Polícia Federal deflagra operação para combater furtos a bancos na Bahia


A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira, 3, no estado da Bahia, a Operação Payback, visando cumprir mandados de prisão preventiva e de busca de integrantes de uma organização criminosa especializada em furtos a bancos com atuação também em outros estados.

De acordo com a PF, a investigação foi iniciada a partir da ocorrência de dois furtos e uma tentativa de furto em agências bancárias nas cidades de Feira de Santana, Simões Filho e Alagoinhas, no interior da Bahia, todas no mês de março de 2020. O grupo agia durante a madrugada, invadindo as agências bancárias através de aberturas feitas nas paredes, normalmente a partir de imóveis contíguos – alugados para a ação criminosa.

Após investigações, a Polícia Federal afirma que foram identificadas cinco pessoas envolvidas nos crimes, contra as quais foram expedidos os mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão, cumpridos por equipes de policiais federais nos estados da Bahia, Santa Catarina e São Paulo. À exceção de um deles, todos os demais suspeitos identificados ao longo das investigações são reincidentes neste tipo de crime.

Ainda conforme a PF, além do valor subtraído, o prejuízo compreende ainda os danos causados aos prédios, instalações, equipamentos e serviços bancários. A investigação prosseguirá com o objetivo de identificar os demais autores e apurar os crimes de lavagem de dinheiro, inclusive para recuperação dos valores subtraídos e arrecadação das coisas obtidas com o produto dos crimes. (A TARDE)


PF deflagra Operação Circuito Fechado contra fraudes no DNIT


A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (3/9) a Operação Circuito Fechado, para apurar o desvio de valores do DNIT por meio de contratações fraudulentas de uma empresa do ramo de TI. São investigados três contratos que foram realizados com o DNIT, no período compreendido entre 20/07/2012 e 22/10/2019, que viabilizaram o desvio de mais de R$ 40 milhões.

Estão sendo cumpridos 9 mandados de prisão temporária e 44 mandados de busca e apreensão em endereços situados no Distrito Federal, São Paulo, Goiás e Paraná. Além dessas medidas, a Justiça Federal também determinou o bloqueio do valor aproximado de 40 milhões nas contas dos investigados, bem como o sequestro de 6 imóveis e 11 veículos.

Trata-se da segunda fase da Operação Gaveteiro, que foi deflagrada em 06/02/2020, com o objetivo de apurar o desvio de mais de R$ 50 milhões do Ministério do Trabalho, por meio da contratação irregular dessa mesma empresa.

Após a coleta das provas resultantes do cumprimento dos mandados judiciais deferidos na Operação Gaveteiro, a Polícia Federal descobriu que o Ministério do Trabalho foi apenas um dos tentáculos da organização criminosa. Veio à tona um esquema bem maior, envolvendo empregados e revendedores do desenvolvedor da ferramenta de T.I. que era vendida aos órgãos, sempre por meio de licitações fraudadas, além da cooptação de servidores públicos para a criação artificial de uma demanda direcionada para contratação dos produtos com cláusulas restritivas que impediam a habilitação de outras empresas concorrentes.

Além de direcionar a contratação, os agentes públicos maximizavam o seu objeto, forjando a necessidade de aquisição de valores milionários em licenças, suporte técnico, consultoria e treinamento. Esses servidores cooptados também efetivavam uma pesquisa de preços viciada, instando empresas participantes do esquema, cujos gestores já estavam previamente orientados a fornecer propostas com valores bem acima daqueles efetivamente praticados no mercado. O golpe final era dado na fase ostensiva do pregão eletrônico, com a disputa de lances entre comparsas, os quais simulavam uma competição que era vencida por uma empresa previamente designada pelo desenvolvedor da ferramenta, dentro de um CIRCUITO FECHADO.

