Gasolina com novo padrão passa a valer nesta segunda; veja perguntas e respostas



Nova gasolina estreia no Brasil em agosto — Foto: Marcelo D. Sants/Framephoto/Estadão Conteúdo

Nova gasolina estreia no Brasil em agosto — Foto: Marcelo D. Sants/Framephoto/Estadão Conteúdo

A partir desta segunda-feira (3), a gasolina vendida no Brasil deverá seguir novas especificações. Com as novidades, especialistas afirmam que o combustível ganhou em qualidade, e está mais próximo do padrão europeu, ainda que isso possa pesar mais no bolso na hora de abastecer.

As mudanças valem para a gasolina do tipo C (comum) e premium, aquela indicada pelas fabricantes de carros esportivos. A Petrobras, responsável pela produção de cerca de 90% da gasolina vendida no Brasil, diz que já segue os novos parâmetros, inclusive no padrão que só entrará em vigor em 2022.

1. O que mudou na gasolina?

Há 3 novidades nos parâmetros da gasolina. Um deles é a exigência de uma massa específica mínima.

A massa específica, ou densidade, é a quantidade de uma substância em um determinado volume. Para a gasolina, o padrão mínimo é 715 kg/m³. Isso significa que cada litro de gasolina deve pesar, no mínimo, 715 gramas. Antes, não havia um indicador.

De acordo com Everton Lopes, mentor de tecnologia em energia da SAE Brasil (Sociedade de Engenheiros da Mobilidade), “quando a massa específica é muito baixa, há menor conteúdo energético por litro, então o consumo aumenta”.

A segunda novidade é a mudança no método de contagem da octanagem da gasolina.

A octanagem é o nível de resistência da gasolina à compressão no motor. Quando a mistura de gasolina com ar entra na câmara de combustão, o pistão faz um movimento de compressão, até que a vela solta uma faísca que promove a explosão.

“Tínhamos um padrão parecido com o dos EUA. Medíamos o IAD (índice antidetonante), que é a média entre MON e RON”, disse Alex Rodrigues Medeiros, especialista em regulação da ANP.

O IAD exigido para a gasolina brasileira era de 87 octanos. Agora, segundo as novas regras, a gasolina deve ter 92 octanos, de acordo com a metodologia RON. A partir de 2022, o RON exigido sobe mais um pouco, chegando a 93 octanos.

O padrão RON é mais usado na Europa, mais adequado para motores modernos.

“Quanto maior a quantidade de octanos, mais resistente o combustível é à queima, e mais próximo do melhor nível de eficiência ele vai estar”, diz Lopes.

Por fim, a ANP também introduziu a temperatura mínima de 77 °C para a destilação de 50% da gasolina. Antes, havia apenas um teto para a destilação, de 80 °C.

“A destilação garante a boa dirigibilidade, que o combustível vai ser volátil o suficiente na partida a frio para fazer a combustão”, disse Medeiros.

2. Como sei se estou abastecendo com a nova gasolina?

“Hoje, há a resolução que diz que o consumidor pode pedir ensaios de qualidade aos postos. Um deles é o de massa específica. Se, por acaso ele pedir, pode ver se está acima de 715 kg/m³”, disse Alex Medeiros, da ANP.

Com o teste, o consumidor pode ver se um dos critérios está sendo atendido.

A Petrobras, porém, afirma que já entrega o novo combustível nos postos do país. A empresa é responsável por cerca de 90% da produção de gasolina no Brasil.

“Essa gasolina já está sendo disponibilizada há muitos meses. Desde o início do ano a Petrobras já vem adequando suas refinarias e distribuidoras”, disse Rogério Gonçalves, especialista em novos produtos da Petrobras.

A companhia afirmou inclusive que já atende ao requisito de 93 octanos no padrão RON, que só vai entrar em vigor em 2022.

3. Meu carro vai ficar mais econômico?

“No consumo, todos vão sentir, em maior ou menor proporção”, disse Gonçalves, da Petrobras.

