Conheça o Projeto de inclusão digital “Ampliando Horizontes”


Prefeitura e Comdica apresentaram projeto de inclusão digital: Ampliando Horizontes nesta segunda – 20. (Foto: Divulgação)

Na intenção de promover Avanços Sociais através da Inclusão Digital para crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade social, surgiu o Projeto Ampliando Horizontes, que será implantado em Vitória da Conquista no início de 2018. A ação conta com o apoio da Fundação Telefônica e o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica).

O projeto atenderá cerca de 1.280 alunos no cursos de informática básica com carga horária de 60 horas, bem como 40 alunos no curso semiprofissionalizante de montagem e manutenção de computadores, com carga horária de 50 horas, ambos datados para iniciar no início do ano que vem.

A presidente do Comdica, Leda Freitas, lembrou o empenho de todos os conselheiros na elaboração do projeto e também o empenho da Prefeitura para sua execução: “Agradecemos a todos que contribuíram para que pudéssemos promover uma maior inclusão digital de crianças e adolescentes em nosso município”, ressaltou Leda. (mais…)

Centro de Cultura: reformas devem ser finalizadas em 2018


Contando com um investimento superior a R$ 1 milhão, o Governo do Estado iniciou no dia 7 de novembro uma reforma referente ao Projeto de Segurança, Combate a Incêndio, Pânico e Acessibilidade, no Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, que indica que após as obras, e mais de 3 anos sem funcionamento, o centro poderá finalmente voltar a receber artistas, parceiros e público, com uma maior segurança e conforto. Além de possibilitar autonomia às pessoas com deficiência em suas dependências, oferecendo acessibilidade a todos.

Também estão previstas pintura, recuperação do piso, reforma da cobertura do forro, além de melhorias na caixa cênica e na implantação de paisagismo, oferecendo uma melhor integração entre o espaço cultural e a paisagem local.

(mais…)

Banco Mundial recomenda fim da gratuidade nas Universidades Públicas


Em nota oficial para o Governo Federal, Banco Mundial recomenda que o Governo exclua o acesso gratuito ao ensino superior público em todas as Unidades da Federação. (Imagem: UFRJ / Divulgação)

No intuito de se cortar gastos, o Banco Mundial indicou que o governo deveria acabar com a gratuidade do ensino superior. Essa sugestão foi apresentada no relatório “Um ajuste justo – propostas para aumentar eficiência e equidade do gasto público no Brasil”, elaborado pelo banco.

No relatório a solução apresentada nessa terça-feira (21) foi a de que o governo continue custeando os estudantes que estão entre os 40% mais pobres do País. E que os de renda média e alta paguem pelo curso depois de formados. Sendo que segundo o banco, durante a faculdade, eles acessariam algum tipo de crédito, como o Fies.

A ideia da proposta se baseou no fato de que 65% dos estudantes das instituições de ensino superior, estão na faixa dos 40% mais ricos da população. Sendo que após formadas, esses estudantes teriam um aumento de renda, que segundo os técnicos “pode estar perpetuando a desigualdade no País”.

(mais…)

Em 15 anos, aposentadoria de servidores custou R$ 500 bilhões


(Imagem: Divulgação)

Na intenção de conseguir a aprovação da reforma da Previdência, o presidente Michel Temer (PMDB) convidou o professor de economia da PUC-Rio José Camargo para palestrar durante um jantar oferecido por ele a seus aliados nessa quarta-feira (22).

Segundo o jornal O Globo, José Camargo terá a missão de convencer os parlamentares com dados que apontam um consumo com aposentadoria dos servidores públicos federais de R$ 500 bilhões, entre 2001 e 2016, 50% a mais do que o que foi gasto com a saúde e educação no país.

No levantamento que será detalhado aos parlamentares, Camargo compara os gastos previdenciários aos do programa Bolsa Família, que custou ao governo R$ 250 bilhões em 15 anos e consegue atender aos 30% mais pobres do país. O Benefício de Prestação Continuada (BPC), concedido a idosos e que consumiu R$ 450 bilhões no período, também beneficia a população de baixa renda, pois é voltado para as famílias nas quais a renda per capita é de até um quarto do salário mínimo”, diz trecho da reportagem. (mais…)

Aqui Tem Farmácia Popular pode acabar em 2018


Programa pode não ser renovado em 2018 (Imagem: Divulgação)

Após o fechamento das sedes do Programa Farmácia Popular em todo o país, e de uma rodada de negociações do Ministério da Saúde com a indústria farmacêutica e o setor de drogarias em função da busca de reajustes de valores, circularam informações sobre um provável fim do programa.