Os envolvidos responderão pelos crimes de peculato, organização criminosa, lavagem de dinheiro, fraude à licitação, falsificação de documento particular, corrupção ativa e passiva, com penas que, se somadas, podem chegar a mais de 40 anos de prisão

Câmara aprova penas maiores para desvio de recursos públicos reservados à pandemia


Corrupto tem que ser PRESO e DEVOLVER o que roubou

 

O Plenário da Câmara aprovou nesta terça-feira (1), em sessão virtual realizada pela manhã, o Projeto de Lei 1485/20, da deputada Adriana Ventura (Novo-SP) e outros, que aumenta as penas de vários tipos de crimes ligados ao desvio de verbas destinadas ao enfrentamento do estado de calamidade pública. O texto será enviado agora ao Senado.

O projeto dobra as penas para crimes cometidos por funcionários contra a administração pública, como corrupção passiva (exigir ou receber propina), peculato (apropriar-se de valores) e emprego irregular de verbas públicas. Também duplica para corrupção ativa (oferece propina a funcionário público). Os crimes estão previstos no Código Penal. (mais…)

Tragédia: 03 pessoas da mesma família morrem em acidente na BA-156, saída de Mortugaba


Uma tragédia ocorrida nesta quinta-feira (27) vitimou fatalmente 03 pessoas da mesma família quando retornavam para Caculé. O acidente ocorreu na BA-156, próximo à cidade de Mortugaba, na divisa com Minas Gerais. Morreram no local Sebastião de  Jesus Pinheiro, Francisco de Jesus Pinheiro e Nemias Pinheiro Guimarães. As idades ainda não foram reveladas.

Com o capotamento do caminhão Ford Cargo, carregado com eucalipto, a cabine foi praticamente esmagada e houve muita dificuldade em retirar os corpos das ferragens. O Departamento de Polícia Técnica foi acionado para a realização da perícia, que deve mostrar as causas do grave acidente.

O jovem trabalhador Nemias Pinheiro Guimarães, de idade ainda não revelada, morreu na hora.

 

Familiares das vítimas que seguiam em outro caminhão presenciaram o momento do acidente  e ficaram em estado de choque, sendo preciso conduzi-los também ao Hospital

Com informações da 80ª CIPM/ Cândido Sales e o site Informe Cidade

Sudoeste: Área extensa dificulta investigação de tráfico de aves, aponta delegado


O flagrante a traficantes de pássaros é uma das dificuldades dos órgãos de fiscalização. A informação é do delegado da Polícia Federal (PF) em Vitória da Conquista Renzo Coqueiro dos Anjos, responsável por investigação de crimes ambientais. “É muito difícil confirmar o traficante dentro das áreas investigadas”, disse ao Bahia Notícias em coletiva desta quinta-feira (27). O delegado se refere às áreas do sudoeste baiano bem como do Parque Nacional de Boa Vista e do Parque Nacional Grande Sertão Veredas, em Minas Gerais. (mais…)

Polícia Federal realiza operação na região Sudoeste da Bahia contra o tráfico de animais silvestres


Foi deflagrada na manhã desta quinta-feira, (27), a Operação Ajuruetê, que visa desarticular esquema criminoso de tráfico de pássaros silvestres nos Estados da Bahia e Minas Gerais. A ação foi realizada pela Polícia Federal, juntamente com o IBAMA, o ICMBio e o INEMA/BA, e com o apoio da Polícia Militar da Bahia.

As investigações tiveram início após a prisão em flagrante de um traficante de animais silvestres em Caruaru, Pernambuco, no ano de 2018, quando então verificou-se que a maioria dos fornecedores de pássaros para o referido indivíduo era da região sudoeste da Bahia.

A partir de então, já no ano de 2019, o avançar das investigações permitiu confirmar a existência de uma extensa rede de traficantes de pássaros silvestres com atuação especialmente nos estados da Bahia e de Minas Gerais, sendo obtidos indícios, também, de que parte dessas aves estivessem sendo capturadas em unidades de conservação federais, como o Parque Nacional de Boa Nova e o Parque Nacional Grande Sertão Veredas.

Entre meados de 2019 e o início de 2020 foram realizados sete flagrantes de tráfico com o apoio da Polícia Rodoviária Federal e do IBAMA, que resultaram na lavratura de termos circunstanciados de ocorrência e na apreensão de 824 pássaros, sendo a maioria de papagaios (que possuem maior valor no mercado ilegal), mas também de araras e até de tucanos, muitos desses pássaros ainda filhotes.

