Fachin envia delações da Odebrecht sobre ACM Neto para TRF-1


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, enviou ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) cópias de delações da Odebrecht que envolvem o prefeito ACM Neto (DEM). O material também foi remetido à Procuradoria-Geral da República.

Os colaboradores André Vital e Benecicto Barbosa teriam narrado pagamento de contribuição eleitoral não contabilizada em 2012. Em nota, Neto disse que “todas as doações de empresas privadas para a sua campanha de 2012 na disputa pela Prefeitura de Salvador foram realizadas de forma legal, recebidas pelo partido – Democratas – e registradas na Justiça Eleitoral, como determina a lei”, e que espera o conteúdo integral da petição de Fachin para prestar os esclarecimentos.

Também em nota, a prefeitura de Salvador ressaltou que o processo licitatório das obras da Barra decorreu dentro “da mais absoluta transparência e legalidade”. As informações são do jornal Valor Econômico (Bocão News)