Enem deste ano terá 30 minutos a mais para provas de exatas


O segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (2018), dedicado à prova de exatas, terá 30 minutos a mais de duração. A partir deste ano, os candidatos terão cinco horas para responder as questões de matemática e de ciências da natureza, que incluem química, física e biologia. As provas serão aplicadas nos dias 4 e 11 de novembro.

No ano passado, o Ministério da Educação (MEC) mudou a divisão das disciplinas, concentrando as provas nas áreas de humanas no sábado, e de exatas, no domingo. Os candidatos, no entanto, se queixaram de que o tempo de quatro horas e meia para o segundo dia foi insuficiente para resolver todos os cálculos exigidos nas questões.

Sábado: mesmo tempo
No sábado, continuarão sendo cinco horas e meia de duração para que os candidatos respondam as questões de linguagens e ciências humanas e façam a redação. (mais…)

BA: Presidente do PSDB, diz que ‘cai fora’ da chapa se Lúcio Vieira Lima estiver


Foto: DCM

Os irmãos Vieira Lima estão com “lepra política”. Ninguém quer encostar perto deles. Pelo menos os que estimam por sua saúde eleitoral. É o caso do presidente do PSDB da Bahia, deputado federal João Gualberto que disse, sem cerimônias, no programa ‘Se Liga Bocão’ da rádio Itapoan FM, que não fica em uma chapa se o deputado federal Lúcio Vieira Lima, cacique do MDB baiano, estiver.

“Não participamos de coligação que estiver o MDB com Lúcio. Isso foi decisão da Executiva. Estamos juntos com ACM Neto. Onde o Lúcio estiver não vamos”, disse.

O tucano negou qualquer problema pessoal e afirmou que a sua opinião é fundamentada em formas de trabalho. Ainda na entrevista ele exemplificou que em 2014 o PSDB havia se posicionado contra a possibilidade de Geddel Vieira Lima ter sido candidato a governador na época. “Depois das denúncias graves que vimos atualmente é impossível uma convivência política”, reiterou.

“Ficamos juntos com o PMDB desde que Lúcio não esteja no partido (…). O PMDB tem mais pessoas que são de convívio, que são amigos como Leur Lomanto”, completou.

Sobre a formação da chapa majoritária, o empresário afirmou que o nome do PSDB é o de Jutahy Júnior (PSDB) para o Senado.

(Com informações do Bocão News)

Samu 192: Pane causa interrupção no atendimento em Conquista


Uma pane elétrica no início da noite desta segunda (19) na região da central de atendimento do SAMU 192 ocasionou a interrupção do sistema de atendimento do serviço.

No momento, para entrar em contato com o serviço, o cidadão pode ligar para o telefone

3424-5684 ou entrar em contato com o Corpo de Bombeiros (193) ou Simtrans (156), que trabalham de forma integrada com o serviço do Samu.

Técnicos da Prefeitura já estão trabalhando para restabelecer o sistema o mais breve possível.

Conquista: Sheila Lemos confirma candidatura a deputada pelo MDB


Foto: Perfil Facebook

A presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Sheila Lemos Andrade confirmou oficialmente ao jornalista Caique Santos na noite deste domingo (18)  que vai concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia pelo MDB (Movimento Democrático Brasileiro). Sobre sua saída do PTB disse, “procurei um partido maior e o MDB em Conquista é um partido bem estruturado”, disse.

A empresária Sheila Lemos Andrade revelou ainda que fará dobradinha com o deputado federal Arthur Maia, que vai para a reeleição também pelo MDB. Maia foi 4 vezes eleito deputado estadual e tenta o terceiro mandato consecutivo na câmara federal.

Herzem à ATUV: “Eles não tem condições de ameaçar o governo”


Prefeito desafia empresas de ônibus. Foto: Diário do Sudoeste

O prefeito Herzem Gusmão, em entrevista exclusiva ao jornalista Rodrigo Ferraz, neste domingo (18), no Parque de Exposições Teopompo de Almeida, palco da 52ª Exposição Nacional Agropecuária de Vitória da Conquista, mandou um duro recado para as duas empresas de transporte da cidade, a Viação Vitória e a Viação Cidade Verde : “A minha preocupação não é com ‘Cidade A’, ‘Cidade B’, Vitória, eu estou preocupado é com o cidadão, que fica no sol e chuva esperando o ônibus”.

Em relação ao alerta da ATUV, dizendo que a Prefeitura poderá ser obrigada a pagar os prejuízos das empresas e até responder por improbidade administrativa, Herzem disse: “Elas não têm condições de ameaçar e colocar o governo na parede”. Sobre as vans, em direção oposta ao que os empresários pedem, o Prefeito disse que vai ajudar os vanzeiros a conseguir empréstimos no Banco do Nordeste para financiar carros novos, “já estamos buscando esse financiamento do Banco do Nordeste para que os vanzeiros possam comprar a sua ferramenta de trabalho 0 km. Também admitimos colocar 150 vans e se precisar coloco 200 para trabalhar”, disse Herzem. (mais…)

ISTOÉ: O elo que liga Jaques Wagner ao doleiro Youssef


Leia antes de sair discutindo politica nas redes sociais. Matéria fruto do trabalho de reportagem da equipe de jornalismo da Revista Isto É, uma das mais respeitadas do Brasil.