Um dos investigados já foi preso pela própria Polícia Federal e autuado diversas vezes pelo IBAMA, sendo considerado um dos maiores traficantes de psitacídeos – família à qual pertencem os papagaios, periquitos e araras – do País. As multas aplicadas pelo IBAMA a esse investigado superam 1,6 milhão de reais.

Na data de hoje estão sendo cumpridos 20 mandados de busca e apreensão, além de medidas cautelares diversas da prisão em Itambé, Cândido Sales, Encruzilhada, Poções e Maracás, todos na Bahia; e nos municípios mineiros de Divisópolis, Chapada Gaúcha, Riachinho, São Romão, Santa Fé de Minas, Brasilândia de Minas, Contagem, Ribeirão das Neves e Belo Horizonte.

O nome da operação, Ajuruetê, é uma referência à denominação indígena para a espécie conhecida como papagaio-verdadeiro, da família dos psitacídeos, que é o principal tipo de pássaro silvestre traficado pela rede criminosa ora investigada.

Os investigados serão indiciados pela prática dos crimes previstos no artigo 288 do Código Penal; e nos artigos 29, caput; § 1º, III; § 4º, V; e§ 5º; e 32, § 2º, da lei 9.605/98. A Polícia Federal alerta sobre a gravidade da conduta e incentiva as pessoas que possuam pássaros silvestres da fauna nativa em suas residências, sem caráter comercial, que procedam à sua entrega voluntária nas unidades da Polícia Federal, do IBAMA ou do CETAS, a fim de evitar procedimentos administrativos, policiais e judiciais.

[Vídeo]: Homem negro é baleado várias vezes pelas costas por policiais nos EUA; Protestos retornam


Um homem negro foi baleado pelas costas ao menos 7 vezes por policiais na cidade de Kenosha, no estado de Wisconsin, nos Estados Unidos, neste domingo, 23. A cena é revoltante, e despertou diversos protestos na cidade. O crime aconteceu por volta das 17 horas (horário local) enquanto os policiais respondiam a um “incidente doméstico”.

O vídeo do crime, que viralizou nas redes sociais, mostra Jacob Blake sendo levado até um carro enquanto é seguido por dois policiais armados. Após o homem abrir a porta do veículo, os agentes de segurança começam a atirar. Uma mulher que estava ao lado do carro se desespera. Blake foi levado para o hospital e está em estado grave.

O departamento de polícia de Kenosha não explicou o que teria levado os agentes a disparar. O caso será investigado pelo Departamento de Justiça de Wisconsin.

Na noite de domingo, veículos foram incendiados e centenas de pessoas se reuniram em torno da sede da polícia de Kenosha para protestar contra a ação. Os policiais usaram gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes na madrugada desta segunda-feira, 24. Autoridades locais declararam toque de recolher de emergência durante a noite.

George Floyd
O caso fez o povo se lembrar do assassinato de George Floyd, sufocado por um policial nos EUA. O assassinato dele provocou reações em todo o mundo.

Mesmo afirmando que não conseguia respirar, o homem de 46 anos foi sufocado até a morte por um policial branco durante abordagem na última segunda-feira, 25, em Minneapolis (EUA). Protestos antirracistas explodiram, primeiro em Minneapolis, depois em dezenas de cidades americanas e do mundo.


[Vídeo]: Homem surta, sequestra ônibus e invade garagens em Salvador; Assista agora


Em aparente estado de surto e armado com uma faca, um homem invadiu um ônibus no bairro de Castelo Branco no início da tarde desta segunda-feira (24). De acordo com a Polícia Militar, ele abordou o coletivo, ameaçou os passageiros e ordenou que todos os presentes descessem. Em seguida, ele dirigiu o ônibus até uma garagem do consórcio Integra no bairro de Pirajá, a quase 7 Km do local inicial, e jogou o veículo contra vários outros coletivos, causando danos.

