Desembargadores determinam prisão imediata de Azeredo (PSDB)


O Tribunal de Justiça de Minas Gerais rejeitou os embargos declaratórios apresentado pela a defesa do ex-governador do estado Eduardo Azeredo, do PSDB, nesta terça-feira 22. Por quatro votos a um, a 5ª Câmara decidiu pelo cumprimento imediato da pena do tucano. No último dia 16, o Ministério Público se manifestou pela rejeição dos embargos apresentados por seu advogado.

O primeiro a proferir seu voto o relator do caso, o desembargador Júlio César Lorens, que rejeitou os embargos e votou pela decretação de prisão imediata. O magistrado Alexandre Victor de Carvalho e revisor do caso foi contrário à execução da pena seguida da decisão de hoje, apesar de rejeitar os embargos declaratórios. Segundo ele, todos os recursos em segunda instância devem ser esgotados. (mais…)

Morre os 74 anos o ex-deputado Coriolano Sales


Faleceu no início da noite desta segunda-feira (21) o ex-deputado federal de Vitória da Conquista, Coriolano Sales. “Cori’, como era também conhecido, havia sofrido um infarto e se encontrava na UTI do Hospital Samur.

Advogado aposentado do BNB, natural de Amargosa, Cori foi presidente da Assembleia Constituinte do governo Waldir Pires.

Coriolano Sales foi responsável direto pela chegada da primeira escola de medicina do Centro Sul da Bahia, trouxe as duas varas da Justiça Federal, como também capitaneou a obra do Anel Rodoviário, que na sua visão em 2023, estaria incorporado a malha urbana do município de Vitória da Conquista. Cooperativista por excelência, foi responsável pela criação de cinco cooperativas na cidade, sendo a CREDICON a mais importante, hoje é um Banco.

Os detalhes sobre o velório e enterro ainda não foram divulgados pela família.

[OPINIÃO]: “A Fome e a Realeza”


Por Dirlêi A Bonfim

Diante da estupenda pompa e a festa da realeza britânica, muito do fetiche em torno do casamento real da família Windsor se deve a suntuosidade das festas e cerimônias, que passam longe da realidade dos plebeus. Alguns analistas dizem que os gastos devem passar de 60 milhões de libras, cerca de 300 milhões de reais. Os casamentos da realeza são famosos pelas festas regadas a muita pompa e luxo. Vamos imaginar que todo esse recurso fosse alocado para os programas de combate a fome em todo o planeta, assim, teríamos certamente uma destinação nobre para tanto dinheiro.

Conforme nos lembra Gil, na letra de A novidade, “…Oh! Mundo tão desigual, Tudo é tão desigual… De um lado esse carnaval, de outro a fome total…” Ou ainda, consubstanciando o que diz Zizek (2008), “… por fim, o importante é resgatar os conceitos de universalidade, de verdade e dever, contra o relativismo extremo e as percepções catastróficas, assim alimentar a humanidade, é mais que uma necessidade, é uma obrigação de cada um de nós, conviver com a fome é um descalabro…” (mais…)

Vereador David Salomão deverá retirar outdoors com propaganda antecipada


A pedido do Ministério Público Eleitoral, por meio da Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE/BA), o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE/BA) decidiu liminarmente que o vereador David Salomão dos Santos Lima deve retirar, em até 48 horas, as imagens com seu nome, imagem e cargo ao qual pretende concorrer de outdoors na cidade de Vitória da Conquista – a 516 km de Salvador. Os outdoors devem ser retirados em 48h a partir da notificação do político, em caso de descumprimento, a decisão, de 14 de maio, prevê que David Salomão dos Santos Lima deverá pagar multa diária de R$ 1mil. (mais…)

Conquista: Edmilson Almeida sai do PSD e assume a presidência do AVANTE


Edmilson Almeida sai do PSD e assume a presidência do AVANTE (antigo PTdoB)  em Vitória da conquista e região. Almeida colocou seu nome a disposição da disputa de uma vaga na Assembleia Legislativa de Salvador.

“O meu compromisso é fortificar o partido AVANTE no Sudoeste da Bahia e desenvolver um trabalho contra as drogas e empoderar as famílias na educação dos seus filhos, precisamos de um Estado forte e só alcançaremos isso com a participação de toda a sociedade. A ordem precisa ser restabelecida.” Afirmou Edmilson.

#LulaLivre: 4 Ministros do STF negaram pedido para libertar o ‘Líder’ [LEIA]


Dos cinco ministros da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) – Fachin, Toffoli, Gilmar, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski – quatro já votaram contra conceder liberdade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde o mês passado. A maioria foi alcançada nesta quarta-feira (09/05), mas ainda resta o voto de um magistrado: Celso de Mello. 