Segue texto na íntegra:

Há mais coisas a envolver os homens fortes do PT na Bahia com a Operação Lava Jato do que as investigações sobre superfaturamento no estádio Arena Fonte Nova. Chefe de Gabinete da Casa Civil durante o mandato de Jaques Wagner no governo da Bahia e secretário da mesma pasta desde janeiro de 2015, o petista Bruno Dauster Magalhães e Silva sempre exerceu grande influência na política baiana. O que não se sabia é que Dauster mantinha estreitas ligações com articuladores do Petrolão e que já chegou a ser sócio do doleiro Alberto Youssef, principal operador de propinas da Lava Jato. Dauster possui uma cota de cerca de R$ 36 mil no Web Hotel Salvador, que também teve entre os sócios a GFD Investimentos, uma empresa de fachada de Youssef, usada para intermediar pagamentos ilícitos. A GFD tinha 12% de participação no empreendimento hoteleiro. Essas cotas já foram leiloadas por decisão da Justiça, após Youssef se tornar delator do escândalo do Petrolão.

Filiado ao PT desde 1987, Dauster foi diretor de desenvolvimento da OAS, empresa enrolada até o pescoço na Lava Jato. Depois, passou a atuar no governo do Estado, com relações próximas tanto com o ex-governador petista Jaques Wagner quanto com o atual governador Rui Costa (PT). Wagner é um dos manda-chuvas do PT e chegou a ser cotado para substituir Lula como o candidato do partido a presidente da República.

Dauster nega irregularidades na sociedade que manteve com o doleiro. Afirma que “se tivesse algo a esconder, dificilmente teria colocado na declaração de bens algo tão grave quanto uma sociedade com Youssef”. O petista também foi citado em mensagens encontradas pela PF no celular de Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS. Em um dos diálogos, datado de 2013, Dauster é citado como “alguém que sabia de tudo sobre o Metrô”, em referência às obras do Metrô de Salvador. A OAS tinha interesse na licitação, mas perdeu a concorrência.

Cartão vermelho

Junto com Wagner, Dauster foi alvo da Operação Cartão Vermelho, deflagrada pela PF no último dia 26 para apurar irregularidades na reconstrução da Fonte Nova. A PF acredita que o superfaturamento na obra pode chegar a R$ 450 milhões. Desse total, ao menos R$ 82 milhões teriam sido repassados a Wagner. Dauster é apontado pela PF como “intermediário” do ex-governador no recebimento das vantagens indevidas. Dauster disse ter “estranhado” a inclusão de seu nome na operação, pois não era secretário na época dos fatos investigados. Ele trabalhou por anos na OAS, uma das empreiteiras responsáveis pela obra na Fonte Nova. O consórcio era formado por OAS e Odebrecht. Segundo a delegada Luciana Matutino, “houve fraude para beneficiar as duas construtoras”. A PF chegou a pedir a prisão de Bruno Dauster, mas a solicitação foi negada pela Justiça.

Questiona-se ainda um contrato milionário de publicidade firmado entre a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) e a Rocha Propaganda & Marketing, da mulher de Bruno Dauster, Vera Maria Rocha Dauster. Em dezembro de 2014, quando Dauster era chefe de gabinete da Casa Civil, a agência de comunicação venceu a licitação para gerenciar a conta de publicidade da Embasa. Na época, o contrato era polpudo: R$ 10 milhões. Uma bela e rentável ação entre amigos.

Vídeo: Militantes fazem “vaquinha” para custear campanha contra prisão de Lula


Militantes de partidos e movimentos sociais estão fazendo “vaquinha” para custear uma campanha contra a prisão do ex-presidente Lula. No estacionamento do estádio de Pituaçu, onde ocorre um ato com o ex-presidente na tarde desta quinta-feira (15), os militantes pedem dinheiro que, segundo eles, é apenas para produzir material impresso. Qualquer valor é aceito. (Bocão News)

ACM Neto se reúne com Bolsonaro para possível aliança com o DEM


O prefeito ACM Neto teve encontro com o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ) em Brasília, a portas fechadas. A informação ventilada pelo colunista Lauro Jardim, de O Globo, aponta que o prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas foi levado ao presidenciável ultraconservador pelas mãos do deputado do DEM Onyx Lorenzoni.

Cogita-se a possibilidade de uma composição entre o Democratas e Bolsonaro. Rodrigo Maia pode ser o vice-presidente da chapa. Outro nome que pode ser vice de Bolsonaro é o de Zé Ronaldo, de Feira de Santana.