Ouça a íntegra do programa ‘Rádio Chofer’ desta quarta-feira (20)


O ‘Rádio Chofer’ é um programa de jornalismo do Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista – SINTRAVC – Produzido e apresentado pelo jornalista Caíque Santos, de segunda à sexta-feira, sempre ao meio-dia,  na rádio Melodia FM 87,9.

DESTAQUES DESTE EPISÓDIO DO PROGRAMA RÁDIO CHOFER:

“O PAU QUEBROU”. – OUÇA OS MOMENTOS MAIS TENSOS DA BRIGA ENTRE DAVID SALOMÃO E VEREADORES, NA SESSÃO VIRTUAL DESTA QUARTA-FEIRA (20) DA CÂMARA DE CONQUISTA. DAVID ACUSA COLEGAS VEREADORES DE ESTAREM SENDO PAGO PARA APOIAR PAUTAS DE HERZEM E VAI PRO CONSELHO DE ÉTICA E O POVO AGORA QUER APURAÇÃO.

A DIREITA TOMA CLOROQUINA – A ESQUERDA TOMA ‘TUBAÍNA’, DIZ O PRESIDENTE-HUMORISTA.

E AINDA: CONQUISTA REGISTRA 20 NOVOS CASOS DE COVID-19 EM 02 DIAS.

 

Clique no player abaixo e ouça o conteúdo na íntegra:

[Covid-19]: Em nota Hospital São Vicente desmente informações de profissionais infectados e UTI fechada


Confira a nota na íntegra:

HSVP vem a público esclarecer sobre as veiculações, com várias informações imprecisas e desencontradas, em mídias sociais, que abordam a contaminação de profissionais de saúde da instituição.

Antes de mais nada, frisamos que a exposição, inclusive com nomes de funcionários, é ato ilegal e a unidade irá adotar as medidas jurídicas cabíveis ao caso.

Expor desta maneira profissionais que vem atuando na linha frente do combate a pandemia do coronavírus é, além de ilegal, cruel.

O HSVP conta com uma ala exclusiva, em um anexo totalmente à parte do hospital, exclusivamente para o internamento de pacientes suspeitos ou confirmados na unidade, minimizando ao máximo o fluxo destes na instituição e buscando assim dar maior segurança aos nossos funcionários e pacientes. (mais…)

[Covid-19]: Prefeito de Feira volta a fechar o comércio depois de 270 contaminados


O comércio da cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador, voltou a fechar a partir desta quinta-feira (21), depois de passar um mês reaberto.

A medida foi por meio do decreto do Prefeito Colbert Martins, que vale até o dia 1º junho e ocorreu como ação de combate a disseminação do coronavírus. Até a publicação desta reportagem, Feira de Santana tinha mais de 270 casos de Covid-19, com três mortes.

De acordo com o decreto, fica mantido o fechamento dos shoppings, galerias, lojas de conveniência dos postos de combustíveis, Feiraguai, Mercado de Arte, Campo do Gado, bares e restaurantes.

Também foi prorrogada até o dia 1º de junho, a suspensão das aulas da rede municipal de ensino, além das unidades de ensino superior, médio, fundamental, básico, cursos e creches. (G1)

Diretor da Fundação Pública de Saúde de Vitória da Conquista está com a Covid-19


A Prefeitura Municipal informa que o diretor da Fundação Pública de Saúde de Vitória da Conquista (FSVC), Diogo Azevedo, testou positivo para a Covid-19. O resultado do teste RT – PCR foi divulgado na tarde desta quarta-feira (20), pelo Laboratório Central Municipal.

Na segunda-feira passada (11), Diogo teve contato com uma funcionária da Fundação que testou positivo para a Covid-19. Por isso, ele e outros colegas que tiveram contato com a funcionária passaram a ser monitorados e testados.

“Lembrando que usamos máscaras o tempo inteiro, é uma obrigatoriedade, assim como a higienização das mãos. Todo mundo que teve contato conosco vai ser monitorado e realizar os exames. Peço que as pessoas permaneçam em casa, só saiam se necessário, pois é dessa forma que as coisas vão dar certo”, pede Azevedo.