Após esta invasão, o homem ainda dirigiu até outra garagem, desta vez no bairro de Praia Grande, a cerca de 12 Km da garagem anterior, e tornou a destruir mais ônibus. Vídeos gravados pelos rodoviários da empresa (ver abaixo) mostra que vários funcionários tentaram conter a fúria do homem, mas ele só foi detido com a chegada da polícia. O homem foi encaminhado para a Central de Flagrantes (Iguatemi).

De acordo com o Consórcio Integra, o caso está sendo apurado e o que se sabe, inicialmente, é que o homem primeiro tomou um ônibus da empresa OTTrans e invadiu duas garagens da empresa Plataforma, que compõem o consórcio. Ainda segundo a Integra, ninguém ficou ferido e foram registrados apenas danos materiais. A Transalvador informou que não chegou a ser acionada para atender a ocorrência.


Centro Hípico Chico Estrella repudia ‘politização’ na Estiva; Leia a nota


Dois irmãos foram baleados, no início da noite deste domingo (23) no Sítio Centro Hípico Chico Estrella, no povoado da Estiva, zona rural de Conquista. Segundo a polícia, eles foram atingidos por dois homens em uma moto, de acordo com o blog ‘Notícias VCA’.  Um morreu na hora e o outro foi socorrido pelos amigos para um hospital da cidade. Populares informaram à polícia que os dois suspeitos fugiram pela BA-265, sentido Vitória da Conquista.

Logo em seguida, áudios nas redes sociais questionavam a forma que a imprensa local deu a notícia, destacando mais o nome do Povoado. (Ouça os áudios abaixo):

ÁUDIOS DENUNCIAM EVENTO:

Após a repercussão do crime ocorrido no evento, o Centro Hípico Chico Estrela emitiu uma nota esclarecendo que a rixa entre os vítimas e assassinos, na qual resultou em disparos por arma de fogo, não iniciou-se dentro do Centro Hípico. “O que tem apurado é que as vítimas buscaram refúgio em nossa área, na tentativa de escapar dos algozes”, afirma.

LEIA A NOTA NA ÍNTEGRA:

Primeiro, lamentamos muito o ocorrido neste domingo (23/08) e gostaríamos de prestar nossa solidariedade às vítimas e seus familiares. Estamos torcendo por uma rápida recuperação da segunda vítima ferida.

No mais, esclarecemos que a rixa entre os vítimas e assassinos, na qual resultou em disparos por arma de fogo, não iniciou-se dentro do nosso estabelecimento. O que tem apurado é que as vítimas buscaram refúgio em nossa área, na tentativa de escapar dos algozes.

Ao contrário do que vem sendo dito, esse infortúnio acontecimento teve início na área externa, fora dos nossos domínios.

O Centro Hípico Chico Estrella, ao longo dos seus anos de atividade desportiva, devidamente legalizado e e funcionando regularmente, preza pelo bem-estar de todos e mantém seguranças em todas as áreas para propiciar um ambiente saudável, confortável, com muita diversão para a família. Assim, por meio desta, reforçamos nosso empenho e compromisso com a segurança de todos os nossos parceiros, ao tempo em que repudiamos toda e qualquer forma inconsequente de se politizar uma morte, uma vida que foi ceifada.

Assim como as vítimas buscaram refúgio em nossa área, sem contudo demonstrar que estariam em contendas com rivais, o lamentável episódio poderia ter ocorrido em qualquer outro local, residencial ou comercial. Aos que desprezam a dor das famílias enlutadas em nome de uma política abjeta, nossas repulsas.

Att.

Centro Hípico Chico Estrella

 

[Conquista]: Após assalto, bandidos matam Sargento da PM pelas costas; Assista ao vídeo


Um crime de latrocínio ocorrido na manhã deste sábado (22) chocou a comunidade de Vitória da Conquista. O sargento do Polícia Militar, Antônio Carlos Porto Santana, foi covardemente assassinado com um tiro nas costas, mesmo após ter seu carro tomado de assalto por 02 homens jovens.

Sargento Porto foi covardemente assassinado

O fato ocorreu na Rua 15, Urbis V. O SAMU esteve no local e constatou a morte. O veículo levado foi um Fiat Strada verde escuro. Os assassinos ainda pararam tranquilamente para abastecer em um posto de gasolina nas imediações.