No entanto, o índice de economia de combustível não é consenso entre os especialistas, e varia de 3% a 6%.

O novo padrão da gasolina brasileira deixa os carros mais econômicos porque otimiza a queima do combustível. “Devemos observar uma menor ocorrência de batida de pino ou ignição precoce”, disse Medeiros.

“Antes, existiam gasolinas leves, voláteis. Quando adicionava o etanol, se tinha um produto com pouca energia, com poucas substâncias que proporcionam a energia necessária no motor”. Nesse caso, era necessário mais combustível para que o carro funcionasse bem.

4. Vou gastar mais para abastecer o carro?

Sim. No fim de junho, a diretora de refino e gás natural da Petrobras, Anelise Lara, disse que o litro da gasolina teria uma tendência a ficar mais caro com as novas especificações do derivado.

No entanto, a empresa não disse qual deve ser a diferença nos preços. Nesse caso, também é preciso considerar que a Petrobras já está fornecendo a nova gasolina para as distribuidoras.

No fim das contas, apesar de o motorista pagar mais pelo combustível, o veículo rodará mais quilômetros com um litro de gasolina.

Em nota, a Petrobras disse que “o ganho de rendimento de 5%, em média, proporcionado pela nova gasolina compensará uma eventual diferença no preço da gasolina”, e que “o preço do combustível é definido pela cotação no mercado internacional e outras variáveis”.

A petroleira também afirmou que “é responsável por apenas 30% do preço final da gasolina nos postos”.

5. Carros mais antigos também serão beneficiados?

Sim. Apesar de a nova gasolina ter sido pensada para motores modernos, que contam com injeção direta, por exemplo, os propulsores mais antigos também serão beneficiados com o combustível de melhor qualidade.

“Fizemos testes com veículos com injeção direta e injeção multiponto. No consumo, todos vão sentir, em maior ou menor proporção”, disse o engenheiro da Petrobras.

6. Vai ficar mais difícil adulterar a gasolina?

De acordo com os especialistas, sim.

“A nova especificação dificulta a adulteração. Normalmente, são colocados solventes leves, com baixa massa específica. Agora, como há um padrão mínimo, você evita que esses produtos leves sejam colocados”, disse Medeiros.

O especialista da ANP ainda afirma que, conforme os solventes ficam mais densos, o preço também sobe, tornando a adulteração menos rentável.

A própria ANP afirma que menos de 2% das amostras que coleta são de combustíveis adulterados. Nesses casos, a maior parte das irregularidades está na quantidade de etanol, com 57%.

Além disso, a fiscalização ficará mais fácil. “Com o parâmetro de massa específica, a ANP consegue aferir a densidade no próprio posto”, conclui Medeiros.

7. Até quando os postos poderão vender a “velha” gasolina?

Segundo a resolução da ANP, a gasolina com as antigas especificações ainda pode ser entregue nas distribuidoras até 3 de outubro, e nos postos até 3 de novembro.

Ainda assim, a Petrobras afirma já estar produzindo e entregando a nova gasolina.

8. Haverá mudanças na porcentagem de etanol?

Não. A proporção de etanol anidro (sem água) na gasolina seguirá sem alterações, em 27% na gasolina C (comum e aditivada).

9. Como fica a gasolina premium?

A gasolina comum ainda ficará abaixo do combustível premium, que passará de 91 octanos, no padrão RON, para 97. Esse tipo de combustível especial, além de ser mais caro, normalmente é recomendado pelas fabricantes de carros esportivos, que desenvolvem seus motores para essa octanagem mais alta.

Além do maior número de octanos, a gasolina premium também possui menor índice de etanol anidro de 25%.

A gasolina aditivada, como o nome já diz, um combustível comum, acrescido de aditivos, seguirá o mesmo padrão de mudanças da gasolina do tipo C.