O diretor da FSVC apresenta sintomas leves da Covid-19 e está isolado em sua residência, onde vai continuar prestando serviços ao Município por meio de teletrabalho.

[Conquista]: Número de infectados com a Covid-19 sobe para 97


Com dois novos resultados positivos divulgados nesta quarta-feira (20), Vitória da Conquista registra, até o momento, o número de 97 pessoas infectadas pelo Novo Coronavírus. De acordo com Boletim epidemiológico emitido pela Secretaria Municipal de Saúde, dos pacientes que tiveram exames positivos, 51 evoluíram para cura e quatro para óbito (residentes do município). Ainda estão em recuperação 42 pacientes – nove hospitalizados e 33 em isolamento domiciliar.

1067 pessoas foram notificadas como casos suspeitos de Covid-19, até às 17h de hoje. Já foram descartados 782 casos e outros 188 estão sendo investigados, sendo que 80 aguardam resultado laboratorial e 108 aguardam coleta de amostra para exame.

Desses pacientes em investigação, nove encontram-se internados em unidade hospitalar com quadro de Síndrome Gripal ou Síndrome Gripal Aguda Grave e 179 estão em isolamento domiciliar.

Os pacientes que testaram positivo para Coronavírus são residentes dos seguintes bairros do município: Iracema, Bela Vista, Kadija, Jurema, Cruzeiro, Jardim Valéria, Pedrinhas, Morada dos Pássaros, Cidade Maravilhosa, Sumaré, Guarani, Santa Cruz, São Vicente, Centro, Campinhos, Brasil, Patagônia, Recreio, Alto Maron, Urbis VI, Boa Vista, Vila América, Candeias, Primavera, Lagoa das Flores, Vila Serrana, Santa Cecília, Cidade Modelo, Felícia e Ibirapuera.

Desde o dia 20 de março, a transmissão do novo coronavírus é considerada comunitária em todo o território nacional e, por esse motivo, as definições operacionais passaram a ser definidas na Atualização da Nota Técnica COE Saúde Nº 54 de 8 de abril de 2020, da Secretaria de Saúde do Estado.

Call Center –A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza um Call Center para tirar dúvidas da população sobre a Covid-19 e atender pessoas que apresentem febre de início súbito, acompanhada de tosse ou dor de garganta ou dificuldade respiratória, na ausência de outro diagnóstico específico. Em crianças com menos de 2 anos de idade, considera-se também a coriza e a obstrução nasal, na ausência de outro diagnóstico específico.

Contatos:

  • Telefones fixos: (77) 3429-7451/3429-7434/3429-7436
  • Celulares: (77) 98834-9988/98834-9900/98834-9977/98834-9911

Ministério faz concurso de máscaras e prêmio é tarde com Damares e Michelle


O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos lançou edital para um concurso que premiará as melhores máscaras feitas por crianças. Os quatro vencedores poderão passar uma tarde em Brasília com a ministra Damares Alves, responsável pela pasta, e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, esposa do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Segundo o ministério, o concurso tem como objetivo ajudar as famílias no incentivo ao uso da máscara de proteção por crianças para conter a disseminação do novo coronavírus.

 

Damares gravou um vídeo que foi divulgado nas redes sociais para dar visibilidade ao edital intitulado “Pequenos heróis contra o vilão coronavírus”. Nele, ela se apresenta como “ministra das crianças”.

Damares Alves

@DamaresAlves

Já começaram as inscrições para o concurso nacional que vai escolher as máscaras mais bonitas e criativas feitas pelas crianças. Queremos incentivá-las a se acostumarem com elas, de uma forma lúdica. Os detalhes com as regras você vê no edital (https://bit.ly/3bLjx03 ).

Vídeo incorporado

1.930 pessoas estão falando sobre isso

A ministra mostra máscaras que ela usa como da “boca alegre”, “mulher aranha”, “mulher maravilha” e “mulher cobra”.

“Não vale adulto fazer pela criança, a criança que precisa fazer e provar tirando foto”, explica.

