era mais de 20h. Realizei a reclamação e, quando notei, havia esta frase escrita. Aí fiz as fotos”, disse Silvani Ferreira ao G1.

A Secretaria de Saúde local emitiu um comunicado dizendo que está investigando o caso. A pasta lamenta o ocorrido e tratará o assunto com a devida seriedade e rigor”, dizia parte da nota que também afirmou se tratar de um “desrespeito aos pacientes” a frase exibida no painel de atendimento.

Depoimento de João de Deus tem teclado quebrado, curto-circuito, explosão e agente ferido; Oitiva de médium assustou delegada


O depoimento de João de Deus na noite deste domingo (16), em Goiânia, teve um quê de sobrenatural, que deixou os investigadores cabreiros. Na hora de o médium falar, segundo os presentes, uma das estranhezas foi com o computador usado para registrar suas explicações, que parecia ter vida própria. “Você apertava uma tecla e ela OOOOOOOOO…”, descreveu a delegada Karla Fernandes, coordenadora da força-tarefa imbuída do caso na Polícia Civil.

Estava calor e ela própria resolveu usar uma extensão para ligar o arcondicionado. Pois, segundo conta a investigadora, o fio explodiu e, de quebra, queimou o frigobar. “Todo mundo gritou dentro da sala”, conta ela.

A oitiva estava marcada para ocorrer em Anápolis, cidade vizinha à capital goiana, mas um imprevisto tirou o escrivão de circulação. Ele foi atropelado na BR-060, a caminho da delegacia, e quebrou o braço. (mais…)

STJ manda soltar Maninho do PT, que agrediu manifestante anti-Lula


O empresário Carlos Alberto Bettoni foi empurrado por Maninho do PT e pelo filho dele Leandro Eduardo Marinho em 5 de abril, em frente ao Instituto Lula, em São Paulo

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) mandou soltar o ex-vereador de Diadema Manoel Eduardo Marinho, o ‘Maninho do PT’, e o filho dele, Leandro Eduardo Marinho. Eles tiveram a prisão decretada depois de terem agredido o empresário Carlos Alberto Bettoni, em 5 de abril, em frente ao Instituto Lula, em São Paulo.

Bettoni foi agredido depois de supostamente gritar “ofensas ao PT” em uma manifestação em defesa ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Naquele dia, o então juiz federal Sergio Moro havia decretado a prisão do líder petista no âmbito da Operação Lava Jato.

Maninho do PT e Leandro Eduardo teriam empurrado o empresário, que bateu a cabeça em um caminhão que passava pelo local. Ele foi, então, encaminhado ao Hospital São Camilo, onde ficou internado até o final do mês de abril. (mais…)

Anvisa proíbe venda de 17 medidores de glicose usados por diabéticos


O registro de 17 modelos de medidores de glicose (glicosímetros) foram cancelados pela Agência Nacinal de Vigilância Sanitária (Anvisa). Segundo a agência, os aparelhos —usados para monitoramento de glicemia de pacientes com diabetes — não atendem ao padrão internacional determinado pela ISO 15197:2013. Entre os medidores e as tiras com registros suspensos estão com a venda proibida estão produtos de Abbott, Bayer, HDI, Injex, Johnson & Johnson, Nipro, Roche e VR Medical.

Em maio deste ano, a agência havia determinado que as empresas apresentassem os relatórios de desempenho dos medidores de glicose no prazo de 180 dias. Diante do resultudo do acompanhamento, a Anvisa cancelou o registro dos produtos que não apresentaram as informações ou que não demonstraram atender aos requisitos estabelecidos (Resolução RE 3.161 ).

A norma determina que 95% dos testes de glicemia realizados nos glicosímetros vendidos no Brasil não podem apresentar variação maior do que 15% quando comparados aos testes realizados em laboratórios. A agência lembra que erros na leitura dos níveis de açúcar no sangue podem gerar problemas de saúde e acarretar decisões equivocadas sobre alimentação e uso da insulina pelos diabéticos.

Confira a lista de glicosímetros com registro cancelado:

Freestyle Lite Tiras –Teste para Glicose no Sangue- Abbott – 80146501707

Contour TS (Medidor de Glicose Sanguínea) – Bayer – 80384380012

Contour TS (Tira de Teste para Glicose Sanguínea) – Bayer – 80384380008

Fácil Thrueread (Sistema de Monitoramento da Glicemia)- HDI- 80095080018

Fácil True Read/Sidekick – Tiras Reagentes para Glicose- HDI- 80095080020

Medidor de Glicose Injex Sens N – Injex – 10160610062

Injex Sens N – Tiras de Teste de Glicose no Sangue – Injex- 10160610057