[Covid-19/VCA]: Mais 08 mortos neste final de semana; Confira o Boletim


A Secretaria Municipal de Saúde confirmou, neste domingo (2), que mais três pacientes do município faleceram por complicações da Covid-19. Com isso, chega-se ao total de 60 mortes pela doença em Vitória da Conquista.

58º óbito – Homem de 55 anos, morador do bairro Kadija, portador de Diabetes Melito, Hipertensão, Hipertensão portal e Trombose mesentérica; foi internado 25 de julho no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), onde veio a óbito no dia 2 de agosto.

59º óbito – Homem de 77 anos, morador do bairro Patagônia, portador de Doença cardiovascular crônica; no dia 27 de julho foi internado no Hospital São Vicente, onde faleceu no dia 2 de agosto.

60º óbito – Mulher de 69 anos, moradora do bairro Candeias, portadora de Doença neurológica crônica; estava internada desde o dia 15 de julho no Hospital São Vicente, onde veio a óbito no dia 31 de julho.

Ainda de acordo com o Boletim epidemiológico de hoje, em pouco mais de cinco meses de notificações no município, foram registrados 2.611 casos confirmados de Covid-19, sendo que 2.135 são casos de pessoas já recuperadas e 416 que ainda seguem em recuperação – 40 internados e 376 em tratamento domiciliar.

Neste domingo (2), foram habilitados 23 novos leitos clínicos exclusivos para o tratamento de pacientes confirmados ou com suspeita de Covid-19. Com isso, a rede SUS do município disponibiliza agora 168 leitos, sendo 98 deles de enfermaria e 70 de UTI.

Estão sendo investigados 4.200 casos notificados que aguardam classificação final no e-SUS Notifica: 3.905 possuem critérios de coleta para exame laboratorial ou Teste Rápido* e 295 aguardam resultado laboratorial de exame RT-PCR. Destes pacientes em investigação, 3.003 recuperaram-se da Síndrome Gripal, 1.171 apresentam Síndrome Gripal leve e permanecem em tratamento domiciliar. Além disso, 21 pacientes estão hospitalizados e cinco foram a óbito por suspeita de contaminação pela Covid-19 e aguardam o resultado da investigação laboratorial.

Ocupação dos leitos – Neste momento, em 99 leitos dos 168 disponíveis na rede SUS, estão internados pacientes de Vitória da Conquista e de mais outras 25 cidades da macrorregião

[Conquista]: Decreto mantém suspensão das aulas presenciais em toda a Rede Municipal de Educação, inclusive as de Ensino Superior.


O prefeito Herzem Gusmão assinou, na noite deste domingo (2), o Decreto nº 20.419 que, entre as medidas de prevenção contra a Covid-19, renova por mais 30 dias a suspensão das aulas presenciais em toda a Rede Municipal de Educação e nas Instituições Privadas de Ensino, inclusive as de Ensino Superior.

O Decreto ainda prorroga medidas como o uso obrigatório de máscaras e o regime de teletrabalho para o serviço público essencial no âmbito da Administração Municipal. Também segue mantida a quarta fase de reabertura gradual das atividades econômicas.

A Prefeitura de Vitória da Conquista reforça que é importante a população continuar seguindo as orientações das autoridades técnicas, permanecendo em isolamento social sempre que possível. Desde fevereiro, diversas medidas têm sido adotadas no sentido de prevenir a disseminação do vírus e estruturar o sistema de saúde para o atendimento dos casos de infecção por Covid-19 e cada cidadão deve também fazer sua parte.

A Central de Orientação e Fiscalização continua nas ruas orientando e advertindo os cidadãos que não estiverem usando máscaras sobre a importância dessa medida para redução dos índices de disseminação da Covid-19, bem como dos riscos à saúde própria e de toda coletividade.

Acesse aqui o Decreto Completo.

[Covid-19/VCA]: Mais 02 mortes de conquistenses neste sábado (01); Confira o Boletim


Mais dois pacientes diagnosticados com Covid-19 faleceram, neste sábado (1º), em Conquista. Com isso, já foram registrados, até o momento, 57 óbitos de moradores do município.