Segundo Damares, as 30 melhores máscaras vão ganhar um presente “lindo”, sem especificar o que seria, e as quatro “mais bonitas, mais engraçadas” vão passar uma tarde na capital federal com ela e Michelle, acompanhadas por seus responsáveis.

De acordo com edital, o encontro acontecerá em data a ser agendada “tão logo os encontros presenciais sejam permitidos pelas autoridades sanitárias”.

O concurso

As inscrições para o concurso ocorrerão por categorias, segundo faixas etárias: a primeira para crianças de até 6 anos de idade e a segunda para aqueles de 6 a 12 anos incompletos.

As inscrições só podem ser feitas pela internet no período de 18 a 29 de maio e devem conter, no máximo três imagens, apresentando momentos da confecção da máscara e o produto finalizado e sendo usado pela criança. O material deverá ser enviado para o e-mail: [email protected]

O regulamento prevê apenas uma inscrição por CPF, de titularidade de um dos pais ou responsável legal pela criança.

Segundo o edital, a avaliação e julgamento privilegiará os seguintes critérios: inovação, criatividade, praticidade na confecção e design. Também será considerada a função protetora da máscara.

As máscaras “serão avaliadas por equipe multiprofissional e voluntária, formada por servidores da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, da Secretaria Nacional da Família e da Assessoria de Comunicação do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, como integrantes da comissão julgadora”.

Os acessórios vencedores serão apresentados no dia 10 de junho, por meio de divulgação nas redes sociais do ministério.

Covid-19: Morre em hospital particular deputado estadual do PSL Gil Vianna


Na noite da terça-feira (19), por volta das 22h, foi confirmada a morte do deputado estadual Gil Vianna (PSL). Ele tinha 54 anos de idade e é mais uma vítima do novo coronavírus (Covid-19). A informação foi notificada pela assessoria do parlamentar, que era pré-candidato à Prefeitura de Campos, no Rio de Janeiro, onde também já atuou como vereador.

Gil Vianna estava internado em um hospital particular de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense. Ele começou a ter os primeiros sintomas da doença no início deste mês. No Hospital Unimed, o parlamentar fez o exame da Covid-19, que confirmou a infecção. Inicialmente, o deputado foi para um leito clínico, porém, após apresentar piora no quadro, foi preciso a transferência para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na última semana.

O político, que deixa a esposa e três filhos, também era policial militar reformado e estava em seu segundo mandato na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Além de ser líder do PSL na casa.


Ministério da Saúde libera cloroquina para todos pacientes com coronavírus


General Eduardo Pazuello assume interinamente o Ministério da Saúde EFE/ Joédson Alves

 

Diante da recusa de dois ministros da Saúde, que optaram por pedir demissão para não assinar o documento, coube ao general Eduardo Pazuello, que assumiu a pasta de forma interina, liberar a cloroquina para todos os pacientes de covid-19. Em documento divulgado nesta quarta-feira com o novo protocolo, o ministério recomenda a prescrição do medicamento desde os primeiros sinais da doença causada pelo coronavírus.

Embora não haja comprovação científica da eficácia do medicamento contra a doença, o Ministério da Saúde alega, no documento, que o Conselho Federal de Medicina autorizou recentemente que médicos receitem a seus pacientes a cloroquina e a hidroxicloroquina, uma variação da droga. “A prescrição de todo e qualquer medicamento é prerrogativa do médico, e que o tratamento do paciente portador de COVID-19 deve ser baseado na autonomia do médico e na valorização da relação médico-paciente que deve ser a mais próxima possível, com objetivo de oferecer o melhor tratamento disponível no momento

Na prática, com o novo protocolo, o governo autoriza que médicos da rede pública de saúde receitem a cloroquina associada ao antibiótico azitromicina logo após os primeiros sintomas da doença, como coriza, tosse e dor de cabeça. As doses dos medicamentos se alteram conforme o quadro de saúde.

“Os critérios clínicos para início do tratamento em qualquer fase da doença não excluem a necessidade de confirmação laboratorial e radiológico”, diz o documento do Ministério da Saúde.