 PLENÁRIO VIRTUAL.

Caso algum magistrado queira levar a discussão para o plenário presencial, pode pedir vista ou destaque. As sessões das turmas ocorrem nas tardes de terça-feira. Lula foi condenado em segunda instância, em janeiro, a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex de Guarujá (SP). – (FolhaPress)

 

Pergunta BCS: Quem será o sucessor(a) ungido do Rei? Façam suas apostas. 

STF torna Geddel e Lúcio do MDB réus no caso dos R$ 51 milhões


A coisa complicou mais ainda para os irmãos Vieira Lima. A segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou nesta terça-feira (8) a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal contra o deputado federal Lúcio Vieira Lima e o irmão dele, o ex-ministro Geddel Vieira Lima, ambos do MDB, no caso dos R$ 51 milhões apreendidos em um apartamento em Salvador (BA).

Com isso, Geddel e Lúcio se tornaram réus e passarão a responder a uma ação penal na Corte pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa.

 

Votaram pelo recebimento da denúncia:

Edson Fachin;
Dias Toffoli;
Ricardo Lewandowski;
Gilmar Mendes;
Celso de Mello.

Ao analisar a denúncia, o STF também acolheu a acusação contra Marluce Vieira Lima, mãe de Geddel e de Lúcio; Job Ribeiro, ex-assessor de Lúcio Vieira Lima; e Luiz Fernando Costa Filho, sócio da empresa Cosbat.

Os ministros do Supremo rejeitaram, contudo, a denúncia contra Gustavo Ferraz, ex-diretor da Defesa Civil de Salvador. (mais…)

Joaquim Barbosa diz no Twitter que desiste da candidatura à presidência da Brasil


O ex-presidente e ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa anunciou no Twitter que não será candidato à Presidência da República em 2018: “Está decidido. Após várias semanas de muita reflexão, finalmente cheguei a uma conclusão. Não pretendo ser candidato a Presidente da República. Decisão estritamente pessoal”.

Em abril, o ministro aposentado anunciou sua filiação ao Partido Socialista Brasileiro (PSB). Na ocasição, a legenda disse que iniciaria discussões sobre uma possível candidatura à Presidência.

Indicado para ministro do STF pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Barbosa permaneceu no STF de 2003 a 2014, e assumiu a presidência da Corte entre 2012 e 2014.

Relator do processo do mensalão, levou o caso a julgamento em 2012 com voto pela condenação da maioria dos acusados.

 

STF decide limitar foro privilegiado


O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu por unanimidade, na tarde desta quinta-feira (03), pela restrição do foro privilegiado de deputados e senadores. A votação foi iniciada na tarde de quarta (02).

Dos 11 votos, oito defendem a proposta feita pelo ministro Luís Roberto Barroso em tirar do Supremo os crimes cometidos fora do mandato e aqueles que não são ligados ao cargo. Os três últimos votos, no entanto, optaram pela proposta do ministro Alexandre de Moraes, em manter todos os processos de crimes cometidos durante o mandato no STF, independentemente da relação com a atividade parlamentar. (mais…)

“Conquista não merece o desastre que a atual gestão está fazendo”, diz Solla


Em entrevista ao Programa ‘Bom Dia Conquista’ na rádio Melodia FM (87,9) o Deputado Federal Jorge Solla (PT) comentou as denúncias de improbidade administrativa que protocolou no Ministério Público da Bahia contra o prefeito Herzem Gusmão, por conta da perda de medicamentos por vencimento da validade, a suspensão do funcionamento de três das cinco ambulâncias do SAMU por falta de manutenção e o descarte ilegal de lixo hospitalar.

O deputado falou sobre as acusações que o Prefeito Herzem fez à administração petista, culpando-a pela crise em que se encontra o transporte público da cidade. Solla comenta também seus futuros planos políticos, que inclui a ajuda ao PT para retomar a administração da cidade de Vitória da Conquista.

Sobre o governo Herzem dispara, “houve uma escolha equivocada, quem conhecia o atual prefeito já sabia o desastre que seria sua administração (…) o desastre que a atual gestão está fazendo, Conquista não merece”, disse.

Ouça a entrevista completa:

1- Denúncia contra Herzem ao MP:

2- Resposta às acusações do prefeito de que o PT foi o responsável por quebrar diversas empresas de ônibus

3- Seu futuro politico