56º óbito – Homem de 89 anos, morador do bairro Cruzeiro, portador de Diabetes Melito e Hipertensão; foi internado no dia 23 de julho no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), onde veio a óbito no dia 1º de agosto.

57º óbito – Mulher de 73 anos, moradora do bairro Kadija, portadora de Doença cardiovascular crônica, Doença renal crônica e Hipotireoidismo; estava internada no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC) desde o dia 18 de julho, onde veio a falecer no dia 1º de agosto.

 

Hoje, 57 pessoas testaram positivo para Covid-19, totalizando 2.572 casos confirmados da doença no município, desde o começo das notificações, em fevereiro. Destes, 2.131 pacientes já estão recuperados da doença e 384 estão em recuperação (43 internados e 341 em tratamento domiciliar).

Ainda seguem sob investigação e aguardam classificação final, 4.184 casos de pacientes notificados com suspeita de Síndrome Gripal/Covid-19, dos quais: 3.880 possuem critérios de coleta para exame laboratorial ou Teste Rápido* e 304 aguardam resultado laboratorial de exame RT-PCR.

Do total de pacientes em investigação, 2.970 recuperaram-se da Síndrome Gripal, 1.189 apresentam sintomas leves de Síndrome Gripal e permanecem em tratamento domiciliar. Outros 20 pacientes estão hospitalizados e cinco foram a óbito por suspeita de contaminação pela Covid-19 – esses casos aguardam o resultado da investigação laboratorial.

Ocupação dos leitos – A rede SUS do município dispõe de 145 leitos (75 enfermarias e 70 UTI) exclusivos para tratamento de pacientes confirmados ou com suspeita de Covid-19. Neste momento, 99 leitos estão ocupados por pacientes de Vitória da Conquista e de mais outras 27 cidades

Estão abertas as inscrições para a corrida de rua virtual do 2º Desafio Superação Run Conectados


Já estão abertas as inscrições para uma das maiores Corridas de Rua Virtual do Sudoeste Baiano, o “II Desafio Superação Run Conectados”, que será realizada entre os dias 01 e 06 de setembro de 2020. As inscrições poderão ser realizadas pelo site https://www.centraldacorrida.com.br/ii-desafio-superacao-run-virtual ou https://www.sympla.com.br/ii-desafio-superacao-run-conectados__916796 ou pelo WhatsApp (77) 99933-8564 / 99905-0035, até o dia 28 de agosto, com vagas limitadas e o valor da inscrição de R$20,00.

O evento conta com as seguintes modalidades: Cadeirante, Militar e Público Geral. Assim, no momento em que atingir o número máximo de atletas inscritos, as inscrições serão encerradas. (mais…)

[Covid-19/ VCA]: Mais 03 mortos nesta sexta-feira (31); Confira o Boletim


Nesta sexta-feira (31), a Secretaria Municipal de Saúde informou que houve um erro na notificação hospitalar do 53º óbito incluído no Boletim epidemiológico divulgado ontem, 30 de julho, pois trata-se de um paciente residente do município de Jequié e, por isso, foi retirado do boletim de Vitória da Conquista.

Hoje, foram confirmados os falecimentos de três pacientes com diagnóstico de Covid-19. Sendo assim, Vitória da Conquista totaliza 55 óbitos de moradores.

53º óbito – Mulher de 71 anos, moradora do bairro Morada dos Pássaros II, portadora de Diabetes Melito; estava internada desde o dia 21 de julho no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), onde veio a falecer no dia 28 de julho.

54º óbito – Mulher de 87 anos, moradora do bairro Alto Maron, portadora de Hipertensão e Diabetes Melito; foi internada no dia 28 de julho no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC) e veio a óbito no dia 30 de julho.

55º óbito – Homem de 75 anos, morador do bairro Zabelê, portador de Doença cardiovascular crônica, Asma e Insuficiência Cardíaca (ICC); estava internado desde o dia 8 de julho no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), onde faleceu no dia 30 de julho.

O Boletim desta sexta (31) registra mais 38 pacientes com resultado positivo para Covid-19 e outros 93, que haviam sido diagnosticados com a doença, já recuperaram-se. Com isso, o número de casos confirmados chegou a 2.515, em pouco mais de cinco meses de notificações, e 2.107 recuperados. Outros 353 permanecem em recuperação – 45 internados e 308 em tratamento domiciliar.

Estão sendo investigados 4.122 casos notificados com suspeita de Síndrome Gripal/Covid-19 que aguardam classificação final, sendo 3.820 com critérios de coleta para exame laboratorial ou Teste Rápido* e 302 aguardando resultado laboratorial de exame RT-PCR. Em relação ao estado de saúde desses pacientes: 2.822 recuperaram-se da Síndrome Gripal, 1.269 apresentam Síndrome Gripal leve e permanecem em tratamento domiciliar, 27 pacientes estão hospitalizados e quatro foram a óbito por suspeita de infecção pela Covid-19 (os casos aguardam resultado da investigação laboratorial).

Ocupação dos leitos – A rede SUS do município dispõe de 145 leitos (75 enfermarias e 70 UTI) exclusivos para tratamento de pacientes confirmados ou com suspeita de Covid-19. Neste momento, 102 leitos estão ocupados por pacientes de Vitória da Conquista e de mais outras 28 cidades.

Geovani Moreno, pai do diretor do Hospital de Base de Conquista, morre de Covid-19


Foto: Divulgação família

 

O rastro de mortes deixado pela Covid-19 tem feito vítimas em diversas famílias de Vitória da Conquista. Nesta sexta-feira (31) faleceu da doença o senhor Geovani Moreno, 72 anos, pai Dr. Geovani Moreno Filho, diretor do Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC).

Ele estava internado na UTI da Santa Casa de Misericórdia.

O Blog do Caique Santos lamenta profundamente esta e todas mortes causadas pela Covid-19.

 

Senado analisa proposta que cria bolsa estudantil emergencial durante pandemia


Projeto cria a Bolsa Estudantil Emergencial para estudantes da educação básica e superior.

Um projeto de lei cria a Bolsa Estudantil Emergencial, para auxiliar os estudantes matriculados em instituições privadas e comunitárias de educação básica e superior, que estão enfrentando dificuldades de manter o pagamento das mensalidades.

Valor da Bolsa Estudantil

A Bolsa Estudantil Emergencial terá valor variável, correspondente ao valor da mensalidade devida pelos estudantes às instituições privadas e comunitárias de educação básica e superior, e poderá ser paga, na forma do regulamento, diretamente à mantenedora da respectiva instituição de ensino. Ou Seja, se a mensalidade da faculdade for R$ 900 reais, isso quer dizer que esse será o valor a ser recebido pelo aluno.

Quem terá direito?

O auxílio será pago pelo Governo Federal e regulamentado pelo Ministério da Educação.  Terá direito a grana o estudante ou seu mantenedor financeiro comprovar a redução da renda familiar em virtude de rescisão de contrato de trabalho, suspensão do contrato de trabalho ou redução salarial.

Em contrapartida, as instituições privadas e comunitárias de educação básica e superior beneficiadas, fica vedada a demissão ou redução salarial dos profissionais da educação e demais funcionários das respectivas instituições, independentemente do vínculo empregatício.

A proposta é do Senador Rogério Carvalho. Em sua justificativa, o parlamentar disse que “o cenário exige respostas rápidas e eficientes do Estado brasileiro no sentido de proteger a saúde e a vida da população, mas também no sentido de proteger os empregos, a renda das famílias e a sustentabilidade das empresas, em especial as pequenas e médias”.

“A presente emenda dialoga com a dificuldade que inúmeras famílias estão enfrentando de pagar as mensalidades cobradas pelas instituições de ensino, da educação básica e superior; com a necessidade de preservar o emprego e a renda dos profissionais da educação e demais funcionários que trabalham nessas instituições de ensino; e com a necessária sustentabilidade das instituições de ensino.

Programa ‘Renda Brasil’ vai substituir o ‘Bolsa Família’ – Entenda as diferenças


O projeto do Renda Brasil está em fase final de elaboração e deve ser enviado ao Congresso dentro de 30 dias. A declaração é do Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, em entrevista exclusiva ao portal Brasil 61. O novo programa de distribuição de renda deve substituir o Bolsa Família, mas, segundo Lorenzoni, se difere do antecessor por incentivar que os beneficiários sejam incluídos no mercado de trabalho formal.

“Quando uma pessoa está no Bolsa Família e recebe uma oferta de emprego, a grande maioria não aceita ter sua carteira assinada por medo de perder o programa. Ela prefere ficar com ticket médio inferior a R$ 200, fazer alguns bicos e com isso ir levando a vida. Nós queremos alterar essa realidade”, explica o ministro.

Segundo Onyx, com o fim do contrato de trabalho, hoje, o beneficiário precisa entrar novamente na fila do programa, podendo ficar meses sem receber. Por isso, o projeto a ser enviado ao Congresso vai conter um mecanismo para garantir que, se alguém que já foi beneficiário do Renda Brasil perder o emprego, que ele volte a receber o valor imediatamente.

Onyx também disse que o Renda Brasil deve dialogar com outras ações propostas pelo Executivo, como o programa Carteira Verde Amarela, atualmente em fase de elaboração pelo Ministério da Economia. O projeto foi inicialmente pensado para incentivar a contratação de jovens à procura do primeiro emprego, a partir da redução dos encargos trabalhistas. O ministro explica que o Carteira Verde Amarela será estendido para beneficiar quem faz parte do programa Renda Brasil. “Nós queremos que haja uma maior disponibilidade para essas pessoas, ampliando a possibilidade da contratação através desse regime que tem menor custo tributário”, explicou.

Segundo Lorenzoni, o Renda Brasil se difere do antecessor por incentivar que os beneficiários sejam incluídos no mercado de trabalho formal.

 

O programa também deve contar com estímulos à educação, como ocorre hoje no Bolsa Família, em que os jovens das famílias inscritas precisam ter boa frequência escolar para que a mesma seja apta a receber. Contudo, os incentivos devem alcançar também adultos, que serão beneficiados caso realizem cursos de qualificação.

 

 

TCE dá mais 5 dias para defesa de Rui em processo de prestação de contas


O Tribunal de Contas do Estado (TCE) deu mais 5 dias para manifestação do governador Rui Costa no âmbito do parecer prévio do corpo técnico do órgão que a sugere a aprovação com ressalvas das contas de 2019 do Executivo estadual.

Relator do processo, o conselheiro Inaldo Araújo atendeu pedido da Procuradoria-Geral do Estado (PGE) para prorrogação do prazo, inicialmente de 10 dias, como mostrou reportagem do Bahia Notícias nesta sexta-feira (31) (veja aqui). Ao conceder mais tempo, o conselheiro justificou o “momento atípico de pandemia”, conforme decisão juntada aos autos do caso.

No documento, o relator destacou ainda que os pontos levantados pelos auditores do TCE são “recorrentes” em relação a processos de prestação de contas do governador analisados pela Corte em anos anteriores.

PRAZO INCOMUM
O período anterior, de dez dias para apresentação de defesa, dado em sessão plenária no último dia 23, já não é comum nesta fase de análise da prestação de contas.

Segundo a Resolução nº 164/2015, que cria normas para emissão de relatório e parecer prévio das contas do Executivo no TCE, durante a apreciação do processo pelo plenário, “quando houver opinativo pela aprovação com ressalvas ou desaprovação das contas de governo, poderá ser deliberada, preliminarmente, a notificação do Chefe do Poder Executivo, bem como de outros responsáveis pela gestão pública”. Pela regra, portanto, a notificação aconteceria ao fim do processo.

Fonte: Bahia Notícias