Até então, o protocolo do Ministério da Saúde era mais cauteloso e seguia o que dizem sociedades científicas. A droga pode causar efeitos colaterais graves, como parada cardíaca. Esse é um dos motivos para a resistência de comunidades de saúde em recomendar a cloroquina sem acompanhamento médico.

O uso da substância se tornou foco de embate de Bolsonaro com os agora ex-ministros Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich. Médicos, eles argumentaram a falta de respaldo científico para que a substância fosse receitada logo no início do tratamento da covid-19. A cloroquina é usada para tratamento de malária e outras doenças autoimunes. Em publicação no Twitter antes de ser demitido, Teich chegou a alertar sobre possíveis efeitos colaterais da droga. Diante de um “ultimato” de Bolsonaro, optou por deixar o governo.

“Um alerta importante: a cloroquina é um medicamento com efeitos colaterais. Então, qualquer prescrição deve ser feita com base em avaliação médica. O paciente deve entender os riscos e assinar o ‘Termo de Consentimento’ antes de iniciar o uso da cloroquina”, escreveu Teich no Twitter no dia 12 de maio, três dias antes de pedir demissão.

Antes de sair, em abril, Mandetta também disse ter sido pressionado, em uma reunião no Palácio do Planalto, a assinar um decreto permitindo a prescrição da cloroquina a todos os pacientes da doença. Na ocasião, disse que só o faria quando entidades médicas respaldassem a orientação.

Para poder usar o medicamento, o paciente deverá assinar um termo de “Ciência e Consentimento”. O documento inclui declarar conhecer que o tratamento pode causar efeitos colaterais que podem levar à “disfunção grave de órgãos, ao prolongamento da internação, à incapacidade temporária ou permanente, e até ao óbito.”

No termo de consentimento que o paciente deverá assinar, também divulgado pelo Ministério da Saúde, o paciente diz aceitar o risco de tomar a droga “por livre iniciativa”.

“Estou ciente de que o tratamento com cloroquina ou hidroxicloroquina pode causar os efeitos colaterais descritos acima, e outros menos graves ou menos frequentes, os quais podem levar à disfunção grave de órgãos, ao prolongamento da internação, à incapacidade temporária ou permanente, e até ao óbito”, diz o termo, também divulgado pelo ministério. (ESTADÃO)

Bolsonaro demite Regina Duarte da Secretaria de Cultura


Após dias de “fritura”, o presidente Jair Bolsonaro demitiu a atriz Regina Duarte do cargo de secretária de Cultura. Segundo postagem nas redes sociais, ela vai assumir o comando da Cinemateca Brasileira, que fica em São Paulo.

regina duarte
Regina Duarte durante reunião no Palácio do Planalto, no último dia 6 de maio. Foto: Isac Nobrega/PR

 

“Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o Governo e a Cultura Brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em SP. Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias”, postou Bolsonaro.

Jair M. Bolsonaro

@jairbolsonaro

Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o Governo e a Cultura Brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em SP. Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias

Vídeo incorporado

2.888 pessoas estão falando sobre isso

Presidente da Anvisa é diagnosticado com coronavírus


 

O presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres, é diagnosticado com o novo coronavírus. O resultado foi divulgado nesta terça-feira (19), pelo próprio, em audiência da comissão externa de ações contra a Covid-19, na Câmara dos Deputados.

“Na semana passada apresentei sintomas gerais que inicialmente não me fizeram suspeitar da Covid-19. Devido à intensidade e persistência, após, consulta, o diagnóstico naquela época hipotético foi lançado e entrei em isolamento social conforme prescrição médica”, disse o presidente, de acordo com informações da Folha de S.Paulo.

O resultado foi recebido na última sexta-feira (15), dois meses após o contra-almirante da Marinha ter participado de manifestação contra o Congresso ao lado do presidente Jair Bolsonaro. Na ocasião, a Organização Mundial da Saúde havia declarado pandemia do novo coronavírus e recomendava evitar aglomerações.

Nesta terça, no entanto, Barra Torres foi firme sobre a crise sanitária. “Lembrem-se: o inimigo é um só, o Sars-CoV-2, o novo coronavírus”, afirmou.

Bahia.ba