Para Edison Tamascia, presidente da Febrafar e integrante da Comissão do Programa Farmácia Popular, há dois lados nessa disputa: De um lado o Governo, quer diminuir os custos, e de outro o mercado, que enfrenta dificuldades pelas baixas margens que já obtêm”, sendo que para Edison há uma necessidade de “se equalizar as contas sendo levado em consideração a variedade de produtos e marcas vendidas no programa, bem como as dificuldades relacionadas à realidade tributária brasileira”. Ainda assim, para o presidente “não existe uma fórmula simples de valores”. A argumentação de que os valores pagos pelo Governo pelos produtos de asma, hipertensão e diabetes estão acima dos praticados pelo mercado, não está totalmente condizente com a realidade financeira do programa, o que é preocupante, pois, esse fato pode ser atribuído às empresas, que não tem culpa dos problemas em evidência.

(mais…)

Biometria: 112 mil eleitores conquistenses devem regularizar o título até 31/01


Quase 2 milhões de baianos podem ter seus títulos eleitorais cancelados. Em Vitória da Conquista, até o presente momento foi constatado que 53% de eleitores realizaram o recadastramento biométrico, um número superior ao eleitorado, correspondente a 125 mil eleitores.

Porém, os números ainda são preocupantes visto que existe um déficit de 112 mil eleitores que até o presente momento ainda não regularizam a situação eleitoral.

Confira os locais e horários de atendimento oferecidos para a biometria na cidade:
(mais…)

Ameaça de greve é lançada por funcionários da CUT


(Foto: Sérgio Lima/ Folhapress)

Após a CUT (Central Única dos Trabalhadores) iniciar um Programa de Demissão Incentivada (PDI), que reduzirá em até 60% a sua folha de pagamento, garantindo a manutenção das atividades da central, os trabalhadores ameaçaram iniciar a paralisação de suas atividades.

Contando com 178 empregados, a Central afirma estar sem opções, devido as reformas trabalhistas implantadas no governo Temer, que acabou com a obrigatoriedade da contribuição do imposto sindical, que era até então uma das principais fontes de renda da Unidade.
(mais…)

Lula afirma que o brasileiro deve colher aquilo que planta


(Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)

Durante o congresso do PC do B, que lançou Manuela D’Ávilacandidata ao Planalto, nesse domingo (19), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou enxergar que a esquerda no país está “fragilizada”, de modo que um de seus principais opositores, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), tem o “direito de ser candidato”, visto que, “o Brasil tem que colher aquilo que planta”.

Diante de uma bancada conservadora no Congresso Nacional, o petista afirmou ver-se diante de um reflexo retrógrado “da sociedade brasileira em 2014”, de modo que, a aliança formada da esquerda está em desvantagem, sendo que para ele será necessário uma mudança no discurso e na postura para ser eleito nas eleições 2018, pois segundo Lula, de nada adianta gritar em prol de causas, e mesmo assim não se evitar que elas aconteçam efetivamente: “Não tenho mais idade de ficar criando o ‘Fora, Temer’ e ele estar dentro, de ficar criando o ‘não vai ter golpe’ e ter golpe. Vamos ter que parar de gritar e evitar que isso aconteça mesmo”, completou.
(mais…)

Nova Escola Municipal advinda do projeto Patrulhado a Cidadania oferecerá 150 vagas em 2018


Uma parceria entre a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), Prefeitura e o Conselho Municipal de Segurança, desenvolveu por meio do Patrulhando a Cidadania um projeto para a implantação de uma nova Escola Municipal na cidade de Vitória da Conquista.

O Patrulhando a Cidadania atua há 10 anos na cidade, disponibilizando reforço escolar, atividades lúdicas e de cidadania a crianças dos bairros Patagônia e Kadija. Agora, o projeto contará com sede própria e oferecerá também aulas regulares a cerca de 150 jovens do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental.

